Meu relacionamento

Namoro na viuvezNós geralmente não pensamos na possibilidade de viver sozinhos, especialmente quando estamos casados. Contudo, sabemos que ninguém nasceu para viver eternamente e, certamente, um dia, um dos cônjuges partirá e o outro passará a viver um estado de vida, que chegará de repente, sem ao menos lhe dar opção de escolha: A viuvez.

Algumas pessoas – após o convívio com o cônjuge partilhando alegrias, dificuldades e desafios, vivendo os mesmos objetivos – nos dão a impressão de que o tempo de vida comum a dois as fez viver quase que como “siamesas”. Essas pessoas não conseguem se imaginar sozinhas. Embora tendo ainda filhos por perto, o viúvo nem sempre conseguirá derrotar a solidão, a qual muitos não desejam ter como parceira de vida. O desejo de ter alguém para conversar ou partilhar coisas comuns do dia-a-dia – o que é trivial na vida conjugal – fará com que o viúvo aspire a partilhar seus dias com outra pessoa. E decidir-se por viver um novo amor parece ser uma experiência tão desafiante quanto foi aquele momento de conquistar a primeira namorada.

A maturidade nos dá certeza sobre aquilo que buscamos. Mas quando seria o melhor momento para se dispor a viver um novo relacionamento após a viuvez? E como trabalhar com o ciúme dos filhos ao verem o pai ou a mãe inclinada a viver o namoro? Os amigos podem opinar e, como sempre, alguns serão contra e outros, a favor. Mas, assim como não há um programa pré-definido para o coração de um jovem começar a se apaixonar, a recíproca é verdadeira para os viúvos, que maduros na experiência de vida a dois, ou até mesmo com filhos crescidos, desejam voltar a viver a partilha de seus sentimentos.

Algumas pessoas levam anos para se decidir a viver um novo amor, outras, meses e algumas preferem, por opção, continuar vivendo seu estado de viuvez.

frases e reflexoesNamorar alguém para substituir o amor de uma outra pessoa, por quem ainda nos sentimos apaixonados, não parece ser a solução mais fácil. Da mesma forma, se alguém busca encontrar no namoro uma pessoa que venha a ocupar a lacuna deixada pelo (a) falecido (a), certamente não conseguirá viver a plenitude desse relacionamento.

Cada pessoa é única em si e com cada uma delas com as quais convivemos temos experiências próprias e únicas. Dessa maneira, acredito que a experiência com uma nova pessoa somente para curar as dores da perda, utilizá-la como “curativo”para o coração “partido”, ou fazer do namoro uma sessão de terapia, não será a solução perfeita. Pois qual namorado suportaria ouvir a namorada falar por horas a fio sobre o ex-namorado?

A vivência do namoro oferece aos jovens, adultos e viúvos a oportunidade de viver a chance de abrir o coração para um novo amor, mesmo que já tenham vivido parte da vida casados com uma outra pessoa.

Ter a certeza e o conhecimento de que se deseja viver um novo namoro com alguém que poderá se tornar seu cônjuge no futuro, imagino ser objeto principal na tomada de decisão. Assim, o viúvo apaixonado, tal como os filhos, não devem ver a namorada como uma “estepe” que veio substituir o lugar da falecida, mas uma nova pessoa, com a qual, juntos, poderão construir uma nova vida conjugal e familiar.

Um abraço

Dado Moura

Compartilhe com seus amigos!

354 Comentários

  1. Karina Cris

    Oi, eu perdi meu namorado a pouco tempo, tenho apenas 17/18 anos e ele tinha 18 e estou tão perdida, está tudo muito difícil, claro q eu e ele n ficamos tanto tempo do que muitos aqui, fazíamos diversos planos que nunca irão acontecer, o maior sonho dele era ser pai, e eu falava ” ta louco? Sou mt nova pra isso” e agr eu sei que ele nunca será pai, ele era uma pessoa carinhosa que se preocupava comigo, não me sinto confortável em conversa com ngm sobre isso. A morte dele foi uma total surpresa, era um dia tão agradável, estávamos planejando curtir o dia na praia, e foi assim q aconteceu, eu comecei a namorar com ele com 14 anos, ele tinha uma família super humilde com diversos irmãos, e eu já tenho uma família com uma vida mais confortável, minha família sempre amou praia, íamos direto, e quando eu ele namorávamos e ele falou q nunca tinha ido, eu não aguentei, tive q levar ele para a praia, ele tinha 16 anos quando conheceu a praia e ele se encantou, ele amou a praia, e depois daquele dia fomos mts vezes. Aquele dia tinha dado tudo certo para praia, era um dia perfeito, e então quando fomos correndo entrar na água percebemos que havia mts buracos, a água puxava muito, eu falava para sairmos e ele ria e falava que nada haver, e então eu cai no buraco, e disse “tem um buraco aqui” mas eu sempre tive mais noção de nadar, e ele automaticamente veio atrás de mim e … Não tinha onda para levar a gente de volta, e fui eu que apresentei o mar e… Agora estou tão perdida, sou tão nova e sinto que agora estou sozinha, não consigo contar com alguém, sinto que foi minha culpa, sinto tanta dor… A última palavra dele foi “moh” me pedindo ajuda, e eu n esqueço aquela mão levantada, tentando segurar em alguma coisa. Bem, espero que eu não magoe ngm com esse texto, mas se vc perdeu alguém e casou com ele e teve filhos, isso é tão bom, saber que ainda resta um pouco dele nas crianças e é bom saber que vcs realizaram seus sonhos. Boa sorte a todos

  2. Olá, me chamo Andréa, tenho 40 anos, fiquei viúva há 7 meses, meu marido faleceu dia 19/8/16, assassinado. Estávamos juntos há quase 14 anos, temos uma filha de 12. É muito difícil prosseguir, ainda mais da forma brusca que ele se foi, mas lendo todos essas experiências me deixou um pouco mais confortada. Ninguém espera passar por isso e não sabe como lidar.,que tenhamos força para prosseguir . Abraços a todos.

    • Oi Andreia sei bem oque está passando; perdi meu marido também a sete meses;e esta sendo cada dia mais dificil;aos três,quatro meses parecia estar aliviando..e em meio a este tempo conheci uma pessoa aqui mesmo no site;que entrou em contato comigo;pois havia perdido a esposa a pouco também;desde então passamos a conversar todo dia;nos identificamos muito;parecia haver a possibilidade de uma união futura bem legal;pois ambos temos filhos pequenos;e a possibilidade de ter um pai p minhas filhas e ele de ter uma mãe para seus filhos nos seduziu muito e nos encantamos instantâneamente um pelo outro;mas enfim…isto foi se modificando aos poucos e percebemos que era tudo carência e necessidade urgente de ter alguém p preencher aquele vazio deixado por nossos amores…fui casada quase 25 anos e ele 16…ambos tínhamos um casamento estavel e feliz…hoje mal conversamos,então penso que devemos viver verdadeiramente o nosso luto;chorar tudo que devemos chorar;cuidar para não se perder em uma depressão é claro…e se perceber que esta custando muito a passar mais de um ano ou mais;deve procurar ajuda psicológica ou espiritual para nao correr o risco de ficar assim p resto da vida,mas tambem tomar muito cuidado para não acumular mais tristezas na expectativa de se curar rápido da dor…a dor tem que ser vivida e sentida…afinal são pessoas que viveram ao nosso lado nos amando e respeitando;pais e mães dos nossos filhos…enfim viver o nosso luto…se curar…até que está dor se tranforme em uma saudade leve… que possamos lembrar de nossos amores com carinho e sem dor;e agradecer a Deus por termos feito parte da vida destas pessoas maravilhosas que com certeza algum aprendizado;além de filhos maravilhosos nos deixaram… para mais tarde podermos viver verdadeiramente um novo amor…penso que isso acontecerá em ninha vida;pois vive com.ele quase 25 anos amando e sendo amada…nao me imagino vivendo minha velhice sozinha…pois com ele aprendi a amar….aprendi oque é o amor:então tenho certeza que de onde ele estiver quer que eu seja feliz!!!!;quero cuidar e ser cuidada por alguém…tenho ainda um carinho muito grande por esta pessoa que conheci aqui;é um cara incrível; e sinto que ele é uma pessoa de amor;ele me ajudou muito em relação a muitas coisas;decisões;conselhos sobre filhos etc…mas achamos melhor nos distanciar; para que, se um dia viermos a nos conhecer ja estarmos curados destas dores….
      porque hoje seria precose e imaturo pois para mim a ficha parece que caiu de vez agora,e eu pensei:ele não vai voltar…não é um sonho;ele não está viajando…enfim a cratera parece ter aumentado e a dor triplicou…
      Mas tenho fé em Deus que logo vai amenizar e eu vou ser feliz novamente;pois minhas filhas estão crescendo e eu tenho muito a fazer por elas;e triste e deprimida nao vou ser uma boa mãe…sonho em vê-las formadas e se tornando pessoas do bem…então é isso espero ter te ajudado de alguma forma;fé em Deus e tudo ficará bem…tudo no tempo certo!!!bjoo no teu coração…Denise!
      e se quiser conversar me envia um e-mail com seu telefone (denisebeck574@gmail.com)

    • ola andreia sei o que voce esta sentindo pois perdi minha esposa ha 5 meses num acidente estavamos juntos ha 16 anos tenho 2 filhas a dor e quase insurportavel mas deus eo tempo vao ajudano foca na sua filha

    • ola andreia sei com se sente tambem perdi a esposa a 5 meses vitima de acidente tinha 40 anos tenho 2 filhas 6 13 anos oque esta me ajudando seguir em frente sao elas foca na sua filha e muita fe em deus se quiser conversar manda o zap pro email grilovantenil@yahoo.com

  3. Boa noite Denise!!! Gostaria de participar do grupo, me chamo Fátima, Sou viúva à 5 anos, Sou da cidade de Ubá, mg, gostaria de trocar experiências e palavras de ânimo e forças.
    Meu watzzap (32)999396207.
    E-mail arrudamariadefatima@yahoo.com.br.
    OBRIGADA, abraços!!

  4. Estou muito chateada! Há umtempo atrás deixei meu número pra um grupo q iriam formar pra trocarmos experiências. ..o tal grupo não foi criado, mas tenho recebido mensagem de muitos homens e até moleques me assediando! Tentei apagar meu comentário c meu número mas não consigo. Lamentável que algumas pessoas não respeitem a dor alheia e só pensem em sujeira!! Entram nesse blog ja c intensao de ficar fazendo chacota c a tristeza dos outros! Adm por favor remova meu comentário com meu watts. Obrigada

  5. Gostaria participar do grupo sou viúva a cinco anos ,meu wat e 11-962919360

  6. Eu quero participar do grupo 15 99689-6375

  7. Vou criar o grupo e add todos que deixarem os números então;e fiquem a vontade p sair quem não quizer permanecer…somente pessoas que estiverem passando pela mesma situação …p trocarmos experiências e palavras de encentivo ,ânimo e força…

    • Quero ser adicionada ao grupo como Mary 37991596025 Divinopolis MG

    • Edson Macedo

      Bom dia Denise, me interessa participar do grupo, por favor poderia me enviar um e-mail para que eu possa responder com meu número de celular ? ontem fez um mês que minha esposa se foi, de acordo com meu depoimento, e está doendo demais, quem sabe neste grupo eu possa encontrar conforto dividindo a dor com outras pessoas que como eu também sentem a mesma dor. Muito obrigado te agradeço muito se puder me enviar um e-mail para emacedo7270@gmail.com

    • Também gostaria de participar do grupo, 42-98240932

  8. faftine licivane

    eu gostaria de namorar uma viuva idonia com capacidade de intender outras pessoas eu sou de maputo matola desponivel para uma viuva liguem ou sms 840496804 825201184

  9. Edson Macedo

    Boa tarde a todos, li histórias emocionantes aqui, minha esposa partiu com 38 anos dia 03/12/2016, estávamos juntos a 20 anos, sendo 16 casados, temos dois filhos lindos, uma menina de 8 anos e um menino de 5, família linda e perfeita, éramos o casal mais feliz do mundo, como muitos que li os depoimentos aqui, porém a vida veio e como se tivesse puxado da tomada, levou embora a minha esposa, linda, maravilhosa, mãe perfeita, esposa perfeita, amiga perfeita, filha perfeita, ela era um ser iluminado, superior. Ainda está doendo muito, sinto raiva, sinto muita raiva e não consigo ainda aceitar isso ter acontecido com ela, foi um rompimento de um aneurisma no cérebro que levou minha vida embora. Nada me conforta, nenhuma palavra, nada faz eu ficar menos revoltado, meu natal foi o pior da minha vida, e sei que o ano novo também será, mas tenho que ser forte pelos meus filhos. Porém ao ler os depoimentos de todos vocês, pela primeira vez senti um alívio no peito, pois estou vendo que não estou sozinho nesta dor, existem muitas pessoas (vocês), por este brasil inteiro, que estão com a mesma dor que estou, e o melhor de tudo, é que também pude ler depoimentos de pessoas que superaram a dor, e agora estão com a lembrança boa de tudo o que viveu com a pessoa amada, isso me deu esperança, sei que também vencerei e conseguirei superar essa dor enorme que rasga meu peito e me consome por dentro. Ela era o meu alicerce, era tudo para mim, mas agora eu sou o alicerce dos meus filhos, sou tudo para eles, e não posso ser egoísta o suficiente para entrar em depressão, tenho que levantar a cabeça e seguir em frente. Quero agradecer a todos que compartilharam seus casos nos depoimentos acima, foi muito importante ler cada um deles, admiro a vontade de cada um de vocês em ajudar o próximo, neste caso próximo na dor, parabéns a todos. Ainda tudo é muito recente para mim, mas vou passar aqui todos os dias para ler um pouco mais de cada um de vocês, desta forma tenho certeza que minha dor será confortada com a história de cada um, vocês são especiais, cada um a sua maneira. Não vou colocar meu Whats pois não confio em colocar meu número de telefone na internet, mas tenho certeza que de alguma forma estaremos todos juntos. Contem comigo, sei que neste momento talvez eu não seja a melhor companhia pois ainda sinto muita raiva e muita dor, mas estarei aqui, ouvindo (lendo) a história de cada um de vocês, só isso tem sido capaz de me dar alivio nessa enorme dor que estou sentindo. Muito obrigado amigos ! Edson

    • Edson querido…minha dor so aumentou lendo teu depoimento…mas quero que saiba que estamos juntos nesta dor…e te dizer nada que disserem vai amenizar a nossa dor…pois ela é nossa…vai estar conosco p testo de nossas vidas…só que com o passar do tempo ela vai ficar mais leve …eu faz quatro meses que perdi o amor da minha vida com 42 anos e ainda tenho crises de choro e hora fico com raiva…mas já tenho momentos de leveza e consigo me entreter um pouco…deve ter lido o meu caso…tenho três filhas lindas e elas precisam de mim…só te desejo força muita força…e se quizer me chamar e se sentir seguro pode me add no whats meu número é 51 982616809 sou de Guaíba RS nao tenho medo de dar meu número porque qualquer coisa eu bloqueio…fica em PAZ meu amigo…porque se ela era a pessoa que descreveu ela está juntinho do nosso senhor JESUS…bem feliz…um forte abraço em ti e nos teus filhos…

    • edson estamos na mesma dor minha esposa de 40 anos foi atropelada dia 17 de novembro e veio a falecer dia 27 16 anos de casados 2 filhas 6 e 13 anos pessoa maravilhosa nao sabia fazer mal a ninguem tambem estou sem chao e com uma dor insurportavel mas tambem tenho que ser forte pelas minhas filhas peço a deus que nos abençoe para continuarmos a caminhar

      • Edson Macedo

        Meu amigo, que história triste, que Deus possa te dar conforto pois não existe nada nesse mundo que possa confortar essa dor enorme que sentimos. Conversar com outras pessoas que passaram e estão passando pela mesma dor, tem me feito muito bem, está me ajudando a sentir alívio. Então minha sugestão é que continue no grupo, ver que outras pessoas tem a mesma dor que a gente nos mostra que não somos os únicos e podemos vencer. Força meu amigo e pode contar comigo ! Abraço

      • E amigo e complicado ne?mas fe em deus q tudo vai dar certo.

    • Oi Edson, perdi meu marido em 11/10/2016 de um aneurisma na veia ahorta, foi repentino, convivo com ele por 37 anos , uma vida inteira, sofro muito , penso neleo tempo todo, estou vivendo o pior momento da minha vida e não tive muito apoio acho que as pessoas não gostsm de tocar no assunto, me sinto sozinha, este natal e réveillon foram ls piores e maiz tristes que vivi. Estamos na mesma dor, agora estou frequentando um centro Espíritapara buscar respostas e consolo. Amém

  10. ana lucia silva felisardo

    GOSTARIA DE TER AMIZADES COM PESSOAS VIUVAS E VIUVOS POIS ESTOU NESTA MESMA SITUACAO. MEU ZAP 966704442

  11. ana lucia silva felisardo

    OLA. TENHO 51 ANOS. SOU VIUVA HA 2 ANOS. GOSTARIA DE CONVERSAR COM VIUVAS E VIUVOS PARA COMPARTILHAR PALAVRAS QUE SO QUEM PASSA O QUE PASSAMOS SABEMOS. A PRINCIPIO QUERO TER MUITOS AMIGOS POIS JA ME DISILUDIR EM UM RELACIONAMENTO E ACHO QUE NESSE MOMENTO PRECISO DE AMIGOS E AMIGAS. MEU ZAP E 21966704442 PREFERENCIALMENTE A TARDE OU A NOITE POIS TRABALHO DE MANHA E FICA DIFICIL ATENDER,
    MEU EMAIL anamourafelisardo@gmail.com

  12. Everton Oliveira

    Perdi minha esposa ha 10 meses, ta dificil para min, arranjei outra mas fico a todo instante pensando que ela nao gosta de min.
    precisso de ajuda meu whatsap ( 85 )987150596

  13. Sugiro que todos deixem o seu número do whats para que possamos trocar palavras de conforto e experiências.
    o Meu nome é Denise sou de Porto RS meu whats é 51982616809,já vou pegar de algumas pessoas que já tem aqui e add.grande abraço a todos fiquem c Deus.

  14. Oi marinalva meu nome Djalma estou viúvo vai fazer 4 meses em 02 de Dezembro meu celular é 11-96438-8395 meu watsap também mim chama vamos convesar.

  15. Meu marido faleceu nos meus braços no dia 14 de Agosto de 2016 às 11h da manhã de parada cardíaca aos 38 anos.Horas antes ele estava bem.Como todas as manhãs de Domingo tomávamos café juntos.É difícil como ser humano egoísta que sou, não viver absorvida pelas nossas lembranças.O tesouro mais valioso que tenho são as lembranças.Nossa história foi tão incrível,intensa e extremamente linda.Crescemos juntos como ser humano e profissionais, vencemos juntos, construímos um lar e uma família linda temos uma filha de 15 anos.O marido e pai protetor, palhaço,menino levado, vários homens num só, e foi o melhor que qualquer mulher poderia sonhar.Fazem três meses todos os dias são difíceis…O que mais dói foi a rapidez que tudo aconteceu…É muito …muito difícil…Me sinto sozinha tenho poucos amigos e minha família não mora na mesma cidade que eu…Eu preciso conversar me add no whatsapp 54 – 981532391

    • Perdi o meu marido de quase 25 anos de cadados e ele com 42 anos;com todas estas características que falou ele era incrível…fazem três meses e eu ainda não acredito
      ….parece que vou morrer de tristeza e vazio.

      • Andréia Flores

        Olhe no fundo dos seus olhos, veja sua força.Olhe seus filhos, pense no que seu marido gostaria que fizesse.É muito difícil em todos os setores do emocional ao financeiro.Eu aprendi a olhar pra e ver força lá no fundo, por ele que merece que eu continue honrando seu nome e por nossa filha.Só estamos em planos diferentes continuamos amando e sendo amadas por eles.Faça o que ele faria, junte forças, faça o melhor que for possível.Se quiser coversar meu wats 54- 981532391.Bj

        • ‘obrigada pelas palavras;estou lutando bravamente p fazer tudo que eu sei que ele gostaria que eu fizesse Andreia…é muito difícil mas estou …a dor nos persegue….mas temos que continuar por nossos filhos…abraço…

    • Não é fácil a 10 meses em uma manha de domingo meu esposo faleceu de aneurisma faleceu nos meus braços com apenas 37anos .ta muito difícil tenho treis filhos 17anos 16anos 7anos .sim temos que ter força mais Não sei como faze isso .

  16. Fiquei viúva no dia 05/11/10, após 19 anos de casamento
    Duas filhas uma com 16 e a outra com 2 anos na época. Nos primeiros anos foi mto difícil e tbem fiquei sem chão. O q tenho a dizer é q minhas filhas me mantiveram de pé
    principalmente a menor. Fé em Deus, força e seja mtp feliz.

  17. Acabei de ler algumas histórias neste site; tristes e lamentaveis, estou passando pelo mesma situação avassaladora , perdi meu marido de quase 25 anos de União; no dia 13/09/16 um dia após meu aniversário;e estou sem chão, desde então procuro histórias semelhantes a minha; buscando força em exemplos de superação , meu marido era tudo p mim, as vezes penso que não vou resistir, mas tenho três lindas filhas uma adolescente de 17 anos e duas meninas gêmeas de 8.. elas são tudo na minha vida… busco forças nelas e só estou em pé por elas. Sei que estão passando o mesmo que eu.. então se quizerem conversar um pouco; trocar ideias, conversar estou aqui…

    • Denise R estou passando por isso também só DEUS para nos confortar vai fazer 5 meses que perdi minha amada 23 anos de casados

      • Perdi o meu marido de quase 25 anos de casados e ele com 42 anos;com todas estas características que falou ele era incrível…fazem três meses e eu ainda não acredito
        ….parece que vou morrer de tristeza e vazio.

      • Meu whats 51 982616809

  18. só quem vive o momento sabe como e

  19. Olá, espero que cada um aqui venha encontrando forças, sabedoria e entendimento nessa caminhada, quem desejar conversar, desabafar, rir(Sim você precisa sorrir) tenho certeza que podemos trocar experiências me add no watsapp 19 98981-8867. SAH 37 anos SP Deus abençoe a cada um…

  20. confesso a voces que chorei ao ler alguns testemunhos

    • Vitor Soares

      Olá bom dia.
      Em 09 de setembro ultimo o meu grande amor foi embora depois de 41 anos de casados.
      Não está sendo fácil, a solidão não tem fim, a saudade e a falta dela são demais, eu falo para todos os casados que façam de tudo para viverem juntos porque depois que se acaba um relacionamento duradouro.
      Já tenho uma namorada, mas não substitui a pessoa amada.
      Apenas um desabafo.

