Meu relacionamento

o poder de um super-homemMuitos homens se enveredam pelos caminhos da depressão, quando experimentam o fracasso exatamente naquilo que pensava ter o controle.

No convívio do nosso dia-a-dia percebemos que, ao contrário das mulheres, são poucos os homens que se dispõem a elogiar o desempenho ou a atitude de um colega de trabalho. Quando estes ousam reconhecer o feito do outro, quase sempre se limitam a fazê-lo por meio de poucas palavras, tais como: “Parabéns!” ou “Foi um bom trabalho!”
Talvez resistam tanto em consequência de uma disputa inconsciente e ainda primitiva – herança de seus ancestrais – disputa esta que os obrigava a garantir a supremacia dentro de seu grupo. Ao depararem com um amigo que se encontra aborrecido com alguma coisa, também reagem de maneira superficial com as palavras. Eles mal se oferecem para escutar o companheiro, mas, tentam ajudá-lo com uma outra atitude na tentativa de desviar a preocupação do colega a respeito do problema. leia mais

minha filha se apaixonouNum piscar de olhos, nossas crianças se transformaram em adultos. As conversas na cozinha já não são mais sobre os “causos” da escola, ou do trabalho, mas dos interesses e das atenções que “determinada pessoa” exerce sobre nossas “crianças”. Basta apenas se encontrarem com o “felizardo” que todo o ar existente na atmosfera parece desaparecer.

Depois de se enfrentar uma verdadeira bateria de “provas de espera”, de “achômetros” e orações, felizmente tem-se definido aquele com quem se gostaria de viver a experiência do namoro! More »

A liberdade não fereA liberdade não fere outros valores, pois muitos acreditando ter domínio sobre a própria vida, se encontram mergulhados em dificuldades que os sufocam…

Estamos no século XXI, em plena era tecnológica. Tempo em que se fala da possibilidade do homem morar no espaço, entre outras coisas, que seriam fantasias algumas décadas atrás. Será que os valores morais mudam também com a evolução?
Fomos formados dentro de um padrão, os quais nossos pais achavam estar correto. Fomos obrigados a cumprir regras domésticas e aprender muitas normas, as quais, eles faziam questão que as seguíssemos, entendendo ser essas regras boas para o nosso desenvolvimento como ser humano. More »

Como realizar um sonho

Para saber como realizar um sonho é preciso permanecer no berço onde eles se desenvolvem

Sonhar não é somente entregar-se aos devaneios de um pensamento, é desejar algo com muita insistência, é também admitir a possibilidade de realizar alguma coisa.
Isso, é uma capacidade garantida a todos nós. Até mesmo para um criança que mal sabe falar, ela já tem uma ideia sobre o que deseja da sua vida. Pois, vendo seus pais andando, ela não se contenta em engatinhar; observando seus pais conversarem, ela quer emitir sons, deseja estabelecer contato. Tudo isso para fazer parte da sua primeira comunidade. More »

contar hostoriasContar histórias para nossas filhos, mesmo aquelas que têm enredos inventados, podem também formá-los nos bons costumes.

Há algum tempo atrás, ainda era muito comum sentarmos em volta da mesa e ouvirmos as histórias e ”causos” de nossos pais. Momentos nos quais – as palavras daqueles que a idade os tinha cumulado de sabedoria – penetravam pelos nossos ouvidos, levando-nos à viajar por historias fantásticas, em que até os animais podiam falar. More »

Namorar um divorciado

Namorar um divorciado haverá a necessidade de acolher os filhos, quando houver, e outros compromissos resultado da separação.

A chance de um namoro bem sucedido está naquele que se inicia sob a luz da verdade. Antes de iniciar um compromisso sério é importante compreender a realidade de vida da outra pessoa,  com quem temos interesse de viver. Pois há quem se envolve com alguém que vem de uma situação de divórcio e, em razão dessa realidade algumas coisas poderão ser um desafio. More »

Fazer o bem ao idoso não é perda de tempoPrecisaremos também  envolver nossos anciãos naquilo que acontece na família, pois Fazer o bem ao idoso não é perda de tempo.

Fazer o bem é ir ao encontro das necessidades de alguém. Mas isso, exige da pessoa a disposição para deixar o seu conforto para fazer uma boa ação em favor de outrem.
Se ao prestarmos ajuda a uma pessoa estranha já nos traz a sensação de satisfação, maior deveria ser a alegria quando nos dispuséssemos a amparar nossos idosos, aqueles que fizeram parte da nossa história, sejam esses pais ou avós.

Para alguns idosos, envelhecer é viver a humilhação, pois a sensação para eles é de que no mundo já não têm mais o seu lugar. Para outros, a velhice pode significar, muitas vezes, suplicar para que sejam notados na convivência com seus parentes. Leia mais

As histórias da vovóNossas crianças, ainda que sejam muito novas para a leitura de um pequeno livro, elas poderão se encantar com as histórias da vovó

O primeiro livro que a maioria das crianças tem acesso, certamente, é um livro de contos infantis.  Acredito, inclusive, que nenhum outro gênero literário alargue tanto as fronteiras da imaginação de nossos filhos, como acontece através da leitura desse gênero literário.
Crianças de qualquer idade podem se beneficiar dessa experiência que contribui com o aprendizado mais rápido e traz como benefício extra, o enriquecimento do seu vocabulário. leia mais

Página 1 de 512345