contar históriasContar histórias para nossas filhos, mesmo aquelas que têm enredos inventados, podem também formá-los nos bons costumes.

Há algum tempo atrás, ainda era muito comum sentarmos em volta da mesa e ouvirmos as histórias e ”causos” de nossos pais. Momentos nos quais – as palavras daqueles que a idade os tinha cumulado de sabedoria – penetravam pelos nossos ouvidos, levando-nos à viajar por historias fantásticas, em que até os animais podiam falar. More »

Na era dos livros digitaisNa era dos livros digitais uma nova opção que não vem para substituir o livro impresso, mas para ser mais um meio de acesso à leitura

Pensando em atender os apreciadores de livros eletrônicos, já está disponível, no Google Play e no Amazon, os livros ‘Relações sadias, laços duradouros’ e ‘Lidando com as crises’ numa versão digital.

Essa foi a maneira que encontrei para possibilitar, especialmente, às pessoas que residem fora do Brasil, e que tem acompanhado as minhas postagens, a aquisição deste conteúdo de maneira prática,  sem burocracias e com preço convidativo.

Esse novo formato nos permite fazer download do conteúdo e armazená-lo numa biblioteca virtual completa dentro de nossos dispositivos móveis (tablets, smatphones).
Essa facilidade permite aos mais aficcionados, por exemplo, conectar suas redes sociais e postar mensagens com as frases extraídas dos livros.

Além do preço especial, outra vantagem do livro digital é o fato de podermos acessá-lo a qualquer momento, em qualquer lugar e sem a necessidade de ter o sinal da operadora de telefonia móvel.

Essa nova opção não vem para substituir o impresso, mas para ser mais um meio de acesso à leitura. Basta um clique.

Adquira agora:

amazon

play

Fazer o bem ao idoso não é perda de tempoPrecisaremos também  envolver nossos anciãos naquilo que acontece na família, pois Fazer o bem ao idoso não é perda de tempo.

Fazer o bem é ir ao encontro das necessidades de alguém. Mas isso, exige da pessoa a disposição para deixar o seu conforto para fazer uma boa ação em favor de outrem.
Se ao prestarmos ajuda a uma pessoa estranha já nos traz a sensação de satisfação, maior deveria ser a alegria quando nos dispuséssemos a amparar nossos idosos, aqueles que fizeram parte da nossa história, sejam esses pais ou avós.

Para alguns idosos, envelhecer é viver a humilhação, pois a sensação para eles é de que no mundo já não têm mais o seu lugar. Para outros, a velhice pode significar, muitas vezes, suplicar para que sejam notados na convivência com seus parentes. Leia mais

O envelhecimento não abre exceções para ninguémO envelhecimento não pode nos assustar  mas com ele precisamos aprender a ser menos crítico com as nossas imperfeições

Envelhecer é perceber a ação implacável do tempo sobre a nossa natureza.  É reconhecer que a cada ano diminui a nossa vitalidade para aquelas coisas que, anteriormente,  parecia não demandar esforços.
A  pele já não tem a mesma elasticidade de quem tinha 15 anos e por isso facilmente se percebe as pequenas dobras junto dos olhos, nas mãos,  além de algumas outras manchas provocadas pelo sol. Os cabelos, aqueles que ainda restam, perdem  a cor e os olhos já não conseguem ler senão,  com a ajuda dos óculos… E esse fenômeno não abre exceções para ninguém. leia mais

As histórias da vovóNossas crianças, ainda que sejam muito novas para a leitura de um pequeno livro, elas poderão se encantar com as histórias da vovó

O primeiro livro que a maioria das crianças tem acesso, certamente, é um livro de contos infantis.  Acredito, inclusive, que nenhum outro gênero literário alargue tanto as fronteiras da imaginação de nossos filhos, como acontece através da leitura desse gênero literário.
Crianças de qualquer idade podem se beneficiar dessa experiência que contribui com o aprendizado mais rápido e traz como benefício extra, o enriquecimento do seu vocabulário. leia mais

Page 1 of 712345...Last »