  21. FLOR de LÓTUS

    Boa noite encontrei esse site e as vezes pensamos que só nós passamos por percas irreparáveis em nossas vida. Dia 03 de novembro fará um ano que o grande amor da minha vida meu amigão companheiro foi pra junto do nosso Deus foi de repente ele infartou tinha 34 anos um super pai. Nunca me imaginei ficar sem ele mas a vida nos reserva cada surpresa louca juro que por vezes pensei que iria ficar louca uma dor um vazio enorme,queria tanto voltar no tempo e viver tudo novamente e mais intenso ainda fui muito feliz ao lado dele por 16 anos passamos por muitas coisas juntos altos e baixos. Enfim se passaram 10 meses e me dei a chance de tentar viver uma nova história com alguém que por incrível que pareca é muito especial pra mim também sempre cuidando de mim e querendo me ver feliz gosta de mais do meu filho,e meu filho tem um grande carinho por ele também pra mim isso é muito importante. Enfim não é fácil a solidão ,talvez se não fosse esse momento que estou tentando seguir em frente com outro alguém eu já teria entrado em uma depressão por que ainda não tou sorrindo como antes,mas talvez se não fosse ele eu estaria bem pior ,deixei que quem quiser falar que fale por que acham recente eu ja está com outro alguém isso não significa que eu não amasse ele meu marido eu o amava sim e muito,mas ele não volta é uma espera que dói uma saudade que não tem explicação e só quem passa é que sabe a dor da perca da falta e das nossas necessidades em ter um companheiro pra conversar,rir,te fazer companhia então é isso eu sinto muita falta do meu grande amor todos os dias lembro dele do cheiro da voz de tudo é impossível não lembrar e tem dias que aperta e dói muito. Um abraço a todos e espero que essa dor uma dia amenize a todos nós. Bjos e fiquem com Deus

  22. o número que você passou nesse site é watsapp?

    • Olá Marinalva, tenho 51 anos, trabalho no campo de treinamento Aeronáutico, o resto dos detalhes vamos nos conversando pelo whatsapp (11) 994499973

      • melhor me mandar um e-mail seu, e lhe mando fotos atualizadas, aquela foto é de quando trabalhava na industria aeroespacial

      • Moro a 70 km da capital, onde atualmente faço mestrado de Fisica Quantica, e dou palestras comportamentais e motivacionais, em São José dos Campos, sou evangélico e atuo na área de ensino teológico também.

  23. Bom dia Marinalva, que bom podermos conversar por aqui.
    Em relação a sua pergunta, qual é a sua idade?
    abraço

  24. sim é gratuito. a intenção dos comentários é favorecer a ajuda para alguem que esteja passando pelos mesmos problemas.
    Tenham apenas cuidado, pois aquilo que é publicado no espaco de comentários se torna publico ok.

  25. Romualdo Trudes Veríssimo

    Minha esposa faleceu até agora não entendi o que aconteceu e acho que nunca vou entender, buscar respostas é o que tento fazer, aceitar é complicado, mas uma coisa tenho que fazer superar pois tivemos juntos durante 15 anos e meio e nesse tempo tivemos 2 filhos maravilhosos um de 13 anos praticamente um rapaz e uma linda princesa de apenas 2 anos é por eles que tenho que continuar a vida, mas vou contar um pouco do que aconteceu. Um pouco antes do nascimento da nossa filha começaram alguns problemas com minha esposa formigamentos nos braços um pouco de fraqueza nas mãos e sensibilidade diminuindo e assim foram consultados médicos e foi diagnosticado como LER foram feitas várias sessões de fisioterapias e só tinha efeito na hora depois voltava tudo de novo, assim foram passando os dias e meses e a nossa filha veio a nascer numa cesária, a partir dai os problemas que já tinha se tornaram mais complicados ainda pois depois da cesária ela praticamente travou e não conseguia se locomover direito e foi assim até uns dias depois voltando a quase ao normal um mês depois. Buscamos ajuda dos médicos e nada de encontrar o problema só resolvia com sessões de fisioterapias e assim foram se passando e os problemas que ela tinha iam aumentando caia na rua sozinha derrubava as coisas da mão, até que depois de tanta correria fomos indicados a uma clinica particular por que ao SUS não deu certo. Foram feitos vários exames e até que foi descoberto um tumor na coluna cervical, o que aprecia estar ruim ficou pior pois fomos informados pelo neurocirurgia que tinha que ser feito uma cirurgia pra retirada do tumor pois havia risco de ficar tetraplégica ou até mesmo de uma parada respiratória pela gravidade do problema. Bem decidimos fazer a cirurgia e apesar dos riscos e muita fé em Deus sempre a cirurgia foi um sucesso e mais foi constatado que o tumor era benigno. Mas nossa luta não acabou porque tinha a recuperação as fisioterapias pra reabilitar e eu sempre ao seu lado e me emocionando a cada evolução no tratamento, mas no dia 03/07/2016 estávamos em casa eu ela e nossos filhos um domingo ensolarado ela veio a se sentir mal com falta de ar e entrando em choque foi levada pra UPA mas não aguentou e hoje passado 28 dias ainda me pergunto o que aconteceu o porque te tudo isso tinha-mos planos de viajar depois que melhorasse e porque tanto sofrimento pra uma pessoa ela só queria viver se recuperar seguir a vida e agora estou eu aqui sozinho com nossos filhos tentando encontrar um caminho e aceitar o que aconteceu, peço a Deus todos os dias pra que me ajude e me de forças porque parece que não vou suportar é um vazio tão grande uma dor e tem horas que a eu só quero alguém pra conversar e expor meus sentimentos botar pra fora tudo que tá engasgado e só tem um remédio chorar……

    • Nossa que triste guri minha vizinha passou por isto ela fez a cirurgia e estais tretaplegica mas viva sinto muito pela tua guria mas força pelos teus gurizinhos se precisar conversar me adiciona no zap 11950736498 bjs boa sorte guri

    • Cão sem dono

      Eu vivi 41 anos casado com uma mulher maravilhosa, eu nunca a tratei como princesa mas sim como uma rainha.
      A um ano atrás ela foi morar no céu e o meu mundo acabou, não está sendo fácil conviver com a solidão.
      Até já arrumei uma namorada, mas nada substitui a pessoa que foi a minha esposa por tantos anos, não encontro respostas para o que aconteceu, as saudades não tem fim.
      Como todo casal nós também tínhamos as nossas crises conjugais, foram muitas as vezes em que: (exemplo: Ela falava que uma certa coisa branca era azul e eu não a contrariava e dizia: “Nossa! que azul bonito.) e assim fomos aprendendo um com o outro a “engolir sapos” para não haver brigas ou discussões.
      O amor que tínhamos um pelo outro era indestrutível, mas de repente ela foi embora…
      Hoje eu dou conselho para todos os casais com que converso e digo para fazerem de tudo para viverem juntos porque depois que se acaba um casamento o mundo desaba.
      Mas fazer o quê. Temos que continuar vivendo.

      Vá de encontro ao oceano…
      Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano, ele treme de medo.
      Olha para trás, para toda a jornada, os cumes, as montanhas, o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto, que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre.
      Mas não há outra maneira.
      O rio não pode voltar. Ninguém pode voltar. Voltar é impossível na existência.
      Temos apenas que ir em frente.
      O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
      E somente quando ele entra no oceano é que o medo desaparece.
      Porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano.
      Por um lado é desaparecimento e por outro lado é renascimento.
      Assim somos nós. Só podemos ir em frente e arriscar.

      vitvals@zipmail.com.br

    • Sinto muito, deve ser muito difícil mesmo, mas busque força, seus filhos precisam de você bem, lembre-se dos bons momentos nas horas de saudades, e siga em frente, infelizmente existem coisas que não podemos mudar, apenas aceitar…

    • Olá Romualdo se quiser conversar me chame no watsapp 19 98981-8867 que o Senhor possa lhe fortalecer, lhe dar sabedoria para essa caminhada Abraço

    • obrigado a todos pelas palavras, hoje me sinto um pouco mais conformado com o tempo a dor vai virando saudade e tudo vai melhorando nunca é fácil mais seguir com fé em Deus sempre…zap 41996927922

    • Oi Romualdo, vi sua publicação. Se quiser conversar, me chame no 63 99229 5215

  26. Everton Oliveira

    Boa noite tenho 30 anos perdi minha esposa ha 6 meses,eloiza ela tinha 54 anos passei 10 anos com ela.ela foi tudo na minha vida penso nela direto,falar dela aqui e dificil pois irei passar dias escrevendo o que ela representou para min, conheci outra pessoa muito legal e estou meio envergonhado de assumir ela tao cedo, ela esta me fazendo um bem muito grande,e uma pessoa maravilhosa, gosto dela e de sua familia toda.precisso de ajudar de alguem com conhecimento nesse sentido, sei que ninguem melhor que deus para agente pedir ajuda.
    whatsap[ 85] 9-87150596

  27. Boa Noite,

    Me chamo Meire e tenho 34 anos. Fiquei viúva a 1 ano e tenho enfrentado muitos obstáculos sozinha. As vezes me sinto só e triste mais tenho fé em Deus que tudo isso um dia ira passar e poderei novamente encontrar um novo amor;
    Se alguém quiser manter contato para conversarmos meu whatssap é: (85) 986329672;

  28. Arlete da silva

    Olá, tenho 58 anos, um filho de 21 anos. Viuva a 1 ano e 3 meses. Gostaria de conhecer pessoas, pois gosto de conversar e trocar ideias. E-mail: lete_silva@hotmail.com

  29. Alessandro

    Perdi minha esposa a pouco mais de 30 dias, tínhamos 5 anos juntos, mais só 10 messes de casado. Eu tenho 28 anos e ela tinha 32. Achava com o passar dos dias eu sentir menos a falta dela, mas a saudade só aumenta. Acabei ficando sozinho em casa e na cidade onde só conhecia ela. Não sei como será os próximos dias, mas sei que não vai nada fácil

    • Oi amigo meu nome é Hewerton,sou viovo a 6 meses,não é facil ate hoje choro muito,achei forças em ocupar meu tempo com corridas pela manhã,academia anoite ir na igreja e ocupar a cabeça mesmo. Olha so´comecei a me sentir melhor depois de
      seis meses força ai,não perca a fé no Senhor.

      • Oi Hewerton, como você está amigo? Nos falamos um tempo depois do lamentável ocorrido e depois fiquei sem o seu contato. Infelizmente também perdi meu esposo há 9 meses e ainda tô meio perdida, porém seguindo a vida como se deve, afinal tenho dois filhos que precisam de mim. Se você quiser deixe seu contato, pois gostaria muito de saber como você e seus filhos estão. Um abraço!!!

    • Alessandro, que o Senhor Deus, através do Espírito Santo, console o teu coração. Eu e muitos do blog sabemos a dor que você está sentindo nesse momento. Lembro dos meus primeiros 30 dias. Não foram fáceis, assim como esses quase sete meses ainda não têm sido tão fáceis não. Mas precisamos seguir com as nossas vidas, clamando a ajuda de nosso bondoso Deus. Embora não entendamos, Ele sabe o motivo de todas as coisas. (Temos que seguir nossas vidas).

      Alessandro, Deus te dará forças para você vencer as fases e essas etapas que se seguirão. Com o tempo essa dor e essa tristeza que você está sentindo dará lugar apenas a saudades, boas saudades, creia nisso!

      Um forte abraço.

      Edu – ducca@bol.com.br

      • Wagner Alves

        Eu perdi minha esposa para um câncer há dois meses, tenho 51 anos , vivi 30 anos com ela. A vida perdeu as cores para mim. Ela era namorada desde a minha mocidade, nos conhecemos na igreja, tenho três filhos, respectivamente uma de 26 anos, outro de 20 e o menor de 12. Com toda certeza não nasci para ficar só, mas fica muito difícil pensar em encontrar outra mulher tão virtuosa. Estou fazendo uma pos graduação difícil de física quântica, estou tão abalado que pedi prorrogação no meu TCC. E tem mais, éramos pastores de uma igreja que ainda continuo a cuidar por causa do meu amor pelo que Jesus fez na cruz do calvário. São muitos desafios, e estou totalmente fragilizado, tenho que ajudar a formar meus três filhos e cuidar deles. Mas também sei que não sou de ferro e o meu coração ao mesmo tempo que sofre pela querida e amada esposa que morreu, sente a necessidade de carinho, amizade, namoro, estou pedindo a Deus orientação diária para a minha vida e consolo para o meu coração destroçado pela perda de uma mulher que eu tinha planos de envelhecer junto com ela.de longe é a pior fase da minha vida, é a dor mais terrível que passei, e olha que já tive cancer e fui curado em 2013.aos 51 anos não consigo me imaginar sozinho até a velhice, realmente só por Deus mesmo como diz o velho ditado.

        • Prezado Pastor Wagner Alves, o senhor, como um homem de Deus, já deverá estar entendendo que, juntamente com seus filhos, estão vivendo o “dia da provação”. Tem uma pregação de um pastor muito conhecido no YouTube, com esse título. Acho que se encaixe em muitas das situações vivenciadas por nós cristãos que perdemos as pessoas que amamos, sejam esposas, maridos, pais ou filhos. Esses momentos são terríveis. Mas, é em Deus que precisamos do refúgio, da fortaleza e do socorro bem presente nesses momentos de tribulação. Que o consolo do Espírito Santo esteja sobre a sua vida e a vida dos seus filhos, pois a obra continua. Edu

          • Sábias palavras, Edu. Perdi a minha esposa há quase um ano. Tenho 2 filhos com 20 e 18 anos respectivamente. Mas como é difícil digerir isso tudo. Como a minha mulher me faz falta, cada dia, um de cada vez. Sei q vou sobreviver pois sinto isso. Há muito mais que os nossos olhos possam enxergar. Mas quão triste e doloroso é viver sem o grande amor da sua vida, ainda mais quando este amor partiu sem ser pela própria vontade.

          • Sinto exatamente como você meu amigo, só que para mim a coisa está bem recente, faz apenas dois meses. Dói hein! Dói muito, uma dor sem remédio. Só eu e você e mais alguns que estão passando por isso para ter uma idéia da dor que você e eu estamos passando. Não adianta tentar explicar como sofremos a quem nunca passou por essa situação, só quem passou ou está passando que é a pior dor que pode existir, de longe…

          • Vi o vídeo no You tube, realmente foi um bálsamo, entretanto, por várias vezes na mensagem, ele afirma “está passando, está passando”, uma mensagem como essa , (Dia da Provação) é atemporal, então esse”está passando, depende de cada um e de cada provação, pois considero ela emitida pelo próprio Espírito Santo, o que torna esse tem ainda mais complexo, pois durante a tempestade, quem está dentro, um minuto parece um ano, mas para quem está do lado de fora apenas parlamentando e refletindo, como é o caso de alguns por aqui, parece ser uma coisa natural, simples, próprio da existência humana, tudo o que nós colocamos na escrita, é uma coisa, mas tudo que passamos a vivenciar na prática, é outra coisa, somente quem perdeu uma esposa tão querida e consagrada como a minha, quem esteve ou está no meu lugar, de ter um filho menor de 12 anos chorando por não ter aquela que ele mais amava, é que vai entender, a dor, o sofrimento de quem passa por isso. A empatia é uma palavra que aprendi muito bem em minha vida, principalmente por causa do meu sacerdócio, sem ela nos tornamos apenas expectadores de alguém que está passando por uma situação difícil, tenho 3 filhos que ainda não são formados, nem casados, ainda estou cuidando de uma família, tenho uma igreja de porte médio para grande, fora outros problemas que não convém ressaltar aqui como a fase de desemprego dos meus filhos e a minha também, pagando aluguel, tudo de uma vez só, o espaço aqui é curto para colocar todas as agravantes. A mensagem dia da prova, é muito boa, repito, mas é uma mensagem, e como cada indivíduo e único e vivencia experiências únicas, é difícil ter um Rhema especial para todos, já que o próprio significado dessa palavra nos arremete ao individual. É dificil, hão há palavras que possam curar as feridas e as dores, somente o Espírito Santo, e não é nada, mas nada fácil passar por essa situação, nem mesmo pedindo ajuda e consolo ao Santo Espírito, é uma dor excruciante, sem remédio algum.

          • Wagner, permita-me chamá-lo assim e também usar o vocativo você, já que não está usando o título de pastor.
            Quero, em primeiro lugar, pedir desculpas antecipadas ao Dado Moura se, por acaso, o que escrever aqui não parecer um tanto apropriado para ser tratado neste espaço, mas acredito que será de ajuda a muitos que estão sofrendo neste momento.
            Olha, Wagner, nada parece fazer sentido nos primeiros meses em que ficamos viúvos ou perdemos alguém que amávamos. Mas você disse uma coisa interessante: “Na teoria é uma coisa, na prática é totalmente diferente”. E é verdade, principalmente quando somos muito teóricos, como no meu caso!
            Sempre ouvimos em algumas pregações o seguinte: “Quando estiver passando por uma prova não pergunte a Deus porque está passando por isso, mas para quê!”. Lembra-se?
            Tenho muito tempo de “banco de igreja”, sempre como um simples espectador das coisas. Acredito que tenha sido um tempo suficiente até para ter me tornado um sacerdote, mas, digamos que abdiquei disso (pelo menos no momento).
            Também ouvimos sobre um tempo em que nossa fé seria colocada a prova (até pregamos sobre isso). Falamos sobre desertos, vales, mares e usamos tantas outras alegorias, mas nos esquecemos de que, um dia, isso realmente irá acontecer com todo mundo; cristãos e não cristãos.
            Desde o livro de Gênesis até Apocalipse, sempre contemplamos os seres humanos envoltos às suas provas. Essas provas não estão diante de nós para sermos reprovados, mas para sermos aperfeiçoados e nos tornarmos pessoas melhores, à imagem e semelhança de Jesus Cristo (não estou falando de religião).
            O problema é: como iremos nos comportar durante esse deserto real, durante essa prova real, quando clamarmos e parecer que não estamos sendo ouvidos, chorarmos e parecer que não estamos sendo consolados?
            Ao perder quem amávamos, ficamos inconsolados e bradamos: – Perdi o amor da minha vida! Era tudo para mim! A minha vida acabou! Quando sabemos há muito tempo que não podemos amar ninguém acima de Deus e que Ele é tudo para nós, todas as outras pessoas ou coisas, ou sonhos ou projetos terão que ficar abaixo dEle, mas, na prática, não é o que fazemos, não é mesmo? (Sei que pode parecer muito forte, muitos não entenderão! Mas, sei que você está entendendo).
            Que bom que você tem três filhos. Nós maridos assumimos a manutenção da casa, trabalhamos muito com o objetivo de que nada falte, mas, muitas vezes, deixamos as responsabilidades do amor e do carinho para com nossos filhos sobre os ombros de nossas esposas. Sei que hoje, em alguns lares, esse papel tem sido invertido. Mas, você ainda tem essa oportunidade com o seus filhos, então aproveite.
            Quando assistiu àquele vídeo, Deus falou contigo, mas o seu momento atual não permitiu que assimilasse o que Ele quis te dizer.
            Em 1 Pedro 5:7 está escrito para que nós lancemos sobre Cristo todas as nossas ansiedades, pois Ele tem cuidado de nós. Então, levante sua cabeça, respire fundo, fique em silêncio por um momento, acalme-se! Espere um pouco e ouça Deus falar.
            E, finalmente, quando lemos Eclesiastes 3:2 entendemos que, para toda a criatura neste mundo “… há o tempo de nascer e o tempo de morrer …”. Isso é para todos nós! Um dia chegará a nossa vez, as pessoas que amávamos só foram na frente.
            Neste mês completou sete meses que fiquei viúvo de uma mulher maravilhosa e que eu amava muito: amorosa, carinhosa, excelente mãe, fiel e temente a Deus. Acredito que ela era muito semelhante à sua falecida esposa. Ela também estava com câncer.
            Se puder, assista no YouTube mais um vídeo, com o título “Paulo e Silas na Prisão”. Quando estiver assistindo tente imaginar, por alguns segundos, mesmo não me conhecendo, que eu sou o Paulo (que prepotência a minha!) e que você é o Silas. Imagine que a prisão e as correntes sejam todo o sofrimento e angústia pela qual nós estávamos passando, enquanto nossas esposas estavam padecendo com suas enfermidades.
            Wagner, procure entender, de uma vez por todas: Jesus chegou! Jesus chegou! Jesus chegou para a minha esposa, Jesus chegou para a tua esposa. Para elas, acabaram-se todos os sofrimentos!
            Se você me perguntar se eu ainda sofro, se ainda choro, direi com sinceridade que sim. Mas, hoje é diferente; ainda dói, mas é diferente. Não sei dizer para você se está passando, mas com certeza, hoje é diferente.
            O consolo finalmente parece estar chegando para mim. Olha, Wagner, também tenho certeza que vai chegar para você também, vai chegar para os seus filhos e vai chegar para todos que têm vindo a este espaço procurando uma palavra de consolo, seja por terem ficado viúvos, viúvas, ou por qualquer outra perda que tiveram. Creiam nisso!
            Fiquem em Paz.
            Edu.

          • Que bálsamo ler este texto…é exatamente assim….sofrimento…depois passa…não acaba…atenua…melhora. É assim que me sinto hoje. Há 13 anos fiquei viúva com um filho de 4 anos. Hoje às vezes me pego lamentando porque ele se foi naquele acidente.. se estivesse aqui seria diferente, seria melhor? ou não seria como lidaríamos com os conflitos do filho adolescente? Vivo estes conflitos com meu filho adolescente, sozinha, tenho irmãos e cunhados à nossa volta mas a realidade é dura e fria. Tenho que resolver sozinha eu meu filho e Deus. Busquei apoio no grupo do Amor Exigente que tem me direcionado bastante. Estou e sou bem melhor, aliás, somos, eu e meu filho nos relacionamos bem melhor hoje em dia. Tenho um namorado há sete anos, mas que não participa desta parte da minha vida, fica à margem. às vezes dá uma opinião…cada dia mais nos distanciamos. Eu buscando a Igreja, à Deus, que é meu sustento, minha força e meu refúgio e ele o namorado na dele…só observando de longe. Cada dia que passa as coisas de Deus me preenchem mais.Estar na sua presença é o que me completa. Esta ferida da perda do meu marido não passou, dói em mim; sinto uma tristeza, um vazio. Desculpem o desabafo. Mary

        • Olá, Wagner, também perdi minha esposa e sou também pastor com dois filhos, um de 22 e outro de 16. Muito difícil, mas tenho observado a misericórdia de Deus, sem a qual ninguém que teve um bom casamento e uma mulher virtuosa em casa suportaria a dor. Oro por você para que consiga superar, apesar de que também preciso de oração para conseguir prosseguir. Deus o abençoe.

          • A PAZ! que o Senhor o cubra com sabedoria e entendimento se quiser conversar 19 98981-8867 watsapp

    • Arlete da silva

      Lembre dos momentos bons! Faça preces em homenagem a sua esposa e muita luz para você! Bj no coração.

