Meu relacionamento

Relacionamentos virtuais.jpgHoje, abre-se a nós a oportunidade de navegar pelos mares dos relacionamentos virtuais na velocidade dos “terabytes”.

No mundo globalizado pela informação, a tecnologia não faz cerimônias em estender suas asas sobre as nossas casas. A informática deixou de ser apenas uma ciência e se tornou conhecida como uma plataforma de comunicação digital.

As videoconferências que pareciam ser apenas um tipo de comunicação, presentes em filmes de ficção, hoje, se integram de maneira profunda na vida de adultos e crianças. E os relacionamentos que, antigamente, se estreitavam entre pessoas por meio de cartas ou telefonemas, no mundo moderno se tornaram obsoletos com a comunicação de áudio e vídeo em tempo real, favorecidas pela Internet.

Não hesitamos em nos cadastrar rapidamente nas diferentes comunidades virtuais. Uma vez, conectados de alguma maneira à rede de computadores, através de e-mails, blogs, fotologs, messengers, entre outros, buscamos nos atualizar ou saciar o desejo da inter-relação, seja esta para vencer a solidão dos nossos dias, estreitar relacionamentos, matar saudades ou simplesmente como passatempo.

Nessa comunidade cibernética, somos a menor porção que compõe esse todo. Numa linguagem tecnológica, poderíamos dizer que somos o “bit” do “Byte”. Mesmo assim, trancados em “salas reservadas” e confiando na certeza volátil da segurança cibernética, fazemos “downloads” dos pensamentos, partilhamos “pastas” de sentimentos e no limiar das fronteiras cibernéticas podemos correr o risco de desligar o “firewall” da razão.

Mas nem tudo que compreende esse mundo virtualizado é prejudicial, pois somos testemunhas de muitos outros benefícios que a internet trouxe para as nossas vidas. Como característica de um século marcado pela modernidade, percebemos que começam a integrar o nosso círculo de amizades, assim como de nossos filhos,  pessoas, que em virtude da distância, até então, jamais poderíamos conhecê-las. Aquele que era antes apenas um “nick”, torna-se um amigo. Outros, conseguiram através da internet, encontrar o amor da sua vida contudo, tal realidade é possível quando se consegue a proeza de passar através das “portas do virtual” para o mundo real, “materializando-se” junto ao outro.

Assista a minha participação no programa Trocando Ideias na TV Canção Nova

Um novo comportamento e uma nova maneira de se relacionar emergiram juntamente com a tecnologia. A eficiência dos modernos meios e a velocidade em que as coisas acontecem nesse mundo cibernético seguramente refletem e interferem em nossas vidas.
Continuamente somos convidados a participar dessa realidade que nos proporciona navegar por mares nunca antes navegados.

Assim como foi necessário para o homem saber conviver com outros avanços do passado, hoje, abre-se a nós a oportunidade de navegar pelos mares dos relacionamentos virtuais, da informação, negócios e lazer na velocidade dos “terabytes”. Contudo, devemos considerar que, por mais eficaz que seja tal método de interação, este, não substitui o calor do aconchego, fecundo nos laços do convívio real, o qual longe dos toques frenéticos dos teclados,  nos ajudam a enfrentar os “rackers” do nosso dia-a-dia, que podem querer transformar o mundo real numa viagem insólita.

Abraços

Dado Moura

Compartilhe com seus amigos!

3 Comentários

  1. zilma maria

    Dado, tenho muita vontade de me comunicar com outras pessoas. Porém tenho muito receio por conta de tantas coisas que ouvimos falar.Sou viúva meus filhos sao adultos e tenho muita vontade de ter amigos.Gostaria que vc me ajudasse.Um grande abraço.

  2. Exatamente! Relacionamentos virtuais podem ser benéficos por uma razão simples: se trata simplesmente de interação, comunicação entre duas pessoas que podem descobrir interesses em comum, conhecer um ao outro profundamente e assim criar laços que vão muito além da mera atração física, porque nesse caso esse tipo de relação é posta em segundo plano e o que dispomos é apenas da conversa. Iniciando um relacionamento dessa forma, é provável que o casal crie essa facilidade de interação e a mantenham durante toda a relação, quando essa passar para outro nível, e isso é essencial para que nunca se perca o interesse um no outro e assim o relacionamento mantem-se sempre renovado.

    Doutor Casamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *