Meu relacionamento

Ser melhor exige tempo

Por diversas vezes, já tivemos muita vontade de “abrir” a cabeça de alguém e fazer com que entendesse o nosso pensamento.

.

Se não tivéssemos aprendido um pouco sobre a metamorfose das borboletas, sequer poderíamos imaginar que o mesmo inseto que esvoaça entre flores, teria sido uma asquerosa lagarta, que semanas antes estava se rastejando pelo mesmo jardim.
Foi necessário interesse e maturação para se estudar o delicado comportamento dessas lagartas, do contrário, teríamos emplacado no extermínio daquela devoradora de plantas e erradicaríamos da natureza a beleza colorida, que vivifica os bosques. 
Uma dedicação semelhante se faz necessária para cada um de nós, quando a questão envolve vidas e comportamentos. More »

A comunicação no relacionamentoOuvimos muitas vezes que a boa comunicação é sinal de um bom relacionamento, mas por incrível que possa parecer, o fato de a gente conversar não necessariamente significa que estamos nos entendendo.
O importante, nesses momentos, é encontrar uma maneira de estabelecer um bom nível de comunicação.

No cotidiano de uma vida em comum, a mera proximidade física não é suficiente para estabelecer um bom nível daquela “sintonia” que se deseja encontrar. A busca desse “canal de comunicação” é uma técnica muito usada pelos vendedores. Basta nos lembrarmos daquelas pessoas que batiam à nossa porta para oferecer algum produto. More »

Aprendendo a não parar nos errosUm relacionamento não se faz somente em função de uma pessoa, mas entre você e o outro ou entre você e um grupo de pessoas

A comunicação é a chave de todo relacionamento, mas dialogar com quem nos agrediu com  palavras ou atos, muitas vezes, vai exigir de nós mais que um esforço. Podemos prevenir muitas situações desagradáveis quando nos abrimos às vias para a troca de ideias a fim de saber o que provocou feridas no outro.
Vários motivos podem levar alguém a entrar numa discussão, e recorrer a atitudes como evitar o contato ignorando a presença da pessoa com quem convivemos – como se diz popularmente: “dar o gelo” – não será a maneira mais adequada de se resolver um impasse. More »

O desafio de ser diferenteDesde a pré-história, já eram encontrados indícios de que os primeiros homens buscavam viver em grupos, da mesma maneira, percebemos essa característica também entre os animais. Em grupos, os animais conseguem, com mais eficácia, sua sobrevivência, e conseqüentemente, está assegurada a perpetuação da sua espécie.

Embora se compreenda a eficácia de se viver em grupos, na civilização moderna, o que se constata muitas vezes, é a dificuldade da convivência. Temos a impressão de que muitas pessoas, às vezes, preferem viver a sua independência, se fechando para o outro More »

o poder de um super-homemMuitos homens se enveredam pelos caminhos da depressão, quando experimentam o fracasso exatamente naquilo que pensava ter o controle.

No convívio do nosso dia-a-dia percebemos que, ao contrário das mulheres, são poucos os homens que se dispõem a elogiar o desempenho ou a atitude de um colega de trabalho. Quando estes ousam reconhecer o feito do outro, quase sempre se limitam a fazê-lo por meio de poucas palavras, tais como: “Parabéns!” ou “Foi um bom trabalho!”
Talvez resistam tanto em consequência de uma disputa inconsciente e ainda primitiva – herança de seus ancestrais – disputa esta que os obrigava a garantir a supremacia dentro de seu grupo. Ao depararem com um amigo que se encontra aborrecido com alguma coisa, também reagem de maneira superficial com as palavras. Eles mal se oferecem para escutar o companheiro, mas, tentam ajudá-lo com uma outra atitude na tentativa de desviar a preocupação do colega a respeito do problema. leia mais

Aprender com os nossos erros

Se não conseguimos aprender com os nossos erros, acredito que dificilmente saberemos assumi-los e aproveitá-los para acertar numa outra ocasião.

Nem sempre é fácil assumir a responsabilidade de nossos atos ou reconhecer nossas atitudes, quando estas foram dolorosas ou tiveram consequências desastrosas. Na tentativa de fazer o que intencionávamos e julgávamos ser o melhor, às vezes, acabamos atropelando aquilo que seria o certo. E diante dos resultados desastrosos de nossas escolhas, muitas vezes, caímos na tentação de evitar assumir as responsabilidades de nossas próprias opções. More »

Saber ouvirSaber ouvir um contra-argumento pode ser, também, uma forma de expandir ou aperfeiçoar nossos conhecimentos.

Diante de uma discussão de um assunto qualquer, podemos enfrentar algumas situações que chegam praticamente a um duelo de palavras. A conversa pode esquentar os ânimos sem contudo formar uma nova proposta de ideias.

Admitir que podemos estar errado, pode parecer algo terrível. Mas, na convivência do dia a dia, precisamos também aprender a acolher uma opinião diferente. More »

Da convivência que tornamos maleáveis

Na convivência do dia a dia aprendemos a trabalhar com as  nossas diferenças

Depois de muito tempo trabalhado numa empresa, tive a oportunidade de reencontrar os velhos amigos com quem convivi por alguns anos e, fiquei contente com a acolhida da parte de cada um deles.
Apesar de o tempo ter sido implacável, muitos de nós já não tinha aquela aparência jovial de algumas dezenas de anos atrás. Para alguns os cabelos já tinham ido embora, outros ganharam peso e de maneira geral, as rugas não escondiam o tempo passado, registrando suas marcas na pele de cada um de nós. Entretanto as lembranças brotavam com vitalidade e as histórias sobre alguns fatos que acontecia em meio às tarefas ordinárias, fluíam entre risos.

Embora tivesse feito parte daquela conversa alguns comentários sobre algumas queixas, as boas lembranças eram maiores na maior parte da conversa. More »

Página 1 de 612345...Last »