  30. Fabi.srodrigues87@gmail.com

    Olá
    Eu li e me interessei por cada situação.
    Não sou Viúva….
    Tenho 29 anos e conheci um rapaz viúvo, a cerca de uns 4 meses. Nos conhecemos por acaso e seguindo em uma amizade e hoje um relacionamento. Não escondemos fatos um do outro. Tenho paciência em ouvir pois é o que um viúvo quer, alguém que de atenção e carinho, e Principalmente ser maduro para compreender as fases. rs as vezes ele me adora, rs outras ele não me quer por perto e assim vai. rs sei que é uma fase e que o sentimento não morre, ele adormece….
    Eu me encantei pois são sinceros quantoao sentimentos….e se um dia voltarem a amar eu tenho certeza que vai ser sincero….
    Não Busquem um amor….busquem pessoas que te façam uma Boa Companhia, que façam vocês rirem….rs
    Eu prometi que faria meu Viúvo rir todos os dias….e assim vai….
    Confesso, eu gosto dele…….Mais sei que ele não me ama* mais gosta de mim.
    Sei que posso sofrer amanhã se ele tiver outras recaídas e me deixar,rs mais me alegro por ser o motivo dos sorrisos e alegrias. rs
    Beijão a Todos
    Fiquem Bem…..

    • Bom dia Fabi,

      Em primeiro lugar quero parabenizá-la pelo belo comentário que você postou no blog.

      Tenho 47 anos e estou viúvo há pouco mais de 6 meses e o que você comentou tem muito a ver com nós viúvos, principalmente do sexo masculino.

      O “seu viúvo” é um sujeito de muita sorte, pois você tem agido com ele da maneira correta para alguém que se encontra na situação que ele se encontra.

      Essas mudanças no humor nada mais são do que a insegurança em voltar a amar alguém novamente, pois nós ainda temos amor pela pessoa amada que partiu.

      Embora eu não tenha me relacionado com ninguém, desde que fiquei viúvo, tive um sentimento por uma outra pessoa recentemente (apenas um sentimento). Isso foi suficiente para eu me sentir um crápula, como se estivesse traindo minha falecida esposa. Imagina me relacionar!

      Eu acredito que isso algum dia poderá acontecer, mas primeiro preciso tratar de alguns traumas relacionados ao falecimento de minha querida esposa e ter as minhas feridas cicatrizadas. Cada coisa no seu tempo (Está nas mãos de Deus).

      Entretanto acredito que você está tomando a atitude certa. Está tendo calma, paciência e está tentando compreendê-lo; fazê-lo sorrir novamente. Poxa, como isso nos faz bem! Como é bom ter alguém ao nosso lado para nos fazer sorrir em momentos difíceis como esses, mesmo que depois fiquemos tristes por algumas lembranças que teimam permanecer em nossas mentes.

      Não fique preocupada achando que está competindo com um fantasma, pois a falecida esposa dele não voltará mais. Não queira ser ela, seja você mesma. Ainda que não perceba, você com o esse seu jeito compreensivo e carinhoso está conquistando ele a cada dia. Acredito que, com o tempo, essa situação irá mudar e ele saberá te dar o amor, o carinho e o valor que você merece. Não esqueça de colocar Deus nesse relacionamento, pois com Ele na direção tudo irá dar certo.

      Quanto ao Alessandro, que o Senhor Deus, através do Espírito Santo, console o teu coração. Eu e muitos do blog sabemos a dor que você está sentindo nesse momento. Lembro dos meus primeiros 30 dias. Não foram fáceis, assim como esses quase sete meses ainda não têm sido tão fáceis não, mas vamos seguindo nossas vidas, clamando a ajuda de nosso bondoso Deus. Embora não entendamos, Ele sabe o motivo de todas as coisas. (Temos que seguir nossas vidas).

      Alessandro, Deus te dará forças para você vencer as fases e etapas que se seguirão. Com o tempo essa dor e essa tristeza que você está sentindo dará lugar apenas a saudade, creia nisso!

      Um forte abraço.

      Edu – ducca@bol.com.br

      • Olá Edu,

        • Olá Edu, estou chorando depois de ler teu comentário, entrei na net para procurar algo que me ajude a entender meu namorado, viúvo há 1 ano e meio, já faz 1 que estamos namorando, ou seja namorando modo de dizer pois somente bem recente ele assumiu o namoro, no inicio só ficamos e ainda escondido, como se estivessemos fazendo algo de errado, me sentia muito mal pois sou livre divorciada há 5 anos e ele livre tbém pois é viúvo e no inicio logo após fazermos amor ele saia correndo como um bicho, me sentia um lixo, tinha vontade de nunca mais olhar pra ele, tentei várias vezes acabar com tudo, mas ele pedia paciência, e eu aprendi a amá-lo demais, hoje muitas coisas foram superadas, ele sentia muita culpa, como se estivesse traindo a falecida, o medo do que os outros vão dizer, só mesmo com muito amor e paciência pra superar essa fase, li aqui vários depoimentos de viuvos e viuvas, entendo o sofrimento de vcs, mas tbém sofrem quem com vcs se envolvem. Quem sonha construir uma vida ao lado dos viuvos e não é correspondido na mesma intensidade, quem dá amor e só recebe instabilidade, nada de planos para o futuro, estão presos no passado, já tive muita raiva, já chorei muito por não saber o que fazer como agir, queria me afastar mas o amor o coração não me permitia, pedia paciência enquanto a cabeça me cjamava de idiota por estar num relacionamento assim, vejam um pouquinho só o lado dos apaixonados por viuvos(as) o quanto sofrem, por darem amor e não receberem, a sensação é realmente de estar competindo com um fantasma, ele viveu 15 anos com a falecida e eu apenas um ainda, uma competição injusta, pois se hoje ela levantasse da sepultura eu não teria chance alguma, mas daqui há 15 anos penso que ele vai pensar duas vezes. Desculpem o desabafo, mas ainda sofro muito por amar um viuvo e precisar de tempo para quem sabe um dia ser amada da mesma forma, é triste se apaixonar por um viúvo(a) tem os dois lados, todos sofrem.

    • Com esse jeito carinhoso e compreensiva, com certeza ele irá te amar, o tempo ameniza tudo eu creio, amei o fato de fazer rir se alguém aqui quiser conversar, talvez rir, talvez ser ouvido apenas, sou uma mulher sozinha de 37 anos apaixonada por lindas histórias de Até que a morte os separe, já sofri muito em minha vida com divórcio, desilusão mas imagino que nada supere a dor dessa despedida, Fabi volte por aqui contar notícias aos demais querendo me add no watsapp 19 98981-8867 Sou de SP capital Deus abençoe ricamente a vida de todos

  31. Gostei muito de site. Eu Pr. da igreja batista ,sou divorciado, tenho 56 anos e gostaria de um relacionamento serio com pessoas viuva. Moro em Guarapari-ES . Meu cel. 027-997301364 – vivo.(Mulheres viuva)

  32. Bom dia !!!

    Por incrível que pareça, navegando pela internet, me deparo com este texto, muito bom, que me fez refletir.
    meu marido faleceu em 13/02/2016, num acidente de carro brutal e sem imprudências,3 bandidos em alta velocidade, invadiram a pista contrária e capotou o carro em cima dele, nosso filho de 26 anos que estava dirigindo o carro, este sofreu uma lesão celebral gravissima, em coma por 40 dias, e meu marido morreu no local, não vivi o luto no inicio, pois estava ao lado do meu filho, este voltou pra casa em internação domiciliar, e retornou a realidade em 21/06, muito dificil, porque agora vivo com muita dor da perda e de ver meu filho tentando voltar a sua vida.. Dor que não passa….Meu filho milagre de Deus isto agradeço todos os dias.

  33. Por acaso me deparei com esse texto na internet,li atentamente,tb li os comentários….muito pensei,e é exatamente isso,tudo tem seu tempo… para uns 1 ano,para outros 6,uma coisa é certa a vida continua…..mas ,primeiro fique pronta,confiante e livre. Fechem etapas. Se eu consegui? Ainda nao….6 anos após,ainda nao…mas,fui fazer outras coisas,e to deixando o amor vir,se ele quiser…..bjsss a todos e boa sorte.

  34. Vai fazer 2 meses q perdi meu amado.
    A saudade só aumenta, nao sei mais oq fazer.
    Me chamo keury, tenho 18 anos, a gnt ia casar mês q vem.
    E ele foi meu verdadeiro amor,, nosso relacionamento era maravilhoso. E tínhamos mts planos.
    Agr td acabou :( e meu sonho de casar tbm…

    • oi gostei da sua historia

    • Elisangela soares

      Oi Keury, tenho 24 anos. Também perdi meu amor, tem dois meses. A gente tinha planos de noivar no final do ano, e agora tudo se foi. Estou me sentido sem eira nem beira. Dói demais, chega cortar o peito.

    • Oi Keury tenho 20 anos perdi meu namorado a 9 meses tivemos um filho juntos, não moravamos juntos mas tínhamos muitos planos a dor não passa sinto um vazio todos os dias mas o nosso filho é o que me da forças para continuar tem dias que me dá vintadr de desistir de tudo, sinto muita falta dele ele era o verdadeiro amor da minha vida :'(

  35. MARIA ELIANA PUPIN CHINELATO

    ENCONTREI A PÁGINA POR ACASO, E, ACHEI INTERESSANTE. FIQUEI VIÚVA HÁ TRÊS ANOS, DEPOIS DE MUITA LUTA, CORAGEM E TERAPIA, SAÍ DA LETARGIA QUE ME ENCONTRAVA. HOJE FAÇO UM CURSO DE FOTOGRAFIA E AULA DE PILATES, ALÉM DE CONTINUAR TRABALHANDO. SE ALGUÉM SE IDENTIFICAR GOSTARIA DE MANTER CONTATO.

    • Luiz Carlos

      Olá Eliana, bom dia:
      Tenho história parecida com a sua.
      Gostaria muito de manter contato com vc.
      Estou a sua disposição para conversarmos assim que receber meus dados, que certamente lhe serão passados a seguir.
      Sou economista, aposentado mas na ativa com muita saúde e desejo de enfrentar desafios graças a Deus.
      Será muito bom se entre nos houver sintonia para que tenhamos uma amizade duradoura e gratificante para ambos.
      abçs
      muito obrigado.

      • MARIA ELIANA PUPIN CHINELATO

        Boa noite!! Obrigada pelo seu contato, gostaria muito de poder conversar para trocarmos algumas experiências de vida.Fico no aguardo de um retorno. Segue meu e-mail: m.elianapupin@gmail.com

  36. Entre a dor da perda e da saudade faz um mês q Deus levou meu companheiro e amigo foram 22 anos de casados gente é uma dor q não tem remédio q passe choro todos os dias ta muito difícil só Deus pra amenizar minha filha precisa de acompanhamento psicológico enfim não ta sendo fácil.

    • Marisa. Não é fácil mesmo. Eu sei da sua dor. Fiquei viúva com 10 meses de casada (aos 31 anos de vida). Levou quase 1 ano para eu tirar a dor que vc está sentindo, mas passou. Depois comecei namorar e agora depois de 4 anos tive uma decepção muito forte do qual estou me sentindo pior que a dor da perda do meu marido. O mais difícil é a solidão quando chegamos em casa. Mesmo se estamos rodeadas de pessoas, não é a mesma coisa. O espaço não preenchido pelo marido deixa um vazio… Muitos nem sabem falar com vc pois vc está muito triste e chora. Vc quer falar e cada um tem sua vida e muitas pessoas não tem tempo pra nós e nos sentimos perdidas… mas vai passar, viu! Eu busquei refúgio nos grupos da igreja. Hoje resolvi estudar novamente tentar preencher a solidão. Ocupando-me não sinto muito. Amizades ajudam, mas não preenchem o vazio. Vc teve uma filha eu não, então uma ajudará a outra; já no meu caso me sinto como uma barata perdida sem rumo, por isso decidi voltar a estudar. Vai demorar um pouco, mas a tristeza passará. Procure uma terapia se vc pode, grupos na igreja, vc se sentirá ocupada (se vc trabalha é bom mas não o suficiente). Outras coisas fora do trabalho vão preenchendo nosso vazio, mas ninguém o substituirá. Abraço

      • Oi, Cláudia!! Que sabias palavras… Sinto-me bem do jeito q vc escreveu. Estou viúvo há 11 meses. Não passa.. É o vazio é enorme. Sinto que preciso preencher meu tempo fora do trabalho. Vivi 23 anos com minha mulher. Tenho 43 anos e tivemos 2 filhos, que vivem comigo. Mas, cada um com sua rotina.
        Se quiser conversar a respeito, segue meu e-mail: gestao2011@ig.com.br.
        Um grande abraço e parabéns pela dedicação e fé.

      • Meu cel 5182616809, minha história e parecida c a sua e tenho uma filha adolescente. Se quizer conversar ou se tiver algum grupo sobre isso pode me add. Fica c Deus.

    • Marisa gostaria de ter seu contato , pois também tou passando pela mesma dor perdi meu esposo de 22 anos de companheirismo e amizade,tenho dois filhos é uma dor insuportável , somente Deus para dar forças pra prosseguir, mas o mundo perde o colorido, so entende quem passa pela mesma situação porisso gostaria de entrar em contato contigo .Abraços fraterno e que Deus conforte este seu coração,

      • Luiz Carlos

        Olá Rayara, boa tarde:
        Vi seu recado e também gostaria de manter um contato com vc.
        Por favor entre em contato comigo pelo e mail marketshow@hotmail.com ou então pelo WhatsApp 11 98507-5718 Vivo.
        Desde já agradeço sua gentileza. Temos histórias de vida muito parecidas e acredito mesmo que possamos nos entender em muitas coisas conforme formos nos conhecendo mutuamente.
        Aguardo seu contato.
        Obrigado Abçs. Luiz Carlos

      • Rayara, nosso tempo de convívio é bem parecido. E, realmente, a vida perde o colorido, a graça..
        Segue meu e-mail para contato, se quiser compartilhar experiências : gestao2011@ig.com.br

    • Marisa… entendo o.que esta passando, pois fiquei casado 20 anos e perdi minha esposa ha 70 dias apenas. Caso queira compartilhar experiencias e ideias te mando meu e-mail. O que mais pre iso no momento é falar sobre o que sinto com pessoas que estao na mesma situação que eu. Tenho 40 anos de idade.

      • Neide Rachel

        Marcelo tbm ENTENDO a dor de separar de quem amamos! Tbm fui casada durante 30 anos com meu primeiro NAMORADO! Há exatamente 3 anos e seis meses DEUS o recolheu após uma dengue hemorrágica! A dor graças à DEUS ela passa! Mas a saudade essa é aterna! Se quiser trocar experiências é uma palavra de ânimo estou à disposição! e-mail neiderachel@hotmail.com
        Ou zap (28)999219127

  37. Eu tenho 18 anos.
    E infelizmente perdi o amor da minha vida, meu noivo.
    Ele morreu ha 20 dias, e esta mt dificil viver sem ele. Ele morreu com um cancer na cabeça, foi tudo mt rapido, em janeiro descobrimos a doença, e daí em diante ele foi só piorando, ficou mt magro, sem falar, sem andar, totalmente dependente de tudo, e eu cuidei dele o tempo todo, tinha mt esperança de que ele ficasse melhor.
    E aconteceu o pior.
    Ainda não consigo acreditar, to tentando retomar minha vida, mas é mt dificil, sinto um vazio.
    Tenho tirado forças de Deus.
    Meus sentimento a todos q passaram pela mesma situação que a minha.
    Q Deus de paz e consolo a todos.

  38. Sou viúva há 6 anos! Conheci meu marido quando eu tinha 14 anua, hoje tenho 49. Meu marido faleceu fazendo uma prova de travessia no mar. Foi horrível! Tenho dois filhos, um de 26 e outra de 15. É muito difícil superar a dor pois a saudade cada vez aumenta mais. Se fortifiquem na fé em Deus e no amor pela vida.

    • Suzi gostaria de ter seu contato , pois também tou passando pela mesma dor perdi meu esposo de 22 anos de companheirismo e amizade,tenho dois filhos é uma dor insuportável , somente Deus para dar forças pra prosseguir, mas o mundo perde o colorido, so entende quem passa pela mesma situação por isso gostaria de entrar em contato contigo .Abraços fraterno e que Deus conforte este seu coração,

  39. Sou a Cris viuva a 6 anos gostaria de recomeçar minhaa vida tenho 56 anos e me sinto muito só gostaria de homem na mesma faxetaria que eu para nos dar o direito de ser feliz meu cel 987395052 se quiser me liga ou me add podemos conversa obg pela atenção

  40. Não sou viúvo, mas sinto-me assim.

    Tenho 49 anos.

  41. Maria do Socorro Minervino

    Boa tarde!
    Também sou viúva a dois anos perdi o meu marido, por conta de dois AVC’S em menos de oito dias, foram dias difíceis no hospital mais infelizmente o pior aconteceu ele faleceu na véspera do seu aniversário de 45 anos e se enterrou no dia do aniversário. No começo ficou um vazio uma saudade, uma dor muito grande. Tenho um casal de filhos lindos o menino com 16 anos e a menina com 15 anos hoje tenho 45 anos.
    Gente que dor horrível, preferi a morte naquele dia, ainda choro muito, quando lembro cada momento que passamos juntos, não desejo a ninguém tamanha dor. O tempo só ele para acalmar e superar.
    Com nove meses da sua morte reencontrei meu primeiro namorado nas redes sociais e começamos a conversar, ele estava saindo de uma relacionamento e morava em outra cidade. Decidimos enfrentar tudo e todos com o apoio de meus filhos que apoiaram desde o primeiro momento. Quanto aos demais familiares meus e do falecido ainda hoje não aceitam, dizem que não respeitei o luto.
    Quero apenas deixar para as pessoas que venham ler minha história que, nada é eterno nessa vida nem a felicidade e graças a deus nem a dor, tudo passa.
    Quando buscamos outra pessoa para companhia, não pensamos como uma substituição e sim como uma nova pessoa que vem pra aumentar nossa alegria e felicidade de viver!
    Enfim a vida continua muitas vezes não como sonhamos ou gostaríamos.
    Acredito que Deus sabe o melhor para cada um de nós. Mesmo quando é quase impossível compreender o que é melhor.
    Estou feliz… Mais me machuca muito com as criticas e acusações de algumas pessoas que me julgaram condenaram sem procurar saber os meus motivos.
    Tenho uma única certeza na vida, cumpri o juramento que fiz aos pés do altar, Fui fiel, amei e respeitei até que a morte nos separou.

    O mais coloquei nas mãos de Deus, ele sabe todas as coisas.

    • Existe um grande preconceito, fruto da ignorância, falta de empatia e humanidade. Vai fazer 3 anos que perdi a minha esposa. Ela tinha 42, mesma idade minha. Só quem passou sabe como é doído. Então, não devemos nos preocupar com o que os outros pensam. Eles não moram na nossa mente, não sentem, não entenderão. São paralelas: o que sempre sentiremos por quem se foi e nossa vida na Terra. Uma não afeta a outra, não se cruzam. Qd achava q iria morrer, um anjo me resgatou.

  42. Luiz Carlos

    Olá,boa noite.
    Tive um casamento muito feliz. 6 anos de namoro e 38 anos de casado Perdi minha esposa há 9 meses. Tenho 75 anos, ela se foi com apenas 63 anos de idade, Após ser infectada pelo vírus H1N1, em 2009, nunca mais se recuperou completamente. Tínhamos uma diferença de idade de 12 anos e meio. Sinto-me muito só e gostaria de encontrar uma senhora também viúva, de São Paulo – Capital, que pretenda um relacionamento sincero, com a idade máxima de 63 anos, jovial, alegre e com bom nível cultural. Sou economista aposentado, sem vícios gozando de muito boa saúde Graças a Deus e muita disposição para o trabalho. Sou de tradição católica mas muito apegado ao evangelho. Tenho 3 filhos adultos e 3 netinhos. Maiores detalhes posso oferecer via e mail.

  43. silvia ribeiro

    eu tenho 49 anos faz sete meses que meu esposo se foi,vivemos trinta anos juntos 3 anos de namoro e 27 anos de casamento nao tivemos filhos,ele estava com cancer foi tao sofrido .hoje conheci alguem mas acho muito cedo para pensar em alguma coisa ,sem falar que ele e casado ,mas sinto que ele tambem esta interessado mas nao quero alguem so pra uma noite.

    • Olá Silvia. Li seu comentário e me identifiquei com você. Também tive um casamento longo e hoje estou sozinho, meu marido faleceu a três anos. Penso que devemos sim ter cuidado ao nos envolvermos com uma pessoa, e você está certa quando diz que a maioria quer apenas algo passageiro, sem envolvimento. Percebo que a viúva é sempre vista como uma mulher disponível, não se levando em consideração que somos sim livres, mas que temos sentimentos e merecemos ser respeitadas. Precisamos ter o cuidado de não nos deixarmos levar pela carência de uma companhia, e procurar alguém que assuma uma relação, queira mesmo viver uma história. Não creio que uma pessoa já comprometida, que tenha uma familia seja apropriado, até porque não gostariamos que nosso falecido fizesse isto conosco. O amor próprio é muito importante. Hoje sou mais exigente, me amo mais, cuido mais de mim e não fico ansiosa. Só me envolveria mesmo se valesse a pena, com alguém que fosse parceiro de vida mesmo. Um grande abraço

    • Silvia Ribeiro, se ele é casado, então sai fora. Não busque esse fardo para a sua vida. Lembre-se que ao sair de casa esse homem deixa uma esposa e filhos esperando pela sua volta. Além do mais, se ele não está sendo fiel à sua atual esposa, o que te faz pensar que ele será a você. Tem muita gente boa ainda sozinha por aí. E como você mesma falou: “são sete meses”, espere mais um pouco e você não irá se arrepender. Desejo que Deus cure a sua dor e te dê a paciência necessária para que, no tempo certo, você volte a ser feliz.

  44. Zuila Freitas

    Olá também perdi meu esposo a um ano e dois meses um sofrimento que não tinha tamanho, fui me apegando a deus ele foi me ajudando aos pouco me consolando. Foram dez De casados dez anos de felicidade enfim muito feliz a falta dele nunca vai passar.
    Mas nunca fechei meu coração e nem meus minha vida pra novas conquistas que Deus tem preparado pra mim.
    Enfim conheci uma pessoa a dois meses e estou namorando, ele é uma pessoa pelo o qual eu já tinha ficado a uns quinze anos atrás e desde que quando eu me casei nunca mais tinha visto e Deus nos colocou um no caminho do outro de novo, estou bem com ele, uma pessoa boa ta me fazendo feliz, não sei se a minha dor vai passar só quem sabe é Deus mas tudo o que Deus tem pra mim eu aceito de todo o meu coração.

  45. Olá , a 10 meses fiquei viúvo foi de repente amava muito minha esposa ela estava com a tireoide alterada mas estava fazendo os exames para operar e de repente tudo acabou ela estava dormindo e acordou desesperada sem ar e apagou abraçada comigo , foram 16 anos de casados mais 4 de namoro temos 4 filhos , a mais velha de 12 , uma de 9 e uma bebe de 2 anos e um menino de 5 anos , a 2 meses comecei a me relacionar com uma pessoa da igreja mas minha filha mais velha não aceita e diz que não estou respeitando o luto , eu não sei o que fazer ,preciso seguir e essa pessoa tem me feito feliz , peço que me ajudem em oração .

