Meu relacionamento

Será que estou apaixonado?Essa descoberta nos estimula a trabalhar em nossas diferenças a fim de minimizar os conflitos e promover a harmonia em nossos namoros e vida a dois.

Sabemos que os dedos das mãos não são iguais. Tal como os dedos de nossas mãos, somos também diferentes uns dos outros. Temos personalidade própria, hábitos e costumes distintos e de repente nos vemos envolvido com uma outra pessoa, rica em peculiaridades e diferenças. leia mais

Para manter a chama do amor acesaPara manter a chama do amor acesa podemos começar a encantar nosso cônjuge a partir dos modos como apresentamos nossas objeções. 

Muitos de nós já nos apaixonamos, pelo menos uma vez na vida e nesse momento, temos a impressão que um gatilho é disparado em nosso coração que nos faz mais sensíveis aos mais delicados gestos.
Quando passamos por essa experiência, a gente se sente como se nada fosse um problema; rimos a toa como se tudo fosse engraçado, acordamos animados para enfrentar os desafios do dia e todos os gestos do(a) pretendente parecem românticos. More »

A química do amorSexualidade e amor estão intrinsecamente ligados, isto é, eles fazem parte da essência do outro.  Não há como separa-las.

O tema sexualidade é uma coisa que mexe com o nosso imaginário e também com os hormônios.
Quando numa conversa  o assunto é sobre sexo, sempre surge alguns comentários que abordam aqueles namoros que acontecem somente nos finais de semana. Ainda nessas conversas, é defendido o argumento que nesse tipo de relacionamento o sexo faz parte, mas não necessariamente precisa haver amor. Mas o que tem a ver sexo com amor? More »

Amor e seduçãoAmor e sedução, mais que desejar estar perto de alguém ou se sentir atraído pelos atributos do (a) pretendente.

Quem não se lembra dos inícios do namoro? Nesse começo de envolvimento, a pessoa apaixonada se pega pensando no outro a todo instante e em tudo vê alguma coisa que remete os pensamentos para a pessoa por quem ainda tem um amor platônico. Assim, o galanteador através dos olhares trocados ou nas conversas – que apesar de parecerem bobas a pretendente não o descartava de imediato – lança mão de todas as “manobras”, as quais tinham como objetivo, apenas, de prolongar os momentos na presença do outro. leia mais

A frustração de muitos relacionamentos está no fato das pessoas perceberem que apesar de terem vivido muitos encontros de uma noite, mas nenhum desses eventos foram duradouros

A partir da revolução sexual dos anos 60 muitas coisas interferiram no comportamento dos jovens. Para quem já tem mais de 40, certamente se lembra das muitas etapas vividas nos anos que viriam a seguir… Apesar de todo o liberalismo alcançado, o desejo das pessoas em encontrar alguém para se viver um sadio relacionamento ainda continua vivo. De maneira especial para as mulheres que se preocupam com o avanço do tempo e ainda não conseguiram encontrar seu par. Outras, por terem vivido um relacionamento frustrado, procuram estabelecer um romance duradouro com uma pessoa que realmente as façam felizes. Algumas dessas já namoraram, já viveram vários relacionamentos de curtíssima duração, outras até tinham um “ficante fixo”, mas entre tantas experiências, ninguém parecia ser adequado para o projeto de um relacionamento sólido. leia mais

6262txt.jpgSe para estabelecer fortes laços de amizades precisamos “quebrar o gelo”, num relacionamento conjugal será necessário rasgar a película do individualismo.

É estranho perceber que muitos casais, mesmo quando já têm anos de convivência, vivem como se não houvesse um compromisso comum entre eles. Sabemos que deixamos marcas sensíveis daquilo que somos e, em muitos outros casos, absorvemos os modos daquele com quem convivemos. A partir dessas experiências, ficamos mais comprometidos com aqueles que estão ao nosso lado, por meio da cumplicidade comum que rege nossos relacionamentos. leia mais

Um sentimento chamado paixãoA paixão deverá ser capaz de acender o “pavio” do verdadeiro amor

Quando se fala de paixão, freqüentemente fazemos ligação com algo relacionado ao amor ou ao sexo. De alguma maneira, esta se caracteriza por nos impulsionar a realizar nossos mais profundos desejos. Ela, nos estimula a levar um projeto de vida até o fim.

De outra maneira muito particular, sabemos que a paixão também está relacionada à dor e ao sofrimento. leia mais

casal.jpgSe nos permitirmos ser levados pelo desejo egoísta, buscando unicamente o prazer, certamente, encontraremos muito pouco do amor que poderia nos ser oferecido.

A beleza da sexualidade do homem e da mulher caracteriza não somente o aspecto físico, mas também o seu modo de pensar, agir e reagir diante das situações. Dentro dessa grande diversidade de comportamento, peculiar de cada sexo, é interessante contemplar a maravilhosa arte de ser complemento; em que homem e mulher se expõem a viver a relação íntima dentro do casamento. Uma relação tão intrínseca que enriquece  a vida conjugal. leia mais

Página 1 de 212