    • Eu fiquei casado com a minha amada por 41 anos e a sete meses ela foi embora.
      O mundo se acabou para mim quando percebi que estava sozinho na vida. a três meses conheci uma garota 30 anos mais nova que eu, os filhos demonstraram e ainda demonstram alguma espécie de ciúmes, mas não vão mudar o meu pensamento de poder namorar quando se sabe que e vida é um nada.
      A pessoa que namora comigo não substitui e nunca substituirá a pessoa amada que viveu comigo por 41 anos porque a solidão pela falta dela parece não ter fim, ela faz muita falta na minha vida, mas quando a namorada está ao meu lado isso me ajuda um pouco a ter felicidade.
      Jamais quero ter um novo relacionamento, como citei anteriormente ninguém substitui a minha amada.

  46. Bom dia,

    Partilho com vocês minha experiência: tenho 45 anos,um filho de 16 anos,sou viúva há 13 anos,fiquei casada 8 anos, logo fiquei viúva aos 33 anos com um filho de 3 anos e 7 meses. Na época foquei minha vida no trabalho e a cuidar do meu filho, morei com meus pais por 8 meses. E o que me motivou a continuar foi meu filho já com 4 anos pedia pra voltar pra nossa casa,pra nossa cama….e fui e encarei a nova vida. Difícil,dolorida,meio perdida…chorava muito…não sabia o que e como fazer. Minha família,minha base,meus pais e Deus me sustentaram. E a melhor coisa que fiz neste contexto todo foi dedicar-me a mim,meu filho,minha família, Deus e à Igreja. Entrei pra equipe de liturgia, senti algo que me dizia vc pode servir, vc pode colaborar para ficar melhor…e desde 2005 me dedico às atividades da Igreja, canto,proclamo a palavra de Deus, ajudo aqui e ali…me realizo lá, me sinto muito bem…Neste tempo conheci um divorciado com dois filhos vindo de um relacionamento conturbado…estamos juntos como namorados e cada um na sua residência, vivendo a sua vida,cuidando dos filhos e partilhando experiências há 7 anos. Ele já conseguiu a declaração de nulidade do casamento, mas devido a outras situações em torno, principalmente dos filhos, optamos não nos casar; no momento é a melhor opção para todos os envolvidos. Um abraço.

  47. dado bom dia

    escrevi a minha tambem mas nao foi publicado
    fui cortado?

  48. Oi moura. Meu. Nome e Marcia . Tenho. 36 anos fiquei. Viuva.a 6.meses. E to. Me conformando. Mas por que as veses parese q vou .morrer de tanta saudade. choro.muito. Ainda.

    • Nossa escrevo agora com lagrimas um ,fui na praia no carnaval ,minha esposa teve uma dor de cabeça resolvemos voltar mais cedo,fomos no medico acharam um tumor na cabeça,éla viveu 7 dias. tenho dois filhos 16 e 18 um casal tinhamos 21 anos junto 19 de casado,mimha mulher era linda um casal que gerava muita inveja na familia,nunca nos traimos fomos fiel um ao outo.to ficando meio louco acho que éla vai voutar a qualquer momento,vou no cemiterio choro falo com éla peço a jeseus deixar eu ver éla uma ultima vez mais ele não me responde.não acredito que isto aconteceu,acho que é um sonho.se alguem quiser falar comigo meu wsp xxxxxxxxxxxx Deus de força a todos.

      • Amigo que triste , que situação difícil meu amigo….sou casada e não se se suportaria, bom quero te dizer uma coisa por mais q seja difícil se apegue a Deus porque Deus pode curar as feridas da alma, Deus da forças ão cansado, da alegria ao que já não tem, Deus faz com que o solitário habite em família…….que o senhor te der forças pra continuar essa caminhada,lembre se vc tem ao seu lado o maior psicólogo q se chama Jesus Cristo, fale que ele te ouve….força querido, vjo muitas histórias tristes, so Deus para curar feridas……grande abraço.

      • Olá Hewerton! Compartilho de sua dor, pois perdi meu amor há cinco meses, erámos casados há 23 anos, temos duas filhas, uma de 22 e outra de 19, fomos muito felizes juntos, ainda não acredito que falei com ele pela manhã e a tarde recebi a notícia que ele havia falecido, ele era saudável e do nada Deus o levou, hoje foco no trabalho para esquecer essa dor terrível, Deus tem me dado muita força, creio que um dia essa dor vai diminuir e ficará só a saudade, um abraço e fica bem!

      • Olá Hewerton, como você está passando? Sua rotina diária tem voltado ao normal depois de alguns meses passados? Espero que estejam reagindo bem. Que Deus os abençoe.
        Eu ainda sinto muitas saudades do meu, mas aos poucos a dor vai amenizando, até porque tbm tenho dois filhos que precisam de mim pra ajudá -los a superar a perda do pai há quase oito meses. Que Deus os abençoe e precisando desabafar um pouco pra aliviar a dor é só entrar em contato. 81 99605-5840 (Pernambuco). Já nos falamos pelo whatsApp. Fique à vontade. Fica com Deus.

    • Márcia estou passando por momentos muito parecido com o seu , gostaria de entrar em contato com vc para trocarmos experiencias ou lutas .abraços Rayara.

  49. Marcos Mattos

    Já tinha entrado nesse site a um tempo. Voltei e vi novos relatos. Lembro de não ter deixado minha participação.
    Estou viúvo a quase 3 anos. A vida fica menos pior com o tempo. Novos relacionamentos parecem nunca suprirem. Tenho um casal de filhos que resolvi assumir a responsabilidade e morarmos nós 3 quando minha esposa se foi.
    Acredito que Deus sabe o melhor para cada um de nós. Mesmo quando é quase impossível compreender o que é melhor nesses casos. Meus filhos hoje tem 5 e 10 anos. Todos sentimos a falta dela.
    Quando pensamos numa outra pessoa que poderá futuramente fazer parte de nossa família, não pensamos como uma substituição e sim como uma nova pessoa que veio pra aumentar nossa alegria e felicidade de viver!
    Confiemos em Deus sempre!
    Força e fé!

    • Nossa que triste guri espero que os teus filhos estejam bem e que tu consiga recomeçar a tua vida amorosa

    • Olá, achei muito bonito o seu jeito de pensar. Também sou viuva a 1 ano e 3 meses e tenho um filho de 3 anos. Gostaria de poder trocar experiências. Se você puder me mande um e-mail pattyrp91@Gmail.com. obrigada

      • Euvania Novais Luz

        Oi. Também fiquei viúva a 1 ano e 5meses. Estou me sentindo muito sozinha. Tenho 54 anos, sou secretária Executiva, 2 filhos maiores e casados, 2 netos. Moro em Brasília e não tenho família aqui. Gostaria de fazer amigos para amenizar um pouco a minha solidão

  50. Oi perdi meu companheiro marido amigo namorado fiel a 20 dias e o vazio é e enorme a falta dele e maior q tudo, tínhamos planos de casar filhos tudo p se realizar em 2016, íamos fazer faculdade, nossa tantos planos interrompido, eu era pro meu amado e meu amado era pra mim, eu o fazia feliz e ele mee fazia mais ainda tomei um banho escolhi uma roupa fiz uma maquiagem esperando meu marido voltar e recebo a ligação d que meu marido tinha sido assassinado foi uma dor tão grande tão grande, nós íamos juntos p igreja e por um pecado q ele n queria fazer acabaram tirando sua vida, Deus sab d todas as coisas mais o choro a saudade e inevitável

    • Olá minha querida Janaina, chorei com suas palavras, pois no dia 26 de fevereiro desse ano, 1 dia após meu aniversário, perdi o grande amor da minha vida, meu Deus, que dor horrível, preferi a morte naquele dia, pois choro muito, todos os dias, mas tenho buscado muito em Deus sabe? Ele era uma pessoa maravilhosa, super dedicado, amoroso, protetor, mas infelizmente Deus permitiu a sua partida. Nós sabemos o quanto é difícil lidar com a perda, por isso tenho orado bastante, ido à igreja para que de alguma forma meu coração possa ser confortado e por mais que as pessoas digam pra gente superar, ñ é fácil, pois só o tempo mesmo. Meus sentimentos a vc de coração e a todos que aqui deixaram seus comentários.

    • Boa noite, assim como todos aqui, estou sofrendo a perda de alguém querido, no meu caso meu esposo que se foi há seis meses, é uma dor inexplicável, tínhamos 18 anos de casados, dois filhos, 12 e 17 anos, os quais sofrem muito também a falta do pai, fiz 40 anos, e cada dia que passa sinto um vazio que só aumenta a cada dia. Quando essa dor vai começar a amenizar? Peço à Deus todos os dias pra parar de sofrer tanto, mas não consigo me libertar das lembranças do passado que me fazem sofrer tanto por não voltar mais, as vezes chego a ficar com a fé abalada. Preciso ser feliz e ter coragem pra continuar minha vida, até porque tenho dois filhos que precisam de mim. Me ajudem por favor. Meu zap 81 99605-5840

      • Olá Cristiane! Olha sei bem o que vc está passando neste momento, pois também perdi meu esposo há cinco meses, um homem maravilhoso, erámos casados há 23 anos, fomos muito felizes, temos duas filhas já adultas, graças a Deus elas foram fortes e me fortaleceram também, até o mês passado, eu estava me deprimindo, perdi 8 kgs e só sofria, lendo sobre a vida após a morte pela internet, vi um texto que dizia que a pessoa falecida sente o nosso sofrimento e que isso faz ele sofrer, então como quem ama só quer o bem do outro, decidi me esforçar para não sofrer e deixar meu amor descansar em paz,agora já me sinto um pouco melhor, e acredito que um dia vou encontrar o meu amado, fica bem querida, um abraço!

    • Ola Janaina estou na mesma situação que voce.. sofremos um acidente de transito e infelizmente minha esposa não resistiu e faleceu no hospital, faz 30 dias apenas e sinto um vazio enorme, pois assim como vc tinhamos planos de ter uma filha ela estava até fazendo tratamento e iamos casar no final desse ano, tinhamos apenas registro de união estável.. bom se quiser conversar para trocarmos experiencias me manda seu contato.

  51. Oi boa noite fiquei viuva aos 39 anos em março de 2015.Ainda não sei o que realmente estou sentindo estou confusa ,situação difícil nunca imaginada.Continuo trabalhando fazendo o que fazia junto do meu eterno amor ,ele se foi aos 38 anos amava a vida até mais que eu.Busco continuar sem muitas perguntas sei lá tô levando a vida,pois infelismente nai há nada que se possa fazer.

  52. Fiquei viúva há dois meses em 17.12.15 Mesmo sabendo das complicações da hemodiálise, é uma dor, que parece que arrancou um pedaço da gente. O que me conforta é que ele aceitava essa hora com naturalidade.perdi não só um marido, perdi um amigo, um conselheiro, tudo de bom. Espero que essa dor passe logo.

  53. Boa tarde. Perdi meu marido dia 17.12.2015. Ele era renal crônico.Mesmo sabendo da gravidade da doença, e a possibilidade da perda, não é fácil não.Parece que arrancou um pedaço de mim. ESPERO QUE UM DIA ISSO PASSE.

  54. Boa tarde. Perdi meu marido dia 17.12.2015. Ele era renal crônico.Mesmo sabendo da gravidade da doença, e a possibilidade da perda, não é fácil não.Parece que arrancou um pedaço de mim. Era um marido super presente,atencioso, bom pai, tudo de bom.Tento não ficar triste, e nem chorar pois muitos me dizem que não é bom para o espirito dele.Mas é uma sensação horrivel. Tenho duas filhas que me dão toda assistência, mas só a caçula mora comigo, estuda á noite na cidade vizinha, fico eu e Deus até a hora que ela chega. Mesmo ele tendo me preparado muito sinto muita falta dele, super conselheiro, amigo. mas emfim, vida que segue, espero que essa dor um dia passe. Obrigada por esse espaço para desabafar.

  55. Ola. Muito interessante esse site .meio q nos preenche . Sou viuva a um ano e meio fiquei gravida de tres meses quando meu amor morreu até mim pergunto se é um sonho ruin …as vezes penso em conhecer uma pessoa cm quem posso viver uma nova historia de amor .quero voltar a sorrir quero ser feliz e fazer a pessoa q estiver comigo feliz .

  56. Entrei aqui por acaso mas encontrei tantas historias parecidas com a minha.
    Também sou viúva, a dois anos perdi o amor da minha vida. No começo ficou um vazio uma saudade mas a dor é muito grande não da para viver com ela. E como não tem outro jeito tenho que continuar a viver resolvi guardar minhas lembranças e meu amor dentro da minha alma. Sei que a qualquer dia vou encontrar outro amor porque não gosto de viver sozinha casei cedo fiquei 30 anos casada meus filhos são adultos tem a vida deles. E hoje sou outra pessoa, que aprendeu muito com a dor. Sou espiritualista,serena uma pessoa de riso fácil tenho grandes amigos isso ajuda muito e principalmente a fé em Deus. E temos que aprender que nada é eterno nessa vida nem a felicidade e graças a deus nem a dor, tudo passa.

  57. Muitos comentários que refletem força, recomeço… Sem esquecer do sentimento que ficou. Da saudade e da lembrança de quem partiu. Tenho 27 anos, perdi meu esposo faz pouco tempo. Minha alma-gêmea. Muito amado, tinhámos uma união belíssima, abençoada com um filho lindo que hoje tem 9 meses. Ele teve dois avc’s em um espaço de 2 anos, e faleceu com um infarto fulminante, tinha 51 anos. Meu companheiro, amável, cavalheiro, experiente, gentil. Às vezes penso que nunca mais encontrarei alguém que eu possa amar assim… Deixou muita saudade e só boas lembranças. Deus nos conforte.

    • Que Deus ti de forças estou com tanta dor nesse momento,minha esposa faleceu a 30 dias tenho dois filho tb já 16 e 18 mais as vezes acho que vou morre tb estou sem chão perdido só sei chorar e´la era linda tinha 36 anos tinhamos 21 juntos 19 de casado não é facil

      • Meus sentimentos Hewertom. Meu esposo faleceu em janeiro. Neste momento o que define é a saudade. A dor vai se abrandando, no meu caso com bebê o tempo passa rápido. Em contrapartida a saudade aumenta. E a falta de todo o companheirismo e cumplicidade de casal, amor, amizade, respeito… Td difícil. Muita mudança quando acontece algo assim, rápido e inesperado. Muita mudança. A família é quem nos apóia, e nos faz enxergar o recomeço. Grande abraços, fique com Deus e em paz.

      • Forças amigo, também tô sofrendo com a perda do meu. Tbm tenho dois filhos 12 e 16, estou nesse sofrimento há seis meses. Só Deus e o tempo. 😥😥

  58. Lilian avelar

    a paz amados eu sou viúva né Tenho 37 anos fiquei viúva a 3 meses meu esposo sofreu um acidente de moto.. ele era um grande homem de Deus né fazer a obra fazemos a obra junto. tinha 56 anos mas veio a falecer e estou só no momento e espero que tiver alguém que possa me ajudar nessa hora dificil mas tenhoho fe que td vai melhorarr…quequizer me conhecer pra tirar conhecimentos ou melhor um amigo me addd no zap..11 986732442 obrigada a todos fiquei na paz do senhor.

  59. Boa noite. Li vários depoimentos e me identifiquei com alguns. Também perdi meu marido em setembro de 2013. Foram mais de dez anos de sofrimentos, perda de visão, hemodiálise e, por fim uma endocardite. Tudo decorrente de diabetes. Tenho hoje 59 anos e ele teria 57, era mais novo que eu e faleceu com 54 anos. Nosso casamento durou 33 anos e nos conhecíamos desde criança, embora só tenhamos namorado 14 meses. Tive um marido amoroso, companheiro em todos os momentos bons e ruins,inclusive nos partos dos nossos filhos e cuidados com os mesmos ele era 100% presente. Hoje estou serena, fiz tudo o que pude para amenizar suas dores, inclusive iria doar um rim para que ele se livrasse da hemodiálise, mas Deus não o permitiu. Sinto muita saudade e agora consigo lembrar mais dos momentos bons que vivemos. Também tenho muito medo de um outro relacionamento e estou lidando bem com a viuvez. Estar só não me faz solitária. Trabalho, ocupo meu tempo e escolhi ser feliz, sozinha ou não. Abraco a todos.

  60. Gostei deste sit pois podemos nos expressar,o que realmente estamos sentindo,não e fácil superar pois cada um viveu um mormente de perder alguem que que deixa uma ,historia na sua vida,eu por exemplo, depois de muita lutas de um esposo .bom porem a com problemas de bebidas qdo resolveu se dar uma chance de uma nova vida.qual não foi a surpresa triste estávamos vivendo um momento feliz verdadeiramente com 25 anos de casado, mas s vida havia nos dava a chance nos últimos 5 anos , a descoberta de um câncer fe esôfago que levou um ano para acabar com tudo que haviamos planejado ate aquela lua de mel que não aconteceu,ficamos juntos ate seu ultimo suspiro a qua disse Mo te amo muito cuida do nosso filho e tudo acabou hj depois de 6anos com 56 anos estou buscando um recomeço não esta fácil tem horas que acho que fiquei la traz muito modernismo, falta de amor corpinho bonito,e esquecem de que em um piscar de olho a luz se apaga desculpem apenas um desabafo de uma mulher que sente só porem confiante e acreditando que o Amor e único sentimento que pode mudar toda uma história obg Cris

  61. Hoje esta fazendo 6 anos que fiquei viuva ,me sinto muito só gostaria de conhecer um homem com a idade acima de. 56 anos sincero amigo ,companheiro buscamo junto ser feliz sou negra,fofinha amiga o mais só nos conhecemos meu cel 11987395052 Cris

  62. Antônia Gleyce

    Shalom….estou viúva a quase 6 anos, tenho 36 anos, sou líder evangélica, estou aqui para oferecer apoio as pessoas que como eu passam por esse novo tempo em suas vidas…Confia no Senhor e seram salvos tu e tua casa, Deus tem descanso pra tua alma aflita..

    • sou viuva a dois meses e meio estou sofrendo muito, talvez por ter perdido o esposo que eu considero o melhor homem que pode existir na face da terra, falo isto nao é porque faleceu , mas eu sempre disse isto, preciso de ajuda se assim for possível , também sou evangélica, e sei que deus vai me dar forças , mas a caminhada ta dificil.bjs

    • Antonia gleicy gostaria de manter contato com vc pois fiquei viuvá em dezembro, sou evangélica Deus tem estado comigo, porém e estou sofrendo muito, se possível preciso de uma palavra de conforto abraços em cristo.

    • Como faço para vc poder me ajudar irmã?

    • Antonia gostaria de entrar em contato com vc , preciso da sua ajuda como faço pra entrar em contato com vc ?abraços fraternos.

      • Luiz Carlos

        Olá Rayara, boa tarde:
        Muito obrigado pelo seu contato.
        Fique à vontade para entrar em contato comigo.
        Gostaria mesmo de entrar em contato com uma pessoa com a qual possa haver sintonia.
        Tenho 1,77m 88kg Grisalho olhos azuis.
        Se possivel envie uma foto sua.
        Meu telefone é 11 98507-5718 Vivo Whats
        Ou e mail marketshow@hotmail.com

        abçs.
        Luiz Carlos

    • 5182616809

  63. Olha meu comentário é que você arruma um namorado sério valoriza você e não fica pensando bobeira não segue sua vida
    O DDD do meu número do Espírito Santo 995159661

  64. Ola gostaria de ter contato com Rosana pitanga , pois a minha história é muito ,mas muito parecida com a dela e parece que os sentimentos também diante disto acredito eu que podemos trocar experiencias até mesmo de comportamento dos filhos um grande abraço.

    • Ola Rayara eu não estou autorizado a informar o contato de quem participa desse espaço, mas uma maneira dela perceber o seu interesse é responder ao comentário que ela fez, solicitando o email.Espero ter ajudado. Abraços

  65. Parabéns pela matéria. Infelizmente fiquei viúva há 10 meses. Depois de 27 anos juntos, derrepente ele contraiu um câncer no pâncreas, e nove meses depois faleceu. No começo estava entrando numa depressão profunda, mas o que me ajudou e continua me ajudando é a religião, no meu caso o kardecismo, os amigos, e a família e tambem . Tem dias que estou um pouco alegre,outros nem tento, mais importante é trazer essa lembrança no nosso coração. E esperar dias melhores. Desejo a todos que passam por essa situação muita força e que cada um encontre o seu caminho.Abs.

  66. Vera souza

    Ola gostaria de faser amizade tenho 45 anos viuva a 11 anos .gostaria de conversar trocar watss com pessoas sem compromisso viuvos ou solteiros meu watss 99567895 .lageana carente.meu ex foi assacinado mais prefiro esquecer tras magoas eu camsei de chorar nao resolve espero em Deus forca pra viver.

  67. Vera L Koscak

    Eu, mesmo com o apoio dos meus filhos, sinto um vazio enorme, acho q nunca meus filhos vão entender, precisar desabafar, conversar, contar novidades, chorar, rir, sentir um simples toque na mão, enfim tudo que um casal faz!!! É muito difícil!! Mas o tempo ñ para, e a gnt tem q viver a vida… É assim que funciona!!!

    • Vera percebo sua dor. Tb sinto falta do meu marido que testemunhava a MINHA VIDA, na verdade testemunhávamos a vida um do outro, seus sonhos, suas realizações,,,, Meu Deus! Saudade absurda! mas os filhos realmente não deixam a gente parar…. a vida continua é assim mesmo, entre a dor e a alegria….

  68. Legal este blog! Tenho 46 anos e estou viuva a 2 anos e 10 meses e é tão difícil decidir pelo recomeço e sentir que estou pronta para isso.

  69. ola amigos gostaria k me ajudassem fzem 5 meses k perdi meu marido 23 anos mais velho k eu tivemos uma vida feliz claro com desentendimentos traioçoes da parte dele mas enfim tivemos duas lindas filhas formamos uma familia linda e em julho de 2015 ele faleceu vinha sofrendo de varias doenças e eu aprendi a perdoar quase muito tarde dei ouvidos a muito fofocas hj tenho remorsos de nao ter curtido ele mais te-lo amado mais apesar de td sabe vivi com rancor por saber das traiçoes mas na convalecencia dele o cuidei bem mas nos momentos de stress raiva a gente fala coisas k nao deveria depois vem o arrependiemnto e as causas . estou vivendo “os porques” e depois da morte dele estou cada dia mais apaixonada sonho muito com ele chor todos os dias desses 5 meses me ajudem por favor

    • Cáudio Freitas

      Oi, Lúcia! Perdi minha esposa em 22 de setembro de 2015, portanto, há uns 100 dias. Sinto tanto a falta dela. Vivíamos em constantes brigas mas nos amávamos muito. Tínhamos também uma vida muito divertida. Engraçado é que, apesar das brigas, combinávamos demais. A cada conflito que superávamos, nossa cumplicidade e apego um pelo outro aumentava. Foram 23 anos juntos. Ela me deixou 2 filhos maravilhosos, um com 17 e outro com 19. Sinto remorso por alguns atos meus e arrependimento por não tê-la tratado melhor. Contudo, Lúcia, se temos fé e acreditamos em justiça divina, os nossos entes queridos que partiram estão muito bem acolhidos. Hoje, mais do que antes, sinto que a trajetória de minha esposa, assim como a do seu marido, não terminou. E quanto às culpas, o que vem me ajudando, é acreditar que não há como mudar o passado. E, ainda que pudéssemos, nossas perdas não seriam mais afetadas por nós. Então, resta-nos viver um dia de cada vez e buscar um novo e produtivo fim, pois, é certo que nesta Terra, nossa passagem também é finita.

      Força e, lembre-se, você fez a sua parte, e o que sua consciência lhe permitiu à época fazer. Ainda temos uma missão a cumprir aqui, que também, é passageira!

      Se quiser conversar mais, meu email é gestao2011@ig.com.br.

      Um grande abraço!

      • Noeli Terezinha da Silva

        Olá Cláudio li seu comentário gostaria de trocar ideias com vc sobre viuvez… Sou viúva a 10 meses de um casamento de 21 anos ou quer dizer quase 22 anos… Tenho duas filhas de 17 e 20 ….meu e-mail

        noeli.silva2010@hotmail.com
        Obrigada

  70. Minha amiga faleceu faz 15 dias, e estou dando uma super força ao viúvo, pois perdi meu irmão há 1 ano e sei o Qto dois, e de repente estamos nos olhando de maneira diferente , existe algum mal nisso? Estou muito confusa pela amiga e pelo q os outros irão dizer, preciso de ajuda!!! Obigada
    Meu WhatsApp 999509846

  71. Regis Duarte

    Sou viúvo, temente o meu Deus, procurando andar nos caminhos e ser perfeito, mas é claro que perfeito somos formados com defeitos como todos. Tenho um coração disposto a entender, perdoar, ouvir, e querendo recomeçar minha vida, confiante nas promessas do Senhor para a minha vida. Sou amável, correto, sonhador, colocando em primeiro lugar em tudo que faço a fidelidade. Procurando ver a vida de uma forma simples. Pois o brilho e a grandeza tem que estar dentro de nós. Amo a vida sou alegre e tenho muitos sonhos. Tenho 52 anos, estou procurando uma mulher que tenha de 40 a 57. Se alguma mulher interessar por mim, envie um e-mail: regis-output@hotmail.com
    Facebook: regis-durte@hotmail.com
    What Sapp: 47-97590572

    • Maria Helena

      olá, gostei do seu depoimento. Estou viuva há 8 meses, não tenho filhos e é exatamente assim que consigo continuar minha vida: acreditando e confiando nas promessas de Deus para mim. Sendo fiel em tudo que faço e vivendo a vida de uma forma simples. Deus abençoe sua busca. Abraço.

  72. Já fui viúva uma vez, e me casei faz 9 anos. Nos últimos dias, estou sonhando toda noite. Que estou me casando, com alguém, mais no sonho eu não gosto da Pessoa.. Hoje a tarde me deu sono, dormi e sonhei de novo, agora estou ficando preocupada. Porque, no meu primeiro casamento, eu sempre sonhava que estava casando De novo. E aconteceu.. Obrigada se puderem me ajudar.

  73. Gostei muito da matéria, me identifiquei. Estou viúva a 4 anos, e ainda não consegui me desvincular do passado, meu esposo era muito presente na minha vida, tanto pessoal como profissional, vivemos juntos 25 anos de amizade e companheirismo, com muitas historias de superações e lutas, ele era cardíaco, já havia feito 5 cirurgias só do coração fora as outras por consequência da doença, só que eramos um casal alegre, a casa sempre cheia de amigos ele cozinhava maravilhosamente bem, e agora tudo acabou, meus filhos cada um foi refazer suas vidas e estou sozinha. Quando ficamos juntos eu tinha apenas 16 anos, era uma criança, estou reaprendendo tudo até mesmo cozinhar rsrs!! O fato de encontrar outra pessoa p/ mim é assustador acho que tenho medo, medo de sofrer, medo de me decepcionar, porque vejo que os homens não todos mas a maioria só querem diversão. Bom coloquei nas mãos de Deus, ele sabe todas as coisas.

  74. socorro reboucas

    olaaa eu estrou aprocura de amor quer seja muito cincero homem 37 a 55 anos para relacionameto muito serio meu whatsapp 84,987926609 e tabem no meu facebook eu espero amor muito cincero para me casar

  75. há nove meses atrás perdi o grande amor da minha vida…em um acidente de carro..fiquei grávida de 7 meses…Era o sonho dele ser pai….Mas esta tão difícil pra mim aceitar a sua partida…tão lindo,cheio de sonhos…Não sei explicar é uma dor incurável…E sinto muito a falta dele…Não sei se vou conseguir driblar essa dor que até agora permanece em mim…porque tu fostes cleyton???

    • Não sou viúva mas me relacionado com um e sem querer vi a sua mensagem, já li sobre aceitação da passagem desse plano para outro e li uma carta psicografada do meu tio que deixou 4 filhas e 1 amada esposa que até hj não consegue se relacionar não sei se VC acredita e não quero te convencer a respeito.
      Na carta com a letra dele, ele pede para a filha e a família não sofrerem por ele que ele está bem e aprendendo muito onde ele está e pediu para não chorarem por ele e pensarem que ele foi apenas viajar.
      Tente não chorar por ele isso faz com que ele sofra, lembre de momentos felizes e ore para ele seguir o caminho dele, estamos aqui de passagem e esse é o caminho que todos faremos um dia, ele não foi assassinado a passagem dele estava escrita.
      Pense que ele foi viajar e um dia irao se reencontrar quando a viagem acabar!
      Fique com Deus e tenha força e fé

    • Sinto muito Iara. Perdi o meu marido também, com infarto. Ele estava viajando e ficou 40 dias fora e infartou na véspera de voltar para nós. me deixou com filho de 2 anos!Em set/2015.

  76. Tenho 23 anos, sou viúva a 3 meses, e estou gravida de 4 meses, ele nao ficou sabendo da gestação, mas era o sonho dele ser pai, foi assassinado em uma festa junina, tudo na minha frente, eu me sinto culpada e incapaz de socializar porque sinto muito medo de tudo, ele era dez anos mais velho que eu, sempre me dava o conselho certo, sempre me orientava e me cuidava, eu to muito perdida e procurando forças de dentro de mim, mas é tao difícil. Eu quero um dia estar bem para encontrar alguma pessoas, mas antes disso preciso aceitar a morte dele e essa gravidez que pra mim não parece mais deslumbrante.

    • Joaquim Bueno

      Sinto muito por vc, tb já tive uma relação estável com uma moça que amei muito e que era 19 anos mais jovem que eu, nos separamos pq ela era bipolar, tive um filho com ela e hj ela me impede de ver meu filho e está num novo relacionamento, entendo sua situação, parecida com a minha , é difícil.

  77. Perdi a minha namorada em agosto de 2014 de repente em um acidente de carro, estávamos juntos a 6 anos e 3 morando juntos, eu tenho 28 e ela tinha 24 anos
    Ainda sofro muito com essa perda, penso nela o dia todo e tudo que fizemos juntos.
    Sou um cara que não gosto de ficar sozinho, quero arrumar alguma companheira, mudei de estado p fazer faculdade e isso ajudou amenizar um pouco esse sofrimento.
    Não consigo arrumar mais ninguém, parece q as mulheres não olham mais pra mim, não sou um cara feio, sempre tive facilidade de arrumar mulheres, mesmo timido do jeito que sou, sinto falta de alguém pra conversar, trocar ideias e compartilhar as coisas do dia dia e ainda mais sozinho em outra cidade .. ta complicado, as vezes bate uma depree e vontade de voltar pra o lugar onde eu morava.

  78. Oi, Miriam! Estou viuvo há 13 dias. De um total de 23 anos juntos, sendo 20 de casados, minha esposa repentinamente passou mal e, o que parecia ser uma coisa boba, má digestão, a levou 3 semanas depois. Ficou no CTI 2 dias,após uma cirurgia. E não resistiu. Temos 2 filhos. Um de 17, outro de 19 anos. Ainda tento assimilar o tamanho da tragédia. Éramos muito apegados. Ela vivia para a família.
    Se puder, vamos nos comunicar pelo email? O meu é gestao2011@ig.com.br. Um forte abraço.

    • ola claudio estava vitando o site e vi seu comentario e senti necessidade de falar algo para voce ,sei que e dificil oque esta passando mais deus esta contigo ele e nosso maior apoio e pode ter certeza que ele estara contigo em todos os momento que deus te der muita forca se precisar conversar vou deixar meu imail cidafix@gmail.com um abraço

  79. Olá bom dia, estou viúva há 1 mês e 8 dias, estou sem chão.
    Tenho dois filhos de 19 e 14 anos,eles estão superando melhor do eu.
    As vezes não quero acreditar que meu esposo partiu,
    foram 20 anos de casamento mais 4 anos e 8 meses de
    namoro e noivado, num total de 24 anos e 8 meses de convivência.
    Parece que você fica viciada na pessoa, e quando ela parte você fica meio maluca.
    Mais vou tentando superar.

    • Raiara também perdi meu esposo a 50 dias tou igual a vc não consigo acreditar pois vivemos 18 anos casados mais 5 de namoro tenho dois filhos um de 18 e uma de 11 ele foi o esposo que qualquer mulher pediu a Deus, amigo, fiel, honesto trabalhador , bom pai, alegre brincalhão, continuei na presença de Deus , sei que Deus tem o melhor pra mim ,mas esta sendo dificil são dias de lutas mas vamos superar. Gostaria de entrar em contato com vc por facebook ou email , abraços boa sorte.

  80. sou viuva a mas de 12 anos, gostaria de arruma um companheiro tenho 58 anos! vivo sozinha,gostaria de arrumar um relacionamento serio !

  81. Eder Daniel

    Eder Daniel, 26 anos, me casei em 2011, fiquei viúvo em 26/12/2014, há 4 dias de meu aniversário (30/12), minha então esposa estava doente, estamos com ela se tratando há 2 anos e infelizmente ocorreu o óbito, não dormi naquela noite nem por um cochilo, o meu sábado foi horrível, meu domingo também, só comecei a melhorar um pouco na terça-feira quando de meu aniversários meus colegas me visitaram em casa levando bolo e presentes e juntos comemoramos meus 26 aninhos como se nada de ruim tivesse acontecido.
    A partir desse fiquei sem rumo, voltei pra casa de meus pais, e saia todos os dias e volta meia-noite, uma hora da manhã de lugar nenhum andava atoa, sem nada nem ninguém, no dia 04/01 saí de casa com alguns amigos da igreja e uma jovem me chamou a atenção e começamos a conversar, algo que eu e ela de tanto tempo juntos na mesma igreja nunca tínhamos feito, no máximo nos cumprimentávamos, fomos embora tudo numa boa conversa de amigos, e pronto e naquela semana conversando pelo celular a pedi em namoro, a verdade é que eu só queria ficar com ela, mas quando fui falar isso, eu não consegui, e a pedi em namoro, e expliquei muito pra ela o que ela poderia sofrer, comentários maldosos, minha própria tristeza, etc, mas ela aceitou, impondo algumas condições, as quais me fez admirá-la mais ainda, estamos juntos até hoje, passamos por muita coisa e nos damos bem, eu particularmente, não sofro mais pelo meu passado, até pq fiz tudo o que eu pude por minha esposa, e faria tudo de novo, mas ela vez ou outra fica cabisbaixa talvez por comentários de pessoas malodosas, que chegaram a dizer que eu e ela já tinhamos caso antes, o que é mentira.
    Entendo que AMAR, é um decisão o sentimento AMOR, só vem depois de tomarmos essa decisão, não tenho dúvida de que amei minha esposa, mas também não dúvida de que estou amando minha futura esposa.
    Obrigado.

    • Bom Dia Eder!

      Achei sua historia linda e como você conseguiu perseverar e vencer e não da ouvidos aos outros. Estou passando por uma situação parecida como a sua, só que estou do lado oposto. Sou a atual namorada, na qual meu namorado que passou a situação de perder uma pessoa que para ele é muito especial. Mas se possível gostaria muito de trocar conselhos com você. Se puder me responder ficaria muito agradecida. Estou sem saber como agir e o que pensar. Me ajuda?

    • Se puder entre em contato no email: raphaelabalbino@hotmail.com

    • Olá !! adorei sua historia, ate pq me identifico muito pois namoro um viuvo e sbe nao sei se é normal, mas sinto ciumes dele com assuntos relacionado a ela e sei que penso ele pensando nela , e acho que sinto mais ciumes ainda pq tivemos um relacionamento antes dela, nao sei ja pensei ate em desistir e ainda ele tem uma fillha

      • Infelizmente não consegui e o relacionamento veio ao termino, eu mesmo dei fim a tudo… Vi que não era a hora dele se relacionar ainda, acho que ele não estava preparado para isso. ele tem que ter uma cura interior. Sua perda foi recente, pois tiveram um relacionamento de 1 ano e 6 meses. e também pegava ele com o pensamento distante e o olhar fixando para o nada. e isso tb me causava ciumes. Amiga eu quero ser FELIZ, desejada , que que pensem em mim. Não nasci para ser escape de ninguém. Ate mesmo porque ele não estava aberto para se relacionar com ninguém, ele queria era ter uma companheira do seu lado somente para dizer que tinha uma e mais nada.

    • ola Eder, to passando pela mesma situação que vc.. viuvo aos 26 + ainda nao estou com ninguem pois minha esposa faleceu faz 1 mes somente, gostaria de trocar uma ideia com vc de como vc superou esta perda e etc.. se possivel! meu email leonardocampelo13@hotmail.com

  82. Adelaine Valéria Gomes Lima

    Bom dia!

    Fiquei viúva a quase dois meses.Após quase dois anos de tratamento contra um câncer no mediastino, meu esposo sucumbiu à doença.Foram anos difíceis.Travamos uma luta acirrada.Temos duas crianças.Um menino de 08 anos e uma menina de 11 anos.Fomos casados por 11 anos, mas entre namoro e casamento, foram 18 anos de relacionamento.Essa fase do luto tem sido angustiante.Sinto-me como se estivesse totalmente despreparada para a vida.Sinto-me como se estivesse compelamente impotente pra resolver questões simples.Já ouvi dizer que essa fase passa.Espero que passe mesmo, pois, se ver paralisada, sem ânimo pra agir, é horrível.Gostei desse site.Lendo os depoimentos consigo enxergar melhor o meu entorno…e consigo encontrar mecanismos de superação para o estou sentido.Abraços

  83. Olá boa noite! Infelizmente meu esposo faleceu a 3 meses, estou gravida e tenho um filho de 6 anos. Eramos muito felizes e já estávamos juntos a 9 anos, nos amávamos muito, tem sido difícil, mas busco forças em Deus porque preciso criar meus filhos. Não desejo e nem me imagino com outra pessoa, eu amo muito meu esposo, sou evangélica e creio no que as escrituras diz….sei que um dia ire vê-lo, anseio por esse dia. Não desejo e nem quero estar com ninguém, não sinto falta de um homem e sim exclusivamente dele.

    • MIRIA GONÇALVES ALBINO

      Rosana Pitanga quando o tempo passar la na frente vc ñ terá mas esse pensamento… veja os comentários de outras pessoas… ñ adiante o tempo passa e agente quer ter um homem ao nosso lado. Abraços minha querida.. Deus te abençoe.. fique na paz do SENHOR.

      Quem quiser conversar comigo.. meu Gmail é mimi.albino53@Gmail.com

  84. Quase dois anos de luta contra o câncer e, agora há um ano, o ano de 2014 marca minha vida com a perda de meu esposo amado. Tenho hoje 40 anos. Solidão e tristeza marcam minhas noites. Um casal de filhos, ambos casados. Sinto do peso da viuvez. Um esteriótipo social. Como se tivéssemos esgotado nossa capacidade para tudo, inclusive para a vida. Um vulto translúcido na multidão é assim que me sinto. Viver só já é difícil, mas a solidão é algo muito dificil de se lidar.

  85. Olá tenho 32 anos e não tenho filhos, casei aos 28 anos e permanece casada por 2 anos e 11 meses, no dia 03/10/14 meu esposo me deixou no trabalho e simplesmente sumiu e ficou sumido por 2 dias e meio, todos os amigos, família procurando quando ele foi achado em lugar deserto, ele havia suicidado, ele sofria de uma depressão muito forte mas nunca pensei que tivesse essa coragem. ,as enfim fiquei muito mal com tudo aquilo pois fiz de tudo para ele sair da depressão. mas passaram se 3 meses comecei a me relacionar com outra pessoa que era amigo nosso , solteiro e mais velho do eu 6 anos. Fui muito criticada pela família dele, por alguns amigos. mas eu só queria que essa face rim passasse rápido.Agora todos aceitaram numa boa. Eu previ rir assim arrumando outra pessoa, não que já havia esquecido, ele era uma pessoa maravilhosa tínhamos muitos planos. mas Deus não quis, agora eu estou com essa pessoa muito feliz e louca para ter um filho. a única coisa que posso dizer para quem esta passando por isso é que isso passa. bjs
    Joyce.

  86. Antonio Alberto

    Eu também perdi a minha esposa há 1 ano e meio. Participávamos da Igreja Católica ativamente, ela como coordenadora e cantora e eu como músico litúrgico. Ela faleceu com 54 anos. Eu, por ser 8 anos mais velho que ela, não esperava que ela fosse antes de mim. Assim é a vida. Agora preciso refazer a minha vida.

    • Estou sozinha na faz um bom tempo, porém penso ter alguém p compartilhar a vida. Acho viver muito bom, se fosse com alguém em que tivesse compatibilidade seria muito melhor. Tenho filhos adultos e as vezes penso que se eu tivesse um companheiro seria ótimo.

    • Olá. Perdi a minha esposa há 8 dias. Temos 2 filhos, um de 19 e outto de 17. A nossa idade era a mesma, 42 anos. Por 23 anos fomos casados. Éramos como carne e unha, apesar de termos muitas brigas, na maioria por culpa minha. Ela sempre tolerante, deixava claro que eu era o amor da vida dela. Único amor. Ela sempre foi muito saudável. De 25 dias até o seu falecimento, ela teve náuseas e dificuldade de fazer suas necessidades. Fomos ao hospital e uma médica somente passou antibiótico para ela. Apesar de eu ter sugerido o que poderia ser o problema dela, obstrução intestinal, a médica discordou. O medicamento mascarou a real situação. Ela faleceu por causa de uma obstrução intestinal. Ficou 2 dias no CTI consciemte e com fé…mas não deu…Estou desorientado. Mistura de remorso, vazio, saudades, desespero…Busco respostas o tempo todo..E consolo. Mas a dor é demais. Ela era minha alma gêmea. De fato, só consigo pensar em minha esposa…e que, por mais óbvio que pareça assimilar e acostumar com a certeza de que nunca mais a verei…pelo menos aqui, comigo e com meus filhos. Meu email é gestao2011@ig.com.br. Um abraço a todos.

      • Olá sou portuguesa, e sem querer vim ter aqui..
        Li várias histórias e é de louvar a força que cada uma das pessoas que se expressa aqui encontra para escrever. Não é facil, acredito. Escolhi a sua para comentar, podia ter sido outra qualquer. Eu não sou viúva mas sou separada.. e com duas crianças pequenas. É ckaro que não é minimamente comoaravel com a morte de um marido ou mulher, pai ou mãe dis nossos filhos. Mas também me custou muito toda a minha situação subretudo porque foi devido a ums traição. Mas consegui dar a volta por cima depois do desespero.. Já passou!
        Ânimo, coragem, tudo passará!!
        “O choro pode durar uma noite inteira mas a alegria vem pela madrugada.”
        Salmos 30:5

        Tudo a correr bem a todos!!
        Abraço

        • Oi, Mônica! Tudo bem? Obrigado por sua mensagem. 100 dias já se passaram da morte de minha mulher. ..Ainda sofro todos os dias. Mas, graças a Deus, meus filhos estão bem. E vc? Sei que a separação também é uma forma de luto. Espero que esteja firme e com fé. Um grande abraço.

      • Carlos Alberto

        Olá Claudio meu nome é Carlos tenho 37 anos ,meus sentimentos amigo eu tbm estou viuvo hoje fazendo 4 meses que perdi minha esposa com 33 anos por um problema semelhante ao da sua esposa,a minha esposa no caso foi uma doença de inflamação no intestino chamada de retocolite ulcerativa com o agaravamento chamado de megacolon toxico que é a perfuração do intestino grosso nisso causando uma infecção muito forte e praticamente irreversivel ainda estou sem entender ate hoje ela tbm era super saudavel não reclamava de nada fazia academia ha quase 3 anos e adoeceu do nada amigo, e com 35 dias apos adoecer repentinamente ela faleceu apos uma cirurgia chamada laparoscopia investigativa sofreu choque septico e veio a obito ,estou recomeçando minha vida aos poucos e recomendo que faça o mesmo amigo pois quanto mais tempo ficamos isolados mais iremos sofrer sei que é muito complicado mas temos que superar amigo eu pq tenho uma filha completanto 12 anos hoje tbm e é por ela que preciso ter forças p viver vou deixar que DEUS me mostre o caminho a seguir daqui p frente um abraço meu amigo e seja forte caso queira conversar pode entrar em contato meu email:carlos_sl100@hotmail.com ou pelo facebook: Carlos Alberto Souza eh so me add la amigo um abraço e força!!!

        • Cáudio Freitas

          Olá, Carlos! Obrigado pelo contato, amigo! Triste demais o que lhe aconteceu, também…

          Os nossos filhos nos impulsionam a seguirmos em frente. Mas, se reerguer após um “nocaute” avassalador, é muito complicado, não é mesmo? É assim que me sinto. Com um agravante: Dor, também, na alma…

          Contudo, vou seguindo na fé. Buscando crer que existe um propósito divino para tudo isso. E que haverá grandes compensações a quem perdemos, pois, eram pessoas super do bem.

          Mandei uma mensagem para o seu email, meu amigo.

          Um grande abraço!

          Cláudio

          • Boa tarde, tenho 39 anos dos quais 22 vivi com a mesma pessoa, meu marido faleceu a quase quatro meses e o vazio em mim parece aumentar a cada dia. Éramos muito unidos a única coisa que fazíamos separados era trabalhar, tínhamos uma sintonia perfeita. Infelizmente um câncer muito agressivo o levou, foi um ano de lutas e de esperanças, espero um dia superar essa dor que me invade.

          • Cáudio Freitas

            Oi, Eliz. Que dor, hem? Ainda não tem 2 meses que minha esposa partiu…vivo um dia de cada vez. Tem dia que estou melhor, tem dia que desaba tudo. O que tem me ajudado são as constantes leituras voltadas à fé e às orações. Tem gente que conforta, tem gente que nos ajuda a desabar. Mas, vamos vivendo. Acredito que nossos entes queridos gostariam que estivéssemos fortes, sem perdermos o foco na nossa evolução, pois, quem sabe um dia nós os reencontraremos?
            Se quiser conversar um pouco, meu email é claudiofreitaspph@gmail.com.
            Um abraço!
            Cláudio

        • Cáudio Freitas

          Olá, Carlos! Obrigado pelo contato, amigo! Triste demais o que lhe aconteceu, também…

          Os nossos filhos nos impulsionam a seguirmos em frente. Mas, se reerguer após um “nocaute” avassalador, é muito complicado, não é mesmo? É assim que me sinto. Com um agravante: Dor, também, na alma…

          Contudo, vou seguindo na fé. Buscando crer que existe um propósito divino para tudo isso. E que haverá grandes compensações a quem perdemos, pois, eram pessoas super do bem.

          Mandei uma mensagem para o seu email, meu amigo.

          Um grande abraço!

    • Vera Santos

      Olá Antônio Alberto,
      Também ha dois anos estou viúva e sou de família católica. Tenho atualmente 57 anos e também gostaria de me comunicar com alguém pra tentar refazer a minha vida. Podemos ser amigos?

  87. Fernando Pereira

    Tenho 24 anos, fui casado a 1 ano e 5 meses, mais já estávamos juntos a 5 anos, uma mulher perfeita, estava esperando meu primeiro filho..
    Ela tinha 20 anos, mais de uma maturidade enorme.. Fazem 15 dias que ela se foi junto com meu neném por conta de uma Pneumonia.
    Esta sendo muito dificel passar por essa fase e vim até aqui procurar pessoas que com seus relatos de superação venha me ajudar, pois esta muito complicado de passar por isso.
    Se alguém quiser conversa eu agradeço..
    meu email é. l2alpha1990@gmail.com
    Sou de Brasilia-DF

    • ola fernando vi seu relato e quero te dizer que posso imaginar o quanto esta sendo dificíl para voce mais pode ter certeza de uma coisa que não esta só pois deus esta contigo ele não nos abandona nunca se quiser conversar meu imail e cidafix@gamail.com tenho 52 anos e podemos ser amigo sei que nessa hora e sempre bom ter amigos bjs

  88. Muito obrigado por este site.

  89. ola, bom dia á todos. Sou viúva á 1 ano e 3 meses, obrigado por partilharem as suas alegrias e tristezas. Meu querido esposo que morreu de Câncer no Brasil,era um amor de pai e um marido fenomenal. Sou de Angola e vivemos por 19 anos e tivemos 3 filhos.neste momento tenho 37 anos. O período de luto ainda não foi superado e não tenho a certeza se será algum dia. Quando ele fez 1 ano em Maio de 2015,entei num site de relacionamentos por correspondência e conheci alguém mais velho de 56 anos. Nos relacionamos por 2 meses via email e skipes e marcamos de nos ver pessoalmente. Falávamos de tudo e tanto ele ,como eu sabíamos de mais da vida de cada. Tivemos afinidades, no 3ª encontro fomos pra cama, não senti remorsos nem culpa. Alias me senti viva e feliz por sentir tesão e alguém me querer. Depois deste dia não sei o que quero e terminei tudo com ele. Sinto saudades dos nossos papos e da intimidade partilhada mas, sei que acabou ,não tenho coragem de assumi-lo perante a sociedade e a família, porque aqui a cultura africana não vê com bons olhos este comportamento numa viúva.

  90. Sou viúva a 15 anos e aina hoje sinto saudade meu marido!Ele era meu rei e eu sua rainha!

  91. Yasmim Cristina

    Oi..! Perdi meu marido a 7 meses, está realmente mto difícil a perda dele… Não éramos casados no papel mais já morávamos juntos a 2 anos e namorávamos a 3… Ele tinha apenas 21 anos.. Faleceu em um acidente de Moto… Tbm tenho 21… Mais ta tão complicado… Pois ele era realmente tudo para mim… Voltei a mora com meus pais… Mais msm assim me sinto mto só.. E tenho medo de pensar, sei lá, em encontrar outra pessoa… Pois sei que jamais ninguém vai ser como ele foi para mim… Mais tbm tenho medo de não encontrar de novo um amor tão lindo assim como vivi com meu falecido…

    • Fernando Pereira

      Ola Yasmim, Tenho 24 anos e perdi a minha esposa a alguns dias, estou procurando alguém que passou pelo mesmo, para que possa conversar ta sendo muito complicado pra mim, e parece que ninguém intende o que estou sentindo..
      Talvez por ter tido uma perda e ser mais nova você entenda juntamente comigo e me ajude..
      Se puder me manda um email?
      l2alpha1990@gmail.com
      Meu nome é Fernando e sou de Brasilia DF
      Obrigado

    • Yasmin! Perdi minha noiva em maio do ano passado, saí para trabalhar, e ela ficou em casa, e nos falamos as 13:00 normalmente, já íamos dar entrada nos papéis para nosso casamento, porém as 13:40, meu cunhado (irmão dela), me liga dizendo que ela passou mal, eu não imaginava que fosse tão sério, mas quando cheguei ao hospital, ela já havia me deixado, nos conhecíamos a 8 meses e morávamos juntos a 3 meses, já me disseram que eu tenho que parar de pensar, parar de frequentar a casa de meus sogros (pais dela), pois morávamos com eles e tudo me lembrará ela. Mas não consigo, já conheci 3 pessoas, mas nada que mexa de verdade comigo, tenho 34 anos e ela tinha 27, uma mulher diferente do que eu havia conhecido, trabalhadora, esforçada, era o que eu queria, mas Deus não quis, mas o tempo que vivemos juntos foi maravilhoso e talvez isso outra mulher não venha a entender. Boa sorte e só Deus para nos ajudar!

  92. dorinha damasceno

    Sou viuva gostaria de encontra uma pessoa pra converca e quem sabe um dia termos um relacionamento

  93. Olá,meu nome é Jovane tenho 45 anos moro em Magé (RJ),tenho uma filha de 8 anos que mora comigo,sou viúvo e não me adapto viver sozinho,quero me corresponder com mulheres de 30 a 45 anos que como eu desejam uma pessoa para compartilhar o dia a dia. prof.aux de dp. jov1969sejafeliz@gmail.com

    • Vera souza

      Oi jeovane meu nome e vera sou viuva tenho 45 anos se quiser conversar faser amizade desabafar meu watss 49 99567895 bjss Deus abensoe vc e sua filha.

  94. Gente se alguém quiser trocar ideias conversar pode me adicionar email: chambo_@Hotmail.com responderei com maior prazer adoro conversar trocar ideias conhecer gente nova!!!!

  95. Boa noite gente, achei interessante este site também e por acaso o encontrei também sou viúva, hoje tenho 40 anos de idade, fiquei viúva quando tinha 26 anos de idade, não é fácil passei por muitas coisas sozinha, a sociedade vira a cara para mulheres viúvas jovens, os casais que frequentavam minha casa me viraram a cara, por eu ter ficado viúva jovem, e com alguns atributos, mas so quem passa por isso sabe que não é fácil, tenho duas filhas, hoje moro com elas, neste tempo namorei um rapaz quase se casamos mas não deu muito certo, vivo só com as garotas, hoje tenho uma vida estável mas já passei por poucas e boas por não ter um marido, neste tempo pude concluir dois cursos superiores sou pedagoga e este ano me formei em Administração Publica, amo estudar e continuo estudando terminando minha pós-graduação. Casar de novo penso; quem sabe não encontro alguém para compartilhar minha vida, sinto falta de chegar em casa e encontrar alguém me esperando, para conversar de como foi o dia fazer planos para o final de semana desta parte sinto falta, compartilhar a vida com alguém é bom. Desejo tudo de bom para todos vocês aqui deste site. Felicidades a todos!!!!!

  96. Bruno martins

    Em que anos os homens começarám a ter direito a viuves?

  97. Oi Luiz boa tarde…olha fiquei viuva quando fiz 33 anos ,hj tenho 38 e moro com um rapaz nove anos mais novo do que eu solteiro e sem filho mas eu tenho um casal de filhos uma de 20 e outro de 14 no início minha vida era um verdadeiro inferno pq minha mais velha n aceitava meu novo marido mas fiu orando e o tempo foi passando hj eles se aturam..rsrs sinto meu marido encomodado mas poxa..eles são meus filhos..só acho que ele pecou em n conquistar eles junto comigo…conquiste sua enteada e peça a sua companheira para fazer o mesmo…Tudo de bom Deus abençoe sua vida!

  98. Silvana, boa tarde. Sei bem como você se sente. Você tem dois filhos, um de 21 e outro de 17 anos, é a grande prova de que seu esposo continua. Esse momento que parece um pesadelo, passa. Hoje compreendi que temos realmente que aceitar o luto e vivê-lo. Faz parte do nosso crescimento e evolução enquanto seres humanos. Dia 29/06/2015 completará um ano de falecimento do meu esposo. As minhas lágrimas se transformaram em saudade e terna alegria, pois saber que valeu apena tudo o que vivemos juntos, me dá força para continuar. Ainda caminho devagar, mas retomei os planos que fizemos juntos e os estou querendo colocar em prática, mas agora somente eu e meu filho. Estou sentindo uma paz muito grande. Você também vai se sentir assim, aceite tudo o que estiver sentindo; se permita chorar, sentir-se frágil, perdida… faz parte. Mas acredite e tenha fé que depois de tudo isso você vai sentir a mesma paz que estou sentindo hoje e se redescobrir. Vai fazer coisas ótimas, vai descobrir qualidades e capacidades que não imaginava possuir. Troço por você. se quiser conversar comigo mande msg para o meu e-mail barbararoque@oi.com.br

  99. Stela nibia Magalhães

    Tenho 54 anos estou a 5 anos só desde que meu companheiro faleceu sou católica ptaticante

    • Jorge Galvao

      Olá! Que chato ne?!!
      Se quiser pode me chamar no e-mail, adoro conversar.
      Abracos carinhosos!

      • Jorge Galvao

        Oi Sandra! Não conhecia o site, achei legal! Se quiser conversar fala que passo meu e-mail.
        Zap (21)98053-1769
        Abracos!

    • Antonio Alberto

      Como esse mundo é estranho ! Há exatamente 1 ano e meio perdi minha esposa, católica praticante, assim como você. Ela tinha 54 anos. Sou oito anos mais velho do que ela e acreditava que iria primeiro mas as coisas não acontecem nessa ordem. Sinto muita falta do companheirismo dela. Fazíamos parte da equipe de canto da comunidade. Ela cantava muito bem e eu tocava o violão. Ainda toco violão na comunidade mas sinto falta dela.

    • Antonio Alberto

      Estou viúvo há 1 ano e meio. Quando minha esposa faleceu tinha a sua idade. Sou 8 anos mais velho que ela. Ela era católica praticante e eu também através do ministério da música. Sou violonista e ela cantava comigo nas missas e celebrações. Hoje estou fazendo esse trabalho sozinho. Graças ao bom Deus já superei a dor da perda agora só sinto saudades. Mas a solidão é que é o problema.

  100. MEUS SENTIMENTOS AOS QUE PERDERAM SEUS ENTES QUERIDOS!! DESEJO DE CORAÇÃO QUE ENCONTREM A PAZ E A FELICIDADE NOVAMENTE…MERECE

  101. Inês de souza

    Nossa!!… Pq VC mente desse geito sua esposa faleceu dia 13 de janeiro…e VC diz ser viuvo à 4 meses…q falta de respeito…dizer q fui apaixonada por um mentiroso feito VC…

  102. Olha, eu conheci minha noiva a menos de um ano e estávamos nos preparando para nos casarmos no civil no mês de Junho agora, tudo certo, porém ela foi embora de repente, dentro de casa, estávamos morando com os pais dela a pouco mais de 3 meses. Olha eu nunca imaginei isso, ela com 27 anos e eu com 33 anos nos preparando para casarmos, mas Deus quis assim, só entenderei o porque realmente quando chegar a minha vez, pois até lá não entenderei. Como dar a volta por cima? As vezes não acredito pois falei com ela por telefone normalmente estando em casa as 13:20 e as 15:00 já havia tido uma morte súbita. Só quem passa por isso sabe, hoje fazem 17 dias e não sei como agir ainda, está tudo muito confuso.

    • Olá Chagas, sei muito bem o que está passando. Perdi meu esposo vai fazer 10 meses, vítima de uma leucemia. Foi pro hospital dirigindo e não saiu mais. 50 dias de sofrimento. Tínhamos a esperança que se curasse, tinha a irmã como doadora compatível, mas Deus não quis que ele ficasse entre nós. Estou tentando reconstruir minha vida. Tenho um filho de 6 anos e moro em uma cidade que não tenho parentes. Vc vai conseguir superar, o tempo ajuda muito e principalmente Deus no coração. Abraços

    • Oi Chagas perdi meu esposo no qual fui casada por 2 anos e 4 meses ele faleceu dua 07/07 tem pouco mais de um mês, não é fácil eu tenho apenas 23 anos e ele ccompletaria 26 esse mês infelizmente não o verei nunca mais,a morte e a única coisa que não tem solução, mas Deus não nos da um fardo pior do que possamos carregar,tenha fe em Deus meu amigo e segure as pontas que Deus e grande e vamos sair dessa, me chamo Katharina e perdi meu Kaio em um acidente de carro

      • Pois é Katharina, só entenderemos quando estivermos do outro lado, eu nunca imaginei que isso aconteceria comigo, já vi dois casos de jovens meninas de seus 20 anos que perderam seus noivos, porém nunca imaginei que viveria essa situação. Amanhã completará 9 meses que minha noiva se foi, as vezes ainda bate assim um desespero, uma vontade de não acreditar que aquilo realmente aconteceu, mas infelizmente aconteceu e não tem mais jeito, o que sinto por ela vai ser sempre dela, ela ficará no meu coração, nas minhas lembranças, isso não posso apagar, a tristeza será amenizada, mas nunca curada, não sei se terei outra pessoa, conheci três, mas nenhuma que fizesse a diferença, que me fizesse realmente ter um relacionamento de casar de ter filhos, como eu tinha com ela. Espero que esteja menos ruim. Boa tarde!

    • Oi nossa eu nunca,passei por isto e nem quero pois só me separei

  103. ola tenho 27 anos vai fazer 1 mês que minha esposa faleceu e tivemos um filho de 1 anos e 2 meses ainda sinto muito a falta dela porém não moro sozinho e sim com minha mãe que ja morava junto com a gente… foram 7 anos pois foi ela que me escolheu era uma companheira sempre se preocupou comigo e sempre dei valor a ela… aonde eu ia ela estava não importa se era de moto carro ou a pé… vivia grudada em mim e eu gostava eu amava muito isso… mais um acidente de carro comigo ela se foi e eu fiquei… ainda não entendo o pq pois sinto sozinho e vazio… sou de maringa/pr

  104. gostaria de ter um companheiro,sou viuva a 5anos e aresolvi dar um recomeço na minha vida namorar ,passear conversa e se tudo de certo podemos ser feliz na melhor idade se vc pensa assim vamos conversa 0119662410 abraços CRIS SOU NEGRA FOFINHA feliz SO FALTA VC PRA COMPLETAR

  105. Oi pra todos que estejas tudo bem com todos

  106. gleidson marins

    Sou viuvo tenho 36 e vc ? o meu zap 21991390185

  107. Bom dia á todos

  108. Oi mudei meu email sandraruiva99@gmail.com a e meu zap tambem 11 942621371

  109. mauricio de melo silva

    ola bom dia adoraria conhecer uma mulher livre desempedida viuva ou sozinha pra um futuro relacionamento aguardo contato bjssss

    • Pena que nao sou sozinha tenho filhos mauricio tu tens filhos e moras onde

    • RENATA PROENÇA

      TENHO 53 ANOS FIQUEI VIUVA A 7 MESES, GOSTARIA MUITO DE ME RELACIONAR COM
      UM HOMEM DE MESMA IDADE OU POUCO MAIS VELHO.

      QUERO CONSTRUIR UMA FAMILIA, NÃO TENHO FILHOS.

      SOU MUITO VAIDOSA, GOSTO MUITO DE ESTA SEMPRE BEM ARRUMADA.

      SOU MUITO COMUNICATIVA, TODO MUNDO FALAR QUE EU SOU MUITO CARISMATICA.

    • Sou viúva a um ano e três meses

  110. Perdi minha mãe há 2 meses, quase 3 e meu pai já apareceu com uma nova namorada. Eu o apoio, dou força inclusive para a senhora ir morar com ele em casa… mas por dentro tenho sentimentos confusos… acho tudo muito precipitado, não consigo me alegrar em vê-lo feliz. Foram quase 60 anos de união…. e agora que minha mãe se foi.. outra já “entrou no lugar”, tenho 35 anos, não sou mais adolescente, mas na prática, ainda está tudo muito confuso pra mim…

    • Oi Sofia,
      é bom encontrar alguém que está passando por uma situação semelhante. Minha mãe faleceu há 7 meses e meu pai está com uma nova “namorada” há um mês mais ou menos acho, foram mais de 30 anos de casados também. Não entendo isso, acho precipitado, simplesmente é um sentimento indescritível imaginá-lo com outra mulher, sendo que eu ainda nem superei a morte da minha mãe. Se quiser, adoraria conversar..

  111. Sou viúva há 1 ano e 2 meses, após um casamento de 22 anos fomos separados por um acidente de transito e o que tenho a dizer a todos é que realmente a viúves é um momento em que a dor supera qualquer esperança que possamos ter no futuro, mas não vale a pena se fechar para o mundo, não adianta ficar em cima da cama lamentando e chorando, nada que vc fizer trará a pessoa de volta… E lembre-se teremos todos o mesmo destino, a vida passa rápido demais para perder tempo se lamentando, agradeça a Deus o tempo que lhe foi permitido ter esse amor em sua vida. Viva intensamente, se possível apaixone-se novamente (claro que com os pés no chão), viva intensamente, pois ontem foi ele e não sei se amanha será eu, bora ser feliz porque a tempo não para… e a vida continua…

  112. Idossania Nunes bianchi

    Preciso de namorar

  113. Boa noite!

    Sou viúva á 2 anos, consegui superar minhas dificuldades apegando-se a Deus e fazendo trabalhos voluntarios em hospitais,asilos, orfanatos. Levo alegria a quem precisa é uma grande troca de felicidade! Gostaria de conhecer alguém especial em minha vida.Sou uma pessoa alegre, extrovertida e de bem com a vida.Pois temos que viver o melhor possivel hoje…pois o amanhã a Deus pertence….assim cada dia um dia para sermos melhores.

  114. wilma soares

    Meu nome é Wilma , tenho 52 anos, sou viúva a 13 anos, tenho minha fonte de renda, tenho um filho —-casado e outro com 17 anos, o qual mora comigo.
    Gostaria de me corresponder com homens acima de 48 anos até 63 mais ou menos, que tenha uma uma —
    vida cristã frequente ou que me acompanhe nas minhas atividades da igreja, preferencia que não beba., ou vício nenhum.

    • Regis Duarte

      Sou viúvo, temente o meu Deus, procurando andar nos caminhos e ser perfeito, mas é claro que perfeito somos formados com defeitos como todos. Tenho um coração disposto a entender, perdoar, ouvir, e querendo recomeçar minha vida, confiante nas promessas do Senhor para a minha vida. Sou amável, correto, sonhador, colocando em primeiro lugar em tudo que faço a fidelidade. Procurando ver a vida de uma forma simples. Pois o brilho e a grandeza tem que estar dentro de nós. Amo a vida sou alegre e tenho muitos sonhos. Tenho 52 anos, estou procurando uma mulher que tenha de 40 a 57. Se alguma mulher interessar por mim, envie um e-mail: regis-output@hotmail.com
      Facebook: regis-durte@hotmail.com
      What Sapp: 47-97590572

  115. vanessa brito

    Ola boa tarde sou viúva a 3anos me sinto muito sozinha tenho um filho maravilhoso de 10 anos q me ajuda muito..sinto muita falta do meu esposo que faleceu de câncer aos 33 anos sei. tenho q seguir em frente q a vida continua mais e difícil se relacionar novamente as pessoas cobram demais para arrumar um namorado mais nao entendem a gente.

  116. Eu sempre disse que se ficasse viuva nao iria mais querer ninguem.mas me sinto jovem.E vejo que o meu coraçao esta programado para amar.E nao pra ficar vazio do geito que ele esta.Me sinto so no meio de toda mundo.Percebo que todo mundo tem alguem menos eu.Entao resolvi procurar alguem q como eu quer amar tambem.

  117. Fiquei viúvo em 2012 e tinha 39 anos, meu filho único 12 anos e muito apegado a Mãe. Foi difícil vivenciar o retiro dela em nossas vidas, mas na condição de criar sozinho este menino, consegui reunir forças e seguir adiante. Sei que não é fácil encarar uma perda dessas, mas viemos para este mundo para enfrentar os nossos problemas sozinhos, cada pessoa é dona de si, tem seus sonhos, objetivos, desejos, frustrações e capacidades. Se você está sofrendo por estar sozinho ou sozinha, foque nos seus desejos pessoais, naqueles que ninguém participa, só você!! Aproveite apenas as boas lembranças deste passado, não transforme a viuvês apenas em tristeza, lembre do que aprendeu com essa pessoa, dos momentos bons, dos objetivos alcançados mas se liberte para continuar seu caminho, porque só você é dono da “sua vida”. Encontre alguém, sinta de novo a sensação de beijar pela primeira vez, se produza, compre roupas novas, um carro melhor, faça algo fora do seu horário, quebre seus paradigmas, porque a vida passa rápido e a velhice quando chega, trás limites que vão dificultar muitas coisas. Estamos em um momento bom, que as pessoas não tem mais tanto preconceito, que estão aproveitando melhor suas vidas, então aproveite. Se cuide, se alimente direito, durma bem, vá para lugares que sempre desejou mais não pode ir, faça sexo (com segurança) porque orgasmo faz bem a saúde, se for muito tímida ou tímido, entre na internet e veja uns filmes mais picantes, se masturbe, use a imaginação, a vida é sua aproveite!!! Seja feliz, só você poderá fazer isso por ti! São seus pensamentos que fazem seu dia ser bom ou ruim. Acorda pra vida. boa sorte!!!!!!

    • Gostei deste comentario amei amei muito boa sorte pra ti guri

    • Vera souza

      Oi tud bem sou lageana meu watss 99567895 se quiser conversat .sou viuva tenho 45 dois filhos uma ja casada moro com meu filho .

  118. marlenecristovao

    sou viuva, tenho 56 anos, se algum homem de 53 anos acima se interessar em me conhecer, me mande mensagem no e-mail.

  119. JONAS SALVIANO

    Gostei do site, muitas gistorias parecidas, e muitas lutas e saudades, eu sou viuvo a 2 meses, vivia pra minha esposa assim como ela vivia pra mim eramos muito feliz até que veio a morte e nos separou, as primeiras semanas foram muito dificil pra mim, pois noro sozinha não tinhamos filhos fazia 1 ano que haviamos casdos.
    Mas hoje já estou bem melhor consigo me divertir sorrir, tentando ajeitar uma jornada da vida. Em uma rede social conheci uma garota que me chamou atenção apesar de toda minha dor e sofrimento, então marcamos o nos econtramos, conversamos bastante ela é um amor de pessoa, então rolou meu primeiro beijo, apos a partida da minha esposa, na hora me senti bem depois me senti um pouco vazio sem saber o que esta acontecendo direito comigo, mas gostei da gorota e estamos conversando.
    Na historia toda fico triste pois tem pessoas me criticando, pelo fato de esta recente e eu já esta ficando com outra, mas eu conheci uma pessoa legal que me dar apoio me ajuda me aconselha, então estou me sentindo bem ao lado dela, mas quando vejo alguem criticar bate a tristeza, penso que estou fazendo algo de errado.

    • Jonas, a sua história se parece com a minha. Eu perdi a minha esposa a quase um ano. Não fio fácil, ela estava doente e se foi derrepente. Foi muita dor e te confesso que ainda doí. Eu mesmo tentei me matar nos dois meses seguintes. Estávamos juntos a 13 anos e tudo que construí foi com ela. Quando eu resolvi dar um novo começo na minha vida eu conheci uma moça com quem estou saindo e sofri muito, mas muito preconceito como se eu fosse culpado por tudo. Os casais que costumavam frequentar a nossa casa não vão mais lá, algumas amizades eu sinto que perdi, mas essa pessoa com estou saindo tem se mostrado muito amadurecida e entende a situação. Engraçado que as mesmas pessoas que hoje não vão em minha casa são as mesmas que não estavam na minha casa para saber o que eu passei, portanto amigo viva sua vida e esqueça quem não te agrega nada.

  120. JONAS SALVIANO

    Muito bom o site.

  121. JONAS SALVIANO

    Encontrei esse site por acaso e gostei muito das historias tudo muito parecidas mas cada uma com suas particularidades, estou viuvo a 2 meses, nas primeiras semanas foi muito dificil, as vezes sinto algumas coisas que não sei explicar, moro sozinho e não tenho filhos, e em conversas com nas redes sociais uma garota me chamou atenção então começamos a conversar e rolou um beijo, sou muito carinhoso e amoroso gosto de dar amor, me sinto solitario então ela preenche boa parte desta solidão. Mas, nós enfrentamos muitas criticas da familia por esta a tão pouco tempo do acontecido, mas as vezes não mandamos no nosso coração e de repente ele desperta para alguém, tenho fortes lembraças da minha esposa, penso nela todo dia isso nunca vai sair de mim, mas estou gostando desta nova garota, uma excelente pessoa que apoia nas horas que preciso e me aconselha.

  122. Olá pessoal. Muito interessante este site. A gente acaba encontrando um pouco de conforto nas experiências dos outros, e percebendo que a realidade não é diferente para ninguém.Perder alguém não é fácil. Vivemos entrelaçados a uma pessoa durante tanto tempo…e quando uma das ´partes recebe o chamado de Deus…, ficamos sem chão… precisamos redescobrir a nossa identidade. Mas isso é importante para o nosso crescimento… acabamos descobrindo habilidades que não sabíamos que tínhamos… que somos capazes de continuar, apesar de lentamente. Abraços para todos. Barbara

  123. Boa tarde. Achei interessante o site. Na verdade procuro um pouco de conforto nas experiências dos outros. Tenho 44 anos, um filho de 12 anos, e estou viúva há 09 meses. Foi muito difícil para nós, pois apesar de ser a única certeza da vida, foi de uma forma inesperada. Meu esposo era cheio de vida, bem disposto, muito alegre; um ótimo marido e pai. Ele fazia tudo por nós. Perdemos o chão com a morte dele. Hoje estamos melhor, mais ainda é difícil. temporariamente fui para a casa de minha mãe. Estou retomando a vida. Não penso em me relacionar com ninguém, afinal está tudo muito recente. Estou me redescobrindo. Mas penso que quem decidiu viver um novo amor, deve acreditar que vai ser bom. A maturidade faz sermos mais racionais, por isso não se deve idealizar, mas apenas viver os momentos bons, e esperar que Deus dê destino à nossa vida. Afinal, fizemos planos com nossos cônjuges… Mas não aconteceu como queríamos. mas podemos ter a certeza de que o que foi, foi o melhor.

    • Boa tarde, o relato da Bárbara me trouxe um pouco de conforto , que é o que procuro no momento, me identifiquei com suas palavras. Tenho 54 anos , dois filhos, um de 21 e 17 anos, perdi meu marido fazem 3 meses e ainda me sinto sem chão. Tenho meu trabalho , mas parece que só o corpo reage a mente esta longe. Espero que essa sensação passe um dia. Meu marido era um pai e marido presente que amava intensamente sua família. Vivíamos uma felicidade que não tem tamanho de explicar. Viajávamos muito e fazíamos muitos planos . Parece que estou dentro de um pesadelo, muito ruim essa sensação. Espero um dia pensar como voce Barbara, me pareceu que esta mais conformada.
      grande abraço

  124. cristina g da vieira

    estou viuvá a 2 anos estou namorando mais pareço nao gosta do namorado não me entrego acho que tudo e mais importante que ele nunca quero namorar ando muito casada casa trabalho duas filhas .mais sei que preciso de alguém do meu lado ele gosta dimais de mim isso me faz afasta mais ainda dele se declara dimais e muito pegajoso eu as vezes quero as vezes não gosto nem do cheiro preciso de ajuda termino ou sera que vou aprender a gosta dele

    • MIRIA GONÇALVES ALBINO

      Cristina G. da Silva a BÍBLIA diz e é bem certo a dúvida é como as ondas do mar.. vai pra lá vem pra cá.. então significa na dúvida ñ ultrapasse!!!

  125. Tenho 22 anos e sou viuva a 1 ano e meio, ainda é difícil pra mim sair de casa, lidar com essa situação é muito difícil quem quiser conversar me mande um email

    • Olha, eu conheci minha noiva a menos de um ano e estávamos nos preparando para nos casarmos no civil no mês de Junho agora, tudo certo, porém ela foi embora de repente, dentro de casa, estávamos morando com os pais dela a pouco mais de 3 meses. Olha eu nunca imaginei isso, ela com 27 anos e eu com 33 anos nos preparando para casarmos, mas Deus quis assim, só entenderei o porque realmente quando chegar a minha vez, pois até lá não entenderei.

      • aline santos

        A dor da perda é muito difícil…perdir meu esposo há 1 ano e 8 meses,vítima de vários erros e negligência médica. Tive com ele os melhores momentos da minha vida e únicos que somente entre nós dois ficou e como fruto desse amor tivemos nossa princesinha. Ficar viúva aos 27 anos jamais poderia passar pela minha cabeça. Me vi sozinha,perdida,sem amparo e com uma criança de 3 anos para cuidar. Estava terminando a faculdade,foi duro demais,matei um leão por dia pra seguir em frente. Hj passado esse tempo me sinto mais forte,porém tenho momentos de revolta,agressividade. Odeio falar da minha vida pessoal,pois as pessoas sempre ficam com dó como se eu fosse uma coitada. Me tornei uma pessoa amargurada,fria,ressentida,descofiada. Me encomoda quando percebo que alguém está querendo se aproximar de mim. Sinto como se a pessoa quisesse tomar o lugar do meu marido. As vezes penso que sou muito jovem pra viver só,e que preciso de alguém que caiba nos meus sonhos,pois acho que mereço. Mais ao mesmo tempo tenho certo receio de ter uma nova perda. Me sinto só,e com um peso enorme nas costas de cuidar da minha filha só. Sou uma pessoa muito reservada,prefiro sofrer em silêncio. ..muitas pessoas acham que eu superei,que estou muito bem. Mal eles sabem que tudo é só um disfarce,pra mascarar minhas frustrações. Me sinto vazia,as vezes meio sem rumo. Eu casei com o homem dos meus sonhos ,tive um casamento muito sólido e feliz e não sei se ainda tenho capacidade de amar alguém de novo. Sinto que vou carregar esse sentimento comigo para o resto da minha vida. Queria abrir meu coração de novo,mais não sei se consigo.

        • Olá, te entendo perfeitamente, tenho 36 e faz 1 ano e 4 meses que o homem da minha vida se foi,,,me sinto sem chão, mas também me mascaro bem, só que no fundo somente eu e Deus sabemos como estou

        • Olá Aline Santos. Acredite apenas na força do amor. Ame, ame e acredite muitos passaram por esse caminho e achavam que também não iriam conseguir superar a perda. Mas conseguiram pois somos programados para amar. Ame sua, familia, seus amigos ame a vc mesma. Vc verá que tem mais força do que imagina e no tempo certo se sentirá capaz de ser feliz novamente com outra pessoa. “o amor tudo crer, tudo suporta, tudo espera”.

        • Aline, perdi minha esposa há somente 8 dias. A sua historia se identifica com a minha em função dos erros e da negligência médica. Se não fosse isso, minha esposa estaria aqui hj. Há 3 semanas ela passou mal, com má digestão. Mas estava ótima. Animada, como sempre. Ela era o meu chão. Temos 42 anos. Tenho receio do que vou enfrentar pela frente, de como serei…Temos 2 filhos, um de 17 e outro de 19. O curioso é que parece que eles estão lidando melhor do que eu…Foram 23 anos de casamento em que ela me ensinou a ser uma pessoa melhor.
          Pelo q vc disse já são quase 2 anos de sua perda…e vc sofre demais, não se reencontrou ainda…Isso que vivemos é coisa de louco…Se possível, eu gostaria de saber como vc lidou com sua situação nos últimos meses. Meu email é claudiofreitaspph@gmai.com. Um abraço a todos!

    • Oi.. eu sou viuva a dois messes.. e se quiser conversa manda um email pra mim..eu gostaria mto.d.conversa cm alguem q me entende e achl q vc tbm .. Liliane__14@hotmail.com

  126. Olá, há 01 mês e meio me relaciono com um rapaz que ficou viúvo a 05 meses. Nos conhecemos a alguns anos, mas depois que ele ficou viúvo nos olhamos de forma diferente, tem sido muito bom e estamos vivendo bons momentos juntos. Porém tem momentos que ele diz sentir algo que não consegue explicar, ainda sente falta, mas diz estar gostando muito de mim e quer que vamos em frente. Ele não tem filhos e isso acaba facilitando. Acham que devo ter força, não ter medo e ir em frente?

    • Oi,o seu caso e parecido com o meu.so que nao sai com a pessoa ou seja nao me relaçionei com ele.por medo tipo pra mim vou ta traindo meu falecido marido.pous estou viuva a 22/04/15 vai fazer 4 meses.e um amigo da familia tbm ficou viuvo.e ficamos muito proximos por isso.ele me chamou pra sair so q eu to com medo do q vao dizer ,q esta recente.e pra mim eu vou estar traindo o meu marido.to variad noites sem pregar o olho

      • Amiga o meu caso eh o msm Acho q ate pior pois Não Tem nem 1mes q o meu marido morreu e um amigo nosso Tem me dado tanta atençao q eu Acho q estou apaixonada Não sei se ele percebeu. Estou confusa com medo e vergonha de mim msm pois nunca me imaginaria numa situaçao dessa. Uma amiga me faloi q eh carencia. Estou lutando com todas as minhas forças contra esse sentimento.

  127. daniele s c costa

    Em 08/12/2014,minha vida se trasformou de dias alegres em dias horriveis…meu marido faleceu repentinamente,de manha eu era a mulher mas feliz desse mundo e a tarde a mas infelis…vivemos amor de infancia,adolescentes,e adultos total de 14 anos de companheirismo e o pior deus nos deu nossa filha na mesma data de aniversario dele(07/02) e esse ano seria a festa dos sonhos nossa princesa completou 4 anos e ele completaria 31…nao consigo entender o porque deus nao nos permitiu esses mometos maravilhosos e o levou,estou sem chao,sem força pra continuar…minha vida acabou…viverei de aparencia pela minha filha nao sei se serei capaz de educa-la daqui pra frente,pois eu tambem morri…e so por ela sorrirei de vez enquanto e ficarei esperando chegar o meu dia tambem,procurando exemplos de superaçao foi q cheguei ate aqui,estou tentando descobrir como superar e se existe maneira pra isso…

    • Olá Daniele. Quando passamos por situações como a que vc passou, é normal achar que a nossa existência perde sentido, porque a tristeza toma conta. Ainda bem que vc tem uma uma filha, e ela te dará o que vc precisa pra continuar. O tempo e a sua dedicação à ela vai consertar tudo. Tenha paciência e jamais perca a sua fé. Um dia todos iremos embora, e deixaremos pessoas que nos amam tristes também. Então, seja forte sim, pelo fruto do seu amor, que tem um pouco dele e de vc tbm.Força.

    • Olá…Há seis meses meu esposo também me deixou de repente. Me sinto como vc…pela manhã eu estava feliz e a noite minha vida se transformou em uma tortura. Tenho vivido um dia de cada vez e lutando para continuar pela minha filha de 7 anos. Tenho 35 anos. Se quiser compartilhar mãos sua experiência para quem sabe a gente se ajudar meu email é lainica@hotmail.com
      Elaine..

  128. JUCILENE DOS SANTOS ROVINA

    Estou viuva há 10 meses, adorei encontrar casos parecidos, pois estou achando a viuvez muito dura, no começo fiquei muito revoltada,meu marido faleceu de repente aos 55 anos, foi um infarto fulminante de menos de 5 minutos, morreu nos meus braços. Estavamos na melhor fase de nosso casamento, 25 anos e do relacionamento de mais de 30 anos. Perde-lo assim foi muito triste. Tenho dois filhos, uma casada e outro solteiro, moram todos comigo, mas sinto a falta de um companheiro, trabalho e sempre fui de arranjar mil coisas pra fazer, artesanatos, reformas,bem enfim tudo para poder distrair a cabeça. Mas sei que meus filhos vão seguir a vida deles e vou acabar ficando sozinha, mas como está realmente dificil os relacionamentos, entrei num site para conversar mas até agora não conheci ninguém que esteja com alguma intenção séria.

  129. Valdimiro Alexandre

    Eu também estou na mesma situação podemos partilhar ideias?

  130. Sou viuva há 1 ano e 3 meses. Fui casada por 27 anos . Meu marido morreu de cancer. Naun foi facil meu relacionamento com ele…mas senti muito sua morte e sinto sua falta.Mas o destino me pregou uma peça ou o mundo gira e acabei que to ficando com o meu ex namorado do tempo da adolescencia. Qd tinha 16 anos e ele tb.É estranho e ao mesmo tempo incrivel….Ele é separado….Hoje temos 49 anos…..e vou deixar rolar…..

  131. Cibele Guimarães

    Boa tarde, entrei neste site por curiosidade, por querer entender o que está se passando comigo. Fui casada por dezessete anos, e me apaixonei por outra pessoas o qual vivi com ele por quatro anos. Fui muito feliz ao seu lado, porém depois de dois anos, ele foi mudando e foi ficando violento, e acabamos com o relacionamento. Depois de dois anos conheci um viúvo, pelo qual me apaixonei e casei há três anos, ele tem dois filhos, um casado e outro solteiro, os dois dependem muito dele e até gosto deles e nos entendemos, mas o fato de morarmos na mesma casa onde ele viveu com a primeira esposa e pelo o fato de não termos privacidade e os filhos se sentirem na casa deles, isso vem me aborrecendo e me distanciando dele. O amo muito, mas não estou feliz com essa situação e o pior que me casei com separação de bens e não me sinto a vontade naquela casa, organizo, limpo, cuido, mas não queria estar ali e já conversei por alto com ele, e o mesmo não sente interesse de sair de lá. Será que o preço disso tudo vai ser a separação? Gosto muito de sua companhia, amo-o demais, mas está sendo difiícil de seguir.

    • antonio carlos alves coutinho

      Bom Dia a todos! Depois de muitas frustrações amorosas, encontrei a pessoa/mulher perfeita e viví 5 anos maravilhosos sob o mesmo teto e fiquei viúvo recentemente em Fevereiro de 2014, por ela ter sido vitima de erro medico em cirurgia de redução do estomago em Ivaiporã/PR; fiquei tão desesperado que tentei ressuscita-la no período de 3 dias, no tumulo, cumprindo uma passagem bíblica, em JOÃO 11, mas de maneira criminosa um promotor e Juíza de Ivaiporã/PR, não me deram tal oportunidade. Oriento a todos; evangelicos ou não, a procurar o amparo em DEUS e JESUS porque o vazio é irreparavel, mas cada um é ´´unico´´ e hoje oro a Deus para levar-me até ele, ou arrumar uma outra esposa para seguir o resto da vida…coutinhocarlos@ig.com.br

      • Oi tudo bem contigo nao sei como me comunicar contigo

      • ola antonio tudo bom imagino que deve estar passando por momentos muito dificil mais digo a voce tenha fe em deus so ele pode lhe dar consolo ele e nosso melhor amigo e tenho certeza que e esta ao seu lado todo tempo creia sou de sp se quiser conversar meu imail e cidafix@gmail.com abraço

    • antonio carlos alves coutinho

      Cibele? Se vc foi casada e se separou por motivos não biblicos, deverá ficar sozinha, ou retornar ao seu esposo. Se estiver em ordem sua situação, deverá falar com todas as letras com seu atual marido para voces dois terem o “ cantinho“ e casa de voces…E deixar claro que vc não está feliz com tal situação.

      • Bem antonio esta resposta nao foi boa nao pois sempre tens um motivo muito forte pra separarmos e nunca mais voltarmos pro ex marido

  132. Tenho 32 anos, uma filha de 3 anos e viúvo há 3 semanas. Ela tinha 29. Sempre vivemos um para o outro, longe das famílias. Ela cuidava de tudo, casa, contas, dw nós. Não consigo explicar a falta que ela está fazendo.

    • Olá, fiquei viúvo dia 10/10/2014. Tenho uma filha de 1 ano e meio. Também não consigo explicar o que estou sentindo. Se quiser conversar me mande um email. Até.

      • Oi como voce esta? Eu tambem figuei viuva dia 12 /10/2014 mas estou superata com a ajuda do e spiritismo Sofri demais pois meu marido homem brillanti teve un cancer que o matou a do trez meses depois que descobriu,pense primeiro em voce e depois que esta melhor pense na sua filha,boa sorte ,e nao figue chorando pois aqui na Terra estamos todos so di passagen abracos Ada

      • Marcia Oliveira

        Alexandro, boa noite, gostaria de conversar contigo, tão recente o que te aconteceu? e sua filhinha como está?, deve ser muito dificil, mas olhe não esqueça que tem Um Deus que Está contigo e vai te suprir e te ajudar neste momento com certeza.

        • Valdimiro Alexandre

          Olá Marcia Oliveira o meu filho está bem. Estou disponível para dialogar contigo.

      • Olá ,Alexandro !
        Gostaria de conversar com você. Sei que não e fácil mais vc tem uma filha pra cuidar e agora ela e tudo pra vc . Estou aqui pra te ajudar pode contar comigo Deus na nossa frente em tudo bjoss e fica com deus

      • Oi também sou viuva à 1 e meio tenho 22 anos, se quiser conversar.

      • Boa noite!

        Alexandro passei por isto a 2 anos, é dificil mas tudo passa. A saudade vai diminuindo com o tempo. SE apegue a religiao,hoje que penso em arrumar alguem para completar -me.Dificil mas com Deus tudo torna-se mais facíl.Presto serviço voluntario em hospitais,asilos orfanatos sou Dr da Alegria,fez eu ver o que e’sofrimento e poder ajudar o proximo levando alegria nos corações.

      • Kkk meu estais errrado so no numero sandraruiva99@gmail.com ah o zap tambem mudou 11 942621371

      • Olá! Se quiser entre em contato comigo para conversarmos, tenho uma filha de 5 anos… Beijos. keitinha.sc@gmail.com

    • Se tiver zap de adiciona pois este numero es ao do zap 11 982856337 bjs

    • Oi erico tudo bem contigo e com o teu gurizinho espero que sim bjs

  133. Nossa, por acaso encontrei esse artigo, tantas histórias parecidas. Há 4 meses fiquei viúva, nos primeiros 15 dias, só tinha um único desejo, morrer. Um dia passa e chega o outro e entendi que mesmo que eu morresse (ficava sem comer, não dormir) não era garantia que iria encontrar o meu amor, pois, cada tem sua própria história e tempo de ir e ficar. Vivi com meu esposo 7 anos, ele estava no seu segundo casamento, eu nunca tinha casado, era feliz e tranquila com a minha vida mas, depois que nos encontramos, descobri a maravilha que era viver com alguém, com uma pessoa singular como era ele, foi mágico cada dia que ficamos juntos, com nossas diferenças, até algumas brigas mas, tudo era muito bom. Desde a primeira vez que saímos, o prazer de estar na companhia dele, era o mesmo, não importava se era com amigos, no supermercado, em um café ( nós amávamos sair para tomar um café) enfim, foi assim. Agora tento seguir, faço terapia (já fazia) e vivo um dia de cada vez, sinto muito falta dele em tudo que faço, me sinto sozinha, mesmo estando em companhia das pessoas, um vazio constante, um silencio assustador. Espero um dia conseguir voltar a sorrir e encontrar a alegria de viver.

    • Ola Ana!!! Entendo perfeitamente o que voce esta dizendo… Perdi meu marido a tres meses tambem, uma dor inesplicavel, mas hoje entendo que a morte foi morta na cruz do Calvario, foi so uma separacao momentania, encontraremos com nossos maridos logo, num lugar onde jamais havera morte… Meu marido morreu em um acidente de moto em londres, e tenho uma saudade incontavel dele, meu amor, amigo, companheiro meu chao aqui nessa terra!!! Mas acredite ficaremos bem, amparadas por Jesus!!! Leia 1 Tessalonicenses 4-13 e la vc vera o que Jesus tem guardado para nos! Bjs Bia

    • Olá estou viúvo a 2 meses. Se quiser conversar. Me mande um email.

  134. nossa passado por este site , me sentir um pouco mais aberta , achei que só sentia esta dor inexplicável como uma ferida que nunca fecha, hoje faz exatamente 4 meses e 10 dias que meu amado e inesquecível marido faleceu, nossa ate hoje não consigo entende porque desta fatalidade, éramos 24 horas juntos , trabalho , casa , ate supermercado fazíamos juntos , e ele veio falecer na minha frente de um infarto fulminante , fiquei tão revoltada , tenho 39 anos um filho de 22 anos terminando faculdade, nossa e o único motivo que me incentiva a vive meu único filho; faço terapia do luto , mais nada enche meus olhos, nada tem brilho perdi minha auto estima como mulher, amei demais meu marido e amo , não sei se um dia Deus ira trazer de volta o prazer da vida. agradeço a todos vocês por este espaço maravilho conseguir desabafar.

    • Oi Flavia!!! Tambem perdi meu querido marido a 3 meses, meu amor maior, ele era minha pele… Fiquei sangrando sem ele… Mas Creia querida, Deus sabe de todas as coisas que sao melhores para nossas vidas… Um dia entenderemos porque enfrentamos isso hoje… So creia que ELE é justo e nos ama, Seu amor é incondicional e a morte ja foi vencida la na cruz do calvario!!! Ali Jesus venceu a morte para que possamos viver, e viver a vida eterna! Foi so um adeus momentanio logo logo estaremos com nossos queridos ao lado do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!!! Fique bem, se quiser conversar me mande email!!! Bjs Bia

    • Oi flavia,achei esse site por acaso.hoje ja faz mais de um ano que vc ta viuva.gostaria de saber como vc t ,e que vc me ajudasse de uma certa forma .eu to viuva vai fazer 4meses dia22/04/2015 .fui casada durante 13 anos casei muito cedo com 18 meu marido foi meu primeiro e unico homem.so que depois q ele faleceu falava nao quero nimguem.mais um amigo da familia por conhecidencia ficou viuvo tbm.me chamou pra sair ,mais nao sei o que fazer ,pois acho q ta muito recente.e por outro lado gostaria de ir.to sem dormir ,passo mal dor de cabeça .so de ficar pensando pra mim e como se tivesse traindo meu marido.me sentindo a pior mullher do mundo .chorro todo dia .porque quero sair me diverti se destrair mais tenho medo de ceder as tentaçoes da carne.pois estou a quase um ano sem sexo.pois meu marido estava com cancer em estagio terminal.nao tnhamos vida sexual.nao sei o que fazer Pois tenho uma filha.e tenho receio do q as pessoas vao dizer.

  135. ola dado todo estes cometários estão sendo riquíssimos em minha vida estou viuvá a um mês e pouco, e tenho sofrido muito por ter perdido a pessoa que tanto amo.sinto que não terei mais este sentimento por mais alguém mais peço a deus que se um dia eu conseguir amar alguém novamente que eu o faça sem comparação..neste momento sinto que avida se fechou para mim e que jamais terei felicidade novamente. tâmara que eu esteja enganada e que eu poça voltar a sorrir tenho 45 anos e vivi com o meu amor durante 28 anos

    • Oi Noeli, tentei responder mas seu email retornou. Algo esta errado no endereço. Abracos

    • Noeli, vc vai voltar a sorrir querida!!! Vai sim… Creia somente creia, so Jesus pode te fazer ser feliz outra vez!!! Um dia…. La na cruz do calvario Ele pagou um alto preço para nos vivessemos, entao acredite naquele sacrificio, um dia tudo isso passara, estamos aqui de passagem minha linda, sei da sua dor exatamente, pois passei por essa mesma dor a 3 meses e ainda doi muito, mas vou crendo nos planos de Deus para nossa vida!!! Tenho 41 anos , se quiser conversar sera um prazer te conhecer!!! Deus te abençoe!!! Bjs Bia

  136. Ola! Outro ponto de vista…. Minha mae faleceu a 4 meses e foi casada Por 36 anos. Sei que meu pai um dia vai precisar da compania de outra pessoa, porem a 2 meses atras apareceu uma mulher que impos a ele um na moro ( detalhe: ela é da mesma igreja que frequentamos)… Eu sou a filha mais nova 24 anos… E mesmo ja tendo idade ta sendo dificil pois não ests se respeitando o nosso luto. E ainda Por cima a mulher diz q a nossa opiniao não importa, sendo q meu pai sempre contou conosco pra tdo…Obviamentre criamos m certo receio com a pessoa pois ela não respeitou nossa cultura nosso luto e a memoria da minha mae…. Mas se ja tivesse um certo tempo igual ao seu seria mais facil pra nos…. Mas acredito q o viuvo no começo sempre vai ser fria Pq ele amava a pessoa q lje foi tirado… Diferente de qdo um relacionamento acaba Por vontade de um dos 2 Pq ai alguém fez coisa errada

  137. Namoro uma pessoa que ficou viuvá há mais ou menos 12 meses, amo ela cada vez mais, e sinto que o romance é bem gostoso, tanto pra mim quanto pra ela, porém, as vezes sinto ela diferente, pensativa, longe, mesmo estando comigo. Fico triste, ela tem dois filhos e vejo que ela não gosta quando as pessoas do seu facebook percebem que estou “ocupando o lugar” do pai. Espero que vcs aqui encontrem o caminho da felicidade.

  138. OLÁ VI ESSE SITE E ME INTERRESEI, ESTOU NAMORANDOUM VIUVO Á UM ANO E 3 MESES, MAIS EU AINDA NÃO ME SINTO TOTALMENTE SEGURA POIS A ULTIMA CONVERSA QUE TIVEMOS ELE ME DISSE QUE ELE NÃO CONSEGUE SUPRI O QUE PRECISO A COMPANIA DELE TOTAL,ELE ME DISSE QUE AINDA SENTE FALTA DELA. ELE DIZ GOSTAR MUITO DE MIM MAIS QUASE NÃO ESTAMOS JUNTOS NOS ENCONTRAMOS UMA VEZ POR SEMANA , ELE TEM DOIS FILHOS UM MAIOR E OUTRO MENOR DE 17 ANOS O MENOR EU JA CONHEÇO, MAIS NÃO CONHEÇO A FAMILIA SÓ O IRMAO E A CUNHADA, ELE VIVEU COM ELA 22 ANOS E ELE DISSE QUE A AMAVA MUITO ELE NÃO DEMOSTRA GOSTAR DE MIM. EU NÃO SEI MAIS O QUE FAZER POIS EU O AMO VERDADEIRAMENTE. SINTO MUITA FALTA DELE.DENTRES ESSE UM ANO EQUATRO MESES SÓ DORMIMOS JUNTOS DUAS VEZES, EU SEI QUE MUITAS DAS VEZES REALMENTE ELE SENTE ALGO DIFERENTE POIS AS VEZES ESTAMOS EM ALGUM LUGAR E ELE DO NADA PEDE PARA IR EMBORA. TRABALHAMOS NO MESMO LUGAR ELE ME TRATA BEM E TODOS SABEM QUE TEMOSUM RELACIONAMENTO, OS MEUS FILHOS ADORAM ELE.EU ESTOU SEM SABER O QUE FAZER. SE DEVO CONTINUAR OU DEVE DESISTIR MUITAS VEZES ELE SÓ DIZ VAMOS DAR TEMPO AO TEMPO. DESDE JA OBRIGADO

  139. anferson lacerda

    bom muito prazer no entanto eu achei muito enteresante asua definicao muito comvreta mais no meu caso eu scho mais complicado porque nos da igreja congregacao crista nos so podemos casar com as pessoas da mesma crensa a mulher q eu amo e viuva e E da igreja mas eu ja me batizei na igreja so q mesmo assim eu nao consigo conquistala de volta nao consigo demostrar o amor q sinto por ela e pelos seus filhos . os meninos gostam muito de mim e eu deles oque eu posso fazer para telos devolta na minha vida gual e a sua opiniao

  140. Olá Dado. Estou vivendo um caso muito complicado. Estou namorando, ou como diz o jargão: Namorido da viúva de um primo meu. Estamos vivendo em outro Estado, e, para preserva-lá, estamos mantendo em segredo esse relacionamento. Só a familia dela esta sabendo e, tivemos apoio. Já fazem 12 meses de falecimento do meu primo e, estamos juntos a 4 meses. Só que, por eu ser da familia, ela não para de falar em meu primo. Tem fotos dele espalhadas pela casa, nos finais de semana ela fica deprimida e, ja não estou suportando mais essa situação. Adoro ela, gosto muito de estar ao seu lado, mas, tem momentos que ela fica distante, não retribui meus carinhos, fica chorosa e, quando pergunto, ela diz esta morrendo de saudades de meu primo. Dai eu é quem fico chateado e triste. Não sei se estou sendo egoísta ou precipitado, pois, nunca me vi em uma situação dessa. Tem horas que eu sinto vontade de chutar o balde, mas, gosto muito dela e penso em dar mais um tempo. Eu penso que somente o tempo fará ela, não esquecer, mas, sentir menos a falta de meu primo. Preciso de uma palavra de conforto e orientação, se possível, quanto a manter essa relação ou, buscar ser feliz em outra relação. Cordiais abraços.

  141. Ola Dado….. Sabe que em minha vida ainda não conheçi alguem que realmente saiba o que é amor….digo isto porque confundimos amor com paixão , prazer, sentimentalismo. Jesus era amor em expressão , nós somos aprendizes do que é isto….amor….Amor não é relacionamento….é muito mais do que isto. Quem ama, conheçe oque é amor, nunca ficará sozinho….

    • Concordo com o Humberto, muito boa colocação! mas como em Ecle 2, fala sobre paciência, devemos esperar e ter fé. Um dia pensei que havia encontrado alguém, mas o casamento desmoronou e hoje aguardo a decisão do meu processo de nulidade. Sofro!! mas tenho a certeza que Deus proverá!!! Levo em oração todos os dias a minha situação e clamo à Deus que minha vida seja modificada. Fique com Deus!!!!

  142. Olá Dado este comentário está riquissimo para tal assunto é de fundamental importancia.Um grande abraço e tudo de bom.

  143. oi,dado.lindo artigo,
    aBRAÇOS

  144. Gostei muito de sua matéria. Meu marido faleceu num acidente de carro há 8 anos, Vivemos 24 anos juntos, e temos dois filhos, Minha filha mais velha já é casada, e mora fora do país, meu filho ainda adolescente, ficava muito irritado se saía com algum amigo.
    Atualmente estou me relacionando com um estrangeiro. Ele já veio para cá, eu fui para a Inglaterra( onde ele mora), e ele vem novamente no meio do ano. Estamos planejando viver juntos no ano que vem,na inglaterra. Meu filho apesar de gostar dele, reluta muito para ir. Eles se dão bem, Ele gosta de meus filhos. Tem a minha idade ( ambos temos 52)
    E apesar de se dar bem com meu filho, imagino que vou ter alguns problemas de relacionamento,pois meu filho é muito ciumento. Mas é preciso enfrentar, e ter coragem de reconstruir a felicidade.

  145. marcos paulo

    amo mulher madura i linda sou moreno quero encontra uma pessoa que gost de mi sou moreno 33 anos que ama a vida liga vcs viuva que goste da vida bj 88478815

  146. GOSTEI MUITO DO ARTIGO, FOI BEM ESCLARECEDOR, ESTOU PASANDO POR UM CASO SEMELHANTE E ME ENCONTRO UM POUCO PERDIDA, TENHO 28 ANOS E O GATO TEM 40 ELE FICOU VIÚVO A 2 MESES, ANTES DA VIUVEZ JÁ TINHAMOS TIDO UM BREVE ROMANCE QUE ACABOU PORQUE AMBOS NEM EU NEM ELE ESTÁVAMOS NOS SENTINDO BEM COM A SITUAÇÃO, SOMOS VIZINHOS E TEM ATÉ UM CERTO PARENTESCO ENTRE NOSSAS FAMÍLIAS, NÃO ENVOLVENDO NÓS DOIS DIRETAMENTE, MAS DEVIDO A TUDO ISSO RESOLVEMOS TERMINAR, EU SEGUI MINHA VIDA E ELE TOCOU A DELE, MAS Á DOIS MESES ELE FICOU VIÚVO, QUANDO RECEBÍ A NOTICIA EU SABIA QUE MAIS CEDO OU MAIS TARDE ELE IRIA ME PROCURAR, MAS QUALFOI MINHA SURPRESA QUANDO COM MENOS DE 15 DIAS ANTES DO FATO OCORRIDO ELE ME PROCUROU, AÍ UMA COISA LEVOU A OUTRA COMEÇAMOS A FICAR JUNTOS ME ENVOLVI SENTIMENTALMENTE E AGORA ESTOU CHEIA DE DÚVIDAS, ELE TEM 3 FILHOS SENDO QUE 2 SÃO DO CASAMENTO E TENHO SENTIDO QUE ELES VÃO ME DAR GRANDES PROBLEMAS, PRINCIPALMENTE A MENINA QUE ESTA COM 15 ANOS, NÃO SEI COMO ME PORTAR ESTOU ME SENTINDO TOTALMENTE PERDIDA E PRECISANDO DE CONSELHOS, SINTO QUE ELE AINDA NÃO ESTA PRONTO PRA ASSUMIR NADA MAIS SÉRIO PORÉM ELE ESTA SEMPRE DIZENDO QUE ESTÁ SÓ COMIGO, COMO FAÇO PRA ME APROXIMAR E ESTABELECER UMA RELAÇÃO MAIS SÓLIDA COM ELE?

  147. Ei, Júlia. Não sei o que se passa em sua casa, mas posso contar de minha própria experiência. Quando casei-me, meu marido tinha dois filhos do primeiro casamento (um casal, ela com11 e ele com 13). A diferença de idade entre meu marido e eu era de 16 anos. O menino veio morar conosco quando tinha 14 anos. Quando tive um filho, a menina, que tinha 14 anos, tbm veio morar conosco. Não vou dizer que foi fácil, uma vez que eram adolescentes e estavam vivendo sob a guarda de uma pessoa estranha… Entretanto, desde que decidi casar-me, parti do princípio de que aceitava meu marido como um “pacote”. Não há forma de separar um pai de seus filhos: quando vc aceita um, tem de levar tudo! De alguma forma, ao longo de 22 anos de casamento, tudo foi se encaixando e as relações amadurecendo… Os dois cresceram aprendendo a considerar o irmão mais novo, sem qualquer restrição! Talvez esse tenha sido o ponto mais importante. Quando fiquei viúva – e eles órfãos de pai – o apoio deles, de meus três filhos, foi imprescindível. Penso, Júlia, que vale a pena um esforço maior em tentar harmonizar sua casa… Desejo-lhe toda a sorte do mundo!

  148. Que alivio ler esses depoimentos e saber que não sou a única a suprir esse tipo de dúvidas. Tenho 31 anos e a 6 anos mantenho um relacionamento com um homem de 48, viúvo e pai de duas filhas, de 21 e 24 anos, desse nosso relacionamento nos rendeu um filho de 3 anos. No ínicio foi muito dificil manter a relação por causa do ciúmes que as meninas sentiam, mas logo se tornaram independentes e cada uma seguiu o seu caminho, vivemos até há alguns dias em clima de lua de mel, até a mais nova decidir a voltar a morar conosco. Com ela vieram as brigas, as discussões e desentendimentos. Estou arrasada, pq ela se comporta de um modo extremamente infantil, querendo chamar a atenção em tudo. Não sei se o nosso relacionamento vai aguentar, pois sei que para ele é uma escolha muito dificil.

  149. Sou viúva desde jan/2005, e o que sinto acontecer é que depois de mais de 20 anos vivendo junto com seu companheiro, as vidas ficam muito entrelaçadas… Com a separação imposta abruptamente, é preciso resgatar nossa própria identidade, e isso é um processo lento e dolorido! Entretanto, há diversas possibilidades que se abrem à nossa frente… Neste momento busco coragem para segui-las… Acho que outro relacionamento não é uma “coisa” a ser buscada, mas talvez uma consequencia natural de um estado de completa aceitação.

  150. Boa tarde a todos, encontrei esse site procurando entender melhor o que está acontecendo comigo. Tenho 30 anos e namoro uma homem de 54 viúvo ele tem dois filhos muito dependente dele um com 26 anos e outro com 23 anos e isso me incomoda porque sempre desde de jovem sempre me virei sozinha. chego a conclusão de que estamos vivendo realidades diferentes. Quando estamos juntos sem a presença dos filhos é uma maravilha mais quando os filhos estão juntos a indiferença é muita. As vezes acho que ele gostaria que eu fosse igual a esposa dele. Estou com vontade de Terminar o Namoro de 6 anos. Detalhe : Sempre me dei bem com os filhos dele.

  151. Acho que nunca vou superar esta perda , tão dolorida. Não consigo me ver em outro relacionamento.

  152. sueli barbiero

    GOSTEI MUITO DA SUA MATÉRIA, SOU VIÚVA A 4 ANOS FUI MUITO FELIZ E HOJE MESMO TENDO UMA VIDA ATIVA SEJA NO CAMPO PROFISSIONAL, SEJA DENTRO DA MINHA COMUNIDADE, MAS MESMO ASSIM ME SINTO MUITO SÓ. ANSEIO POR UMA NOVA HISTÓRIA, MAS CADA VEZ MAIS PERCEBO A DIFICULDADE QUE É HOJE TER UM NOVO RELACIONAMENTO, OS
    HOMENS NÃO QUEREM SE COMPROMETER COM NADA, QUEREM SER LIVRES, TUDO ESTÁ MUITO EXPOSTO A VONTADE…..ENTÃO ….. SÓ POR DEUS!!!!
    PARABÉNS,
    ABRAÇO, SUELI

  153. Sempre lúcido e capaz!
    abraço

  154. MARIA JOSE

    PARABÉNS MAIS UMA VEZ PELA SUA MATÉRIA, NA MINHA OPINIÃO NÓS NÃO FOMOS FEITOS PRA VIVERMOS SOZINHOS E TEMOS QUE TENTAR SEMPRE A FELICIDADE SEJA ELA PERMITIDA OU NÃO POR PESSOAS QUE NOS RODEIAM , TEMOS QUE PROCURA-LA, E NOS SENTIRMOS BEM AO LADO DE QUEM ESCOLHERMOS SEM PENSAR NOS OUTROS, MAS SIM NA PRÓPRIA VIDA E A NOSSA PRÓPRIA FELICIDADE SEM MACHUCAR NINGUÉM NEM TÃO POUCO A NÓS MESMO !!! FELICIDADES UM GRANDE ABRAÇO E MUITA PAZ NA SUA VIDA ………….

    • Achei importante este site. Por isto resolvi cadastrar. Sou viúva a 14 anos, evangélica praticante, tenho apenas um filho, formado em faculdade a 2 anos.Estou sentindo muito só, meu filho trabalha (mora em outra cidade).Gostaria de relacionar com homens sérios, principalmente amante da obra de Deus.Aguardo contato. Deus abençoe Maria

      • Neide Rachel Machado Ornelas

        Gostei muito deste sit tbm!
        Sou viúva a três anos, após trinta anos de casada o mosquito da dengue matou meu marido! Meu primeiro e único namorado, eu era mais nova 15 anos, guardei o luto por 2 anos e 7 meses! Quando Deus usou uma pessoa pra dizer que era necessário eu me desligar de quem já havia falecido, mas era necessário que eu permitisse que fosse feita uma oração de desligamento, então eu sabendo que eu estava sofrendo muito e não queria mais sofrer, autorizei e recebi a oração de desligamento! Fui pra casa e comecei orar tbm, e falei com Deus assim: Senhor se tu tens alguém pra mim, então prepare o meu coração pra aceitar, abra o meu coração e eu não vou escolher, não vou procurar, não vou atrás, porém eu peço que seja uma pessoa escolhida pelo Senhor, ele terá que vir até mim, como foi com meu marido que eu conheci dentro de casa, eu só peço SENHOR que seja trabalhador e que eu não viva nada menos do que vivi com meu marido! E pra finalizar a oração eu disse assim: Senhor, se tudo que tenho te pedido for menor do que o senhor tem pra me dá, cancela o meu pedido e faça tão somente a tua vontade! E assim orei uns três meses! Quando um belo dia início de setembro de 2015 recebo um bom dia no Zap diferente de uma pessoa que todos os dias mandava mensagens pra mim porém eu não ligava e nem respondia, pois eu estava totalmente fechada até para amizades! Nesse BOM DIA MORENA, Tudo mudou como se alguma coisa abrisse meu coração! Era a chave! E pasmem! Essa pessoa eu já tinha conhecido ela há 8 meses antes e onde? Dentro da minha casa! Porém, eu não a enxerguei e pra encurtar no dia 19 setembro de 2015 começamos namorar, há seis meses ESTAMOS JUNTOS, e eu creio que é de DEUS! Estou vivendo um novo de Deus pra minha VIDA! E foi na hora certa, quando Deus quis! Eu que nunca tinha namorado outro homem é Deus é PERFEITO, ele é uma pessoa de DEUS, do jeitinho que pedi pra Deus, só que Deus me deu agora um homem mais novo que eu 13 anos e isso não interfere NADA, é só um detalhe que n parece existir! Ele têm 36 anos, já sofreu muito na vida e parece ser mais velho de cabeça do que eu com 49! Em fim, quero mostrar aqui que o tempo quem determina é Deus! O começo, meio e o fim de nossas vidas! Deus levou e a vida continua, quando colocamos DEUS na frente ele nos conduz da melhor forma e te dá uma nova chance de ser feliz sim! So dá tempo ao TEMPO e Deus vai preparar uma pessoa especialmente pra vc! Confie e deixe DEUS agir na sua vida! Se quiserem trocar ideia pode me adicionar no zap 28 999219127

      • Neide Rachel Machado Ornelas

        Gostei muito deste sit tbm!
        Sou viúva a três anos, após trinta anos de casada o mosquito da dengue matou meu marido! Meu primeiro e único namorado, eu era mais nova 15 anos, guardei o luto por 2 anos e 7 meses! Quando Deus usou uma pessoa pra dizer que era necessário eu me desligar de quem já havia falecido, mas era necessário que eu permitisse que fosse feita uma oração de desligamento, então eu sabendo que eu estava sofrendo muito e não queria mais sofrer, autorizei e recebi a oração de desligamento! Fui pra casa e comecei orar tbm, e falei com Deus assim: Senhor se tu tens alguém pra mim, então prepare o meu coração pra aceitar, abra o meu coração e eu não vou escolher, não vou procurar, não vou atrás, porém eu peço que seja uma pessoa escolhida pelo Senhor, ele terá que vir até mim, como foi com meu marido que eu conheci dentro de casa, eu só peço SENHOR que seja trabalhador e que eu não viva nada menos do que vivi com meu marido! E pra finalizar a oração eu disse assim: Senhor, se tudo que tenho te pedido for menor do que o senhor tem pra me dá, cancela o meu pedido e faça tão somente a tua vontade! E assim orei uns três meses! Quando um belo dia início de setembro de 2015 recebo um bom dia no Zap diferente de uma pessoa que todos os dias mandava mensagens pra mim porém eu não ligava e nem respondia, pois eu estava totalmente fechada até para amizades! Nesse BOM DIA MORENA, Tudo mudou como se alguma coisa abrisse meu coração! Era a chave! E pasmem! Essa pessoa eu já tinha conhecido ela há 8 meses antes e onde? Dentro da minha casa! Porém, eu não a enxerguei e pra encurtar no dia 19 setembro de 2015 começamos namorar, há seis meses ESTAMOS JUNTOS, e eu creio que é de DEUS! Estou vivendo um novo de Deus pra minha VIDA! E foi na hora certa, quando Deus quis! Eu que nunca tinha namorado outro homem é Deus é PERFEITO, ele é uma pessoa de DEUS, do jeitinho que pedi pra Deus, só que Deus me deu agora um homem mais novo que eu 13 anos e isso não interfere NADA, é só um detalhe que n parece existir! Ele têm 36 anos, já sofreu muito na vida e parece ser mais velho de cabeça do que eu com 49! Em fim, quero mostrar aqui que o tempo quem determina é Deus! O começo, meio e o fim de nossas vidas! Deus levou e a vida continua, quando colocamos DEUS na frente ele nos conduz da melhor forma e te dá uma nova chance de ser feliz sim! So dá tempo ao TEMPO e Deus vai preparar uma pessoa especialmente pra vc! Confie e deixe DEUS agir na sua vida! Se quiserem trocar ideia pode me adicionar no zap 28 999219127